• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.11.2009.tde-25022010-091235
Documento
Autor
Nome completo
Pedro Henrique Santin Brancalion
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2009
Orientador
Banca examinadora
Rodrigues, Ricardo Ribeiro (Presidente)
Durigan, Giselda
Matos, Dalva Maria da Silva
Oliveira, Giancarlo Conde Xavier
Oliveira, Rafael Silva
Título em português
Contribuição de adaptações locais e da plasticidade em sementes e plântulas para a ocorrência de Euterpe edulis e Syagrus romanzoffiana em três formações florestais do Estado de São Paulo
Palavras-chave em português
Biodiversidade
Ecologia - Restauração
Palmeiras
Sementes - Coleta.
Resumo em português
Espécies com ampla distribuição geográfica e ecológica podem possuir adaptações locais como consequência de pressões de seleção diferenciadas e específicas para cada habitat ocupado, originando ecótipos. Além de contribuir para a identificação e quantificação de adaptações em estudos evolutivos, o estudo de ecótipos pode ser fundamental para a conservação e a restauração ecológica de florestas tropicais. Dessa forma, esse trabalho foi conduzido com o objetivo de avaliar a contribuição de adaptações locais e da plasticidade em sementes e plântulas para a ocorrência das espécies de palmeira Euterpe edulis e Syagrus romanzoffiana em parcelas permanentes inseridas em diferentes formações florestais do Estado de São Paulo. Foram estudadas populações de E. edulis presentes na Floresta Estacional Semidecidual da Estação Ecológica dos Caetetus, na Floresta Ombrófila Densa do Parque Estadual de Carlos Botelho e na Floresta de Restinga do Parque Estadual da Ilha do Cardoso, e populações de S. romanzoffiana presentes nas áreas de Floresta Estacional Semidecidual e de Floresta de Restinga já citadas e no Cerradão da Estação Ecológica de Assis. Foram avaliados o tamanho, a produção, a maturação e a germinação de sementes produzidas pelas populações de ambas as espécies, a predação de sementes de S. romanzoffiana na fase pré-dispersão por larvas do coleóptero Revena rubiginosa, e a contribuição de adaptações locais e da plasticidade, em experimentos de transplante recíproco e de jardim comum, no estabelecimento de plântulas de E. edulis e no crescimento de juvenis de populações de ambas as espécies. Houve significativa variação no tamanho e no número de sementes produzido entre as populações dessas espécies e entre os anos de 2008 e 2009 para E. edulis, além de diferenças acentuadas na maturação e na germinação dessas sementes. A predação de sementes de S. romanzoffiana na fase pré-dispersão atingiu cerca de 70% em todas as formações florestais, e roedores não discriminaram entre endocarpos íntegros e infestados por larvas durante a predação de sementes na fase pós-dispersão. A ocorrência de E. edulis na Floresta Ombrófila Densa e na Floresta Estacional Semidecidual é favorecida pela presença de adaptações locais no estabelecimento de plântulas, ao passo que a ocorrência dessa espécie na Floresta de Restinga é favorecida por adaptações locais no crescimento de juvenis. Embora não tenham sido observadas adaptações locais para o crescimento de juvenis de S. romanzoffiana no transplante recíproco, os indivíduos do experimento de jardim comum produzidos com sementes do Cerradão apresentaram maior crescimento que os juvenis das demais procedências, indicando a existência de divergência genética adaptativa. Dessa forma, tanto E. edulis como S. romanzoffiana necessitam superar limitações específicas para a reprodução nas diferentes formações florestais estudadas, sendo tais limitações resultado direto da pressão de seleção diferenciada entre esses habitats e que podem ter resultado na origem de ecótipos e de diferenças de crescimento. Assim, esses resultados apontam que sementes e plântulas de espécies arbóreas nativas devem ser coletadas e utilizadas na mesma formação florestal a ser 10 submetida às ações de conservação e restauração ecológica, dada as evidências de adaptações locais para essas duas espécies de palmeira.
Título em inglês
Contributions of local adaptations and plasticity of seeds and seedlings for the occurrence of Euterpe edulis and Syagrus romanzoffiana in three forest types from São Paulo State
Palavras-chave em inglês
Biodiversity
Ecology and Restoration
Palms. 4. Seeds - harvesting
Resumo em inglês
Species with wide geographical and ecological distribution may have local adaptations as consequence of the differentiated and specific selective pressures in each occupied habitat, originating ecotypes. Although contributing for adaptations identification and quantification in evolutionary studies, researches about ecotypes formation may be fundamental for the success of tropical forest conservation and restoration ecology. Therefore, this work was conducted with the objective of evaluating the contributions of local adaptation and plasticity in seeds and seedlings for the occurrence of the palm species Euterpe edulis and Syagrus romanzoffiana in permanent parcels inserted in different forest types of the São Paulo State. It were studied E. edulis populations growing in the Seasonally Dry Forest of the Estação Ecológica dos Caetetus, in the Atlantic Rainforest of the Parque Estadual de Carlos Botelho and in the Restinga Forest of the Parque Estadual da Ilha do Cardoso, and S. romanzoffiana populations growing in the Seasonally Dry Forest and Restinga Forest areas and in the Cerradão of the Estação Ecológica de Assis. It were evaluated seed size, seed crop, seed development and seed germination for populations of both species, S. romanzoffiana pre-dispersal seed predation by the weevil Revena rubiginosa and contributions of local adaptation and plasticity, in experiments of common garden and reciprocal transplants, in E. edulis seedling establishment and in juveniles growth of both species. There were significant variation in seed size and crop among populations of both species and between the years 2008 and 2009 for E. edulis, despite remarkable differences in seed development and germination of those seeds. S. romanzoffiana seed predation reached around 70% in all forest types, and rodents did not discriminate between sound and weevil infested endocarps while predating seeds in the post-dispersal phase. The occurrence of E. edulis in the Atlantic Rainforest and in the Seasonally Dry Forest is enhanced by the presence of local adaptations for seedling establishment, but its occurrence in the Restinga Forest is enhanced by local adaptation for juveniles growth. Although local adaptations for S. romanzoffiana juveniles growth had not been observed in the reciprocal transplant, the individuals produced in the common garden with seeds from Cerradão showed higher shoot, leaf blade and entire juvenile dry mass values than juveniles of the other provenances, indicating the existence of adaptive genetic divergence. Hence, both E. edulis and S. romanzoffiana need to overcome specific limitations for the reproduction in the studied forest types. These limitations are probably a result of the main selective pressures present in these different habitats, which may have resulted in the origin of ecotypes and growth differences. Hence, such results indicate that tree species seeds and seedlings should be collected and used in the same forest type subjected to conservation and restoration ecology efforts, given the evidences of local adaptations for both species.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Pedro_Brancalion.pdf (5.93 Mbytes)
Data de Publicação
2010-03-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.