• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2013.tde-25032013-153823
Documento
Autor
Nome completo
Tatiane de Oliveira Tokairin
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2013
Orientador
Banca examinadora
Sposito, Marcel Bellato (Presidente)
Scarpare Filho, João Alexio
Martins, Antonio Baldo Geraldo
Título em português
Qualidade físico-química, incidência de doenças pós-colheita e custo de produção de goiabas ensacadas no campo
Palavras-chave em português
Custo de produção
Doenças de plantas
Goiaba
Pós-colheita
Produção vegetal
Resumo em português
O presente estudo buscou identificar as diversas características da goiaba de polpa branca -'Kumagai' e polpa vermelha -'Pedro Sato' ensacadas no campo, em relação à qualidade físico-química, à incidência de doenças pós-colheita e ao custo de produção. O experimento foi realizado no município de Valinhos, interior do estado de São Paulo, e as análises laboratoriais foram feitas na Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz". Com o objetivo avaliar a qualidade físico-química, as goiabas foram ensacadas em dois estádios de desenvolvimento, com 1,5 e 3,0 cm de diâmetro. O ensacamento foi feito com saco de papel branco simples, saco de papel-branco duplo, tecido-não-tecido (TNT), e frutos sem ensacamento, marcados como controle. A metodologia utilizada avaliou o peso do fruto, o diâmetro do fruto, a coloração da casca, a coloração da polpa, a firmeza da polpa, o teor de sólidos solúveis, a acidez titulável e o teor de ácido ascórbico. Após a colheita, os frutos foram mantidos por uma semana em temperatura ambiente controlada (25º C) e avaliados quanto à incidência doenças pós-colheita, de pinta-preta (Guignardia psidii) e antracnose (Colletotrichum spp.); presença ou ausência de larvas de moscas-das-frutas (Anastrepha spp. e Ceratitis capitata) e acúmulo de resíduos químicos aplicados no controle de insetos e de doenças. Por fim, avaliou-se a sustentabilidade econômica da produção de goiabas, pela comparação do custo de produção entre os sistemas de cultivo com e sem ensacamento dos frutos. Para a cultivar Kumagai, o ensacamento com papel duplo proporcionou precocidade na maturação dos frutos e para a cultivar Pedro Sato os ensacamentos com papel simples e com TNT foram os que proporcionam essa precocidade. O ensacamento atuou de forma a evitar a incidência de antracnose para as duas qualidades de goiaba, entretanto, propiciou o aumento na incidência de pinta-preta na pós-colheita de frutos da cultivar Kumagai. O custo total para a produção de goiabas ensacadas foi 8,6% mais elevado do que para a goiaba não ensacada, no entanto, ambas as formas de produção apresentaram-se viáveis economicamente.
Título em inglês
Physical-chemical quality, incidence of post-harvest diseases and production cost of field bagged guavas
Palavras-chave em inglês
Crop production
Guava
Plant disease
Post-harvest
Production cost
Resumo em inglês
This research sought to identify several characteristics of white pulp gravas - 'Kumagai' and red pulp guavas - 'Pedro Sato', in relation to physic-chemical quality, incidence of post-harvest diseases and production costs. In order to fulfill the objectives, the experiment was conducted in Valinhos - SP, and the laboratorial analysis was performed at Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz". To evaluate physic-chemical qualities of two varieties of guava the fruits was bagged at two different development stages, 1,5 and 3,0 cm of fruit diameter. The bagging was realized using a simple white paper bags, double white paper bags and non-textured fabric (TNT). The non-bagged fruits were noted as control. The used methodology evaluated the weight of single fruit, fruit diameter, skin and pulp color, pulp firmness, sugar concentration, acidity, and ascorbic acid levels. In post-harvest guavas, the fruits were kept for one week at controlled temperature (25 ºC) and evaluated for the occurrence of the black spot disease (Guignardia psidii) and anthracnose (Colletotrichum spp.); for the presence or absence of larvae of fruit flies (Anastrepha spp., and Ceratitis capitata); and the abundance of chemical residues, applied to control insects and diseases in guavas. Finally, the economic sustainability of guava production was evaluated, through the comparison of the production costs of both bagging and non-bagging systems. The main results suggests that bagging with double white paper bags induced a shortening in the ripening process of 'Kumagai' guavas; while in the 'Pedro Sato' guavas, the shortening ripening process was induced by a simple white paper and TNT bags induced. The bagging process avoided anthracnose incidence in both varieties, although the bagging has resulted in the occurrence of black spot in post-harvest of Kumagai cultivar fruits. The production cost of bagged fruits was 8.6% higher than non-bagged fruit, however, both production systems have shown to be economically sustainable.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-04-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.