• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.2020.tde-19112020-185553
Documento
Autor
Nome completo
Isabella Sabrina Pereira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2020
Orientador
Banca examinadora
Dourado Neto, Durval (Presidente)
Fagan, Evandro Binotto
Reichardt, Klaus
Rodrigues, João Domingos
Título em português
Respostas fisiológicas em plantas de soja a atenuadores de estresse
Palavras-chave em português
Aminoácidos
Extrato de alga
Hormônios
Micronutrientes
Resumo em português
Com os objetivos de (i) avaliar a resposta fisiológica de plantas de soja de diferentes cultivares a compostos com potencial de atenuar o estresse na planta, e (ii) identificar a existência de padrão de resposta ao uso de atenuadores de estresse como aminoácidos, micronutrientes, hormônios, extrato de alga em grupos de maturação de soja, no presente trabalho, foram conduzidos dois experimentos (safras 2017/2018 e 2018/2019) em condição irrigada com pivô central na Fazenda Experimental Cooperativa Agropecuária do Alto Paranaíba (COOPADAP), localizada no município de Rio Paranaíba (MG), com latitude Sul 19° 11' 37", longitude Oeste 46° 14' 50" e 1067 m de altitude; e segundo a classificação de Köppen, apresenta um clima tropical de altitude (Cwa), com precipitação média anual em torno de 1.533 mm, sendo a temperatura média anual igual a 20,4°C. A partir dos resultados obtidos no experimento I, pode-se concluir que o efeito fisiológico do uso de aminoácidos, micronutrientes, hormônios e extrato de alga difere de acordo com o cultivar de soja utilizado. Mesmo ocorrendo efeitos fisiológicos no cultivar BMX-Desafio-RR, a mesma não responde à aplicação foliar dos estimulantes utilizados. Para o cultivar TEC-7849-IPRO, o uso de micronutrientes é o que proporciona o maior estímulo em produtividade. No experimento II, a associação de micronutrientes + hormônios e micronutrientes + hormônios + extrato de algas com diferentes estimulantes hormônios, extrato de algas resultou variações nos efeitos fisiológicos, fonométricos e componentes de produção em função do genótipo (o cultivar M- 6210-IPRO apresenta aumento de produtividade quando associa micronutrientes + hormônios e micronutrientes + hormônios + extrato de alga). O cultivar TMG-7063-IPRO não apresenta ganho de produtividade quando se usa micronutrientes isolados ou associados com hormônios e extrato de algas.
Título em inglês
Physiological responses in soybean plants to stress attenuators
Palavras-chave em inglês
Amino acids
Hormones
Micronutrients
Seaweed extract
Resumo em inglês
In order to (i) evaluate the physiological response of soybean plants from different cultivars to compounds with the potential to mitigate stress in the plant, and (ii) identify the existence of a response pattern to the use of stress attenuators such as amino acids, micronutrients, hormones, seaweed extract in different soybean cultivars (maturation groups), in the present work, two experiments (seasons 2017/2018 and 2018/2019) were carried out in irrigated condition with central pivot at the Experimental Agricultural Cooperative Farm of Alto Paranaíba (COOPADAP), located in the municipality of Rio Paranaíba (MG), with latitude of 19° 11' 37" South, longitude of 46° 14' 50" West and altitude of 1,067 m; and according to the Köppen classification, it presents a tropical altitude climate (Cwa), with an average annual precipitation of 1,533 mm, with an average annual temperature equal to 20.4°C. According to the results obtained in experiment I, it can be concluded that the physiological effect of the use of amino acids, micronutrients, hormones and seaweed extract differs according to the soybean cultivar used. Even with physiological effects in the cultivar BMX-Desafio-RR, it does not respond to foliar application for the stimulants used. For the cultivar TEC-7849-IPRO, the use of micronutrients is what provides the greatest boost in productivity. In experiment II, the association of micronutrients + hormones and micronutrients + hormones + algae extract with different stimulating hormones, algae extract resulted in variations in physiological, phonological and production components depending on the genotype (cultivar M-6210-IPRO presents increased productivity when there is combination of micronutrients + hormones and micronutrients + hormones + seaweed extract). The cultivar TMG-7063-IPRO does not show any productivity gain when using isolated micronutrients or associated with hormones and algae extract.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-11-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.