• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2014.tde-04042014-091528
Documento
Autor
Nome completo
Milena Duarte Lançoni
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2014
Orientador
Banca examinadora
Melo, Itamar Soares de (Presidente)
Dias, Armando Cavalcante Franco
Kavamura, Vanessa Nessner
Título em português
Efeito da seca e chuva sobre a comunidade microbiana da rizosfera de leguminosas da Caatinga
Palavras-chave em português
Bactérias
Biodiversidade
Caatinga
Leguminosas
Seca
Semiárido
Resumo em português
Propriedades que constituem um clima árido são encontradas distribuídas por todo o globo terrestre. A Caatinga, bioma semi-árido brasileiro, se estende por 11% do território nacional e tem particularidades tanto em relação ao clima, volume de chuvas e temperatura, quanto à sua composição flora e faunística. Micro-organismos associados a plantas provêm defesas e resistência a diferentes estresses abióticos ou bióticos. Este trabalho teve por objetivo avaliar a comunidade rizosférica microbiana de duas leguminosas, Mimosa tenuiflora e Piptadenia stipulacea, a fim de caracterizar seus componentes e sua interação com as plantas e o ambiente, por meio de abordagem molecular, com T-RFLP, através do gene 16S rRNA de arquéias e bactérias e sequenciamento em larga escala por Ion Torrent dos genes 16SrRNA de bactérias, além de métodos estatísticos como ferramenta de avaliação dessa interação. Os resultados mostram que: ambas as comunidades são diversas quando comparados os dois períodos de coleta, chuvoso e seco; as espécies de leguminosas não influem na composição da população e que zinco, ferro, fósforo e boro são os componentes do solo mais ativos sobre as comunidades de bactérias e arquéias. Dentre os onze gêneros de bactérias mais abundantes no período seco (<1%): Mycobacterium, Bacillus, MC18, Rhodoplanes, Pseudonocardia, Streptomyces, Candidatus Solibacter, Saccharopolyspora, Rubrobacter, Bradyrhizobium e Solitubrobacter - seis apresentam atributos capazes de trazer benefícios para as plantas às quais estão associadas e seis têm características consideradas extremófilas.
Título em inglês
Drougth and rainy effects on the rizospheric microbial community of leguminous plants of Caatinga
Palavras-chave em inglês
Bacteria
Biodiversity
Caatinga
Drought
Leguminous
Semi-arid
Resumo em inglês
Arid climate properties are found distributed throughout the globe. Caatinga is the Brazilian semiarid biome with 11% of the national territory and has peculiar climate, rainfall and temperature, and the flora and faunal composition. Plant associated micro-organisms promote defenses and resistance to various biotic and abiotic stresses. This study aims characterized the rhizospheric microbiome of two leguminous trees from Caatinga, Mimosa tenuiflora and Piptadenia stipulacea, their interaction with plant and environment through molecular approaches, T-RFLP of archaeal and bacterial 16S rRNA and high-throughput sequencing by Ion Torrent of the bacterial 16S rRNA addition to statistics methods as assessment tool for evaluation of the interaction. The results show that both arquéial and bacterial communities are different when comparing dry and rainy seasons, plant species do not exercises influences in the population composition, zinc, iron and boron are the most active soil components on the communities. Six of the eleven bacteria genera more abundant in the dry season (<1%) are related to benefits to the plant associated while six have extremophiles characteristics, all of them are: Mycobacterium, Bacillus, MC18, Rhodoplanes, Pseudonocardia, Streptomyces, Candidatus Solibacter, Saccharopolyspora, Rubrobacter, Bradyrhizobium e Solitubrobacter .
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-04-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.