• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
10.11606/T.11.2010.tde-17032010-140330
Documento
Autor
Nombre completo
Vitor Henrique Vaz Mondo
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
Piracicaba, 2009
Director
Tribunal
Cicero, Silvio Moure (Presidente)
Carvalho, Nelson Moreira de
Dourado Neto, Durval
Merotto Júnior, Aldo
Schuch, Luis Osmar Braga
Título en portugués
Vigor de sementes e desempenho de plantas na cultura de milho
Palabras clave en portugués
Crescimento vegetal
Grãos - Produção
Milho
Plantas - Competição
Sementes - Vigor.
Resumen en portugués
Sementes de alto potencial fisiológico permitem rápida emergência de plântulas e maior crescimento inicial de plantas em relação às provenientes de sementes de baixo potencial fisiológico. Quando na mesma população de plantas, a desuniformidade de crescimento resultante pode influenciar na capacidade competitiva das plantas e ter efeitos diretos no desempenho individual das plantas bem como da população de plantas. Assim, o objetivo da pesquisa foi estudar os efeitos da utilização de lotes constituídos por sementes de milho de alto ou de vigor mais baixo, bem como de lotes resultantes da misturas desses em diferentes proporções, simulando-se a utilização de lotes de sementes homogêneos e heterogêneos quanto ao vigor das sementes, sobre desempenho de plantas e sobre o desempenho da cultura. O experimento foi realizado em dois anos consecutivos, entre novembro de 2006 e junho de 2008, sendo utilizadas sementes certificadas de milho híbrido simples (DOW 8480) provenientes de dois lotes de sementes caracterizados como de alto vigor e de vigor mais baixo. Para tanto, utilizou-se sete distribuições de sementes na linha de semeadura, nas proporções de 100/0, 75/25, 67/33, 50/50, 33/67, 25/75 e 0/100, de sementes de alto vigor e de vigor mais baixo, respectivamente. Em cada distribuição, foram analisadas plantas dispostas em diferentes posições de semeadura e nível de vigor e, também, a média geral da população de plantas. As plantas foram avaliadas quanto ao crescimento inicial, mensurando-as quanto à altura, diâmetro de colmo e índice de área foliar nos estádios fenológicos de quatro e oito folhas. No momento da colheita, avaliou-se o acúmulo de massa de matéria seca, o número de grãos por fileiras, número de fileiras de grãos por espiga, massa de 1000 grãos e a produtividade de grãos. Assim, constatou-se que as plantas originadas de sementes de vigor mais baixo obtiveram crescimento inicial inferior em relação às originadas de sementes de alto vigor, o que contribui para a desuniformidade da população de plantas e resultou na menor capacidade competitiva destas. Quando em populações de plantas uniformes (lotes de sementes homogêneos) o efeito do vigor das sementes decresceu com a sucessão das fases de desenvolvimento da cultura e desapareceram no final do ciclo, porém, quando em populações desuniformes (lotes de sementes heterogêneos), o efeito do vigor das sementes manteve-se até o final do ciclo, sendo ainda constatado na colheita. Individualmente observou-se que as plantas originadas de sementes de alto vigor exerceram efeito dominante sobre as originadas de sementes de vigor mais baixo, porém, não exerceram efeito compensatório e, as perdas resultantes do aumento da competição intraespecífica afetaram negativamente a produção por área. Dessa forma, a desuniformidade de emergência, em função da heterogeneidade de vigor entre as sementes de um lote de sementes, propicia a ocorrência de plantas dominadas, as quais, originadas de sementes de vigor mais baixo, produzem individualmente menos e são responsáveis por perdas de produção de grãos por área.
Título en inglés
Seed vigor and performance of maize plants in the field
Palabras clave en inglés
Grain Production
Maize
Plant growth
Plants Competition
Seeds - Vigor.
Resumen en inglés
High physiological potential seeds allow faster seedling emergence and higher plant initial growth than low physiological potential seeds. Within plant populations, the uneven seedling emergence could affect plant competitive ability for resources (light, water and soil nutrients) and have direct effects on plant grain yield and population grain yield. Therefore, the objective of this research was to study the effects of using seed lots constituted by high vigor seeds or low vigor seeds, as well as their mixtures, simulating seed lots homogeneous and heterogeneous on seed vigor, on plant performances and crop performances. A two-year experiment was developed from November 2006 to June 2008, using two seed lots of maize hybrid seeds (DOW 8480), previously characterized as high vigor and low vigor, on seven different seed distributions on the sowing row, at proportions of 100/0, 75/25, 66/33, 50/50, 33/66, 25/75 and 0/100 of high vigor and low seed vigor seeds, respectively. The plants of different vigor levels and positions in the sowing row were evaluated by plant height, stem diameter and leaf area index at development stages of four and eight leaves. At harvest, dry mass accumulation, number of grains per row, number of rows per ear, thousand grain mass and grain yield were also evaluated. It was observed that plants originated from low vigor seeds had inferior initial growth than plants originated from high vigor seeds and it had intensified the irregularity of plant population resulting on lower competitive ability for these plants. On uniform plant populations (homogeneous seed lots) seed vigor effects decreased with plant development stages succession, disappearing until harvest, however, on irregular plant populations (heterogeneous seed lots), it persisted until harvest. Also, individual plants originated from high vigor seeds showed dominant effects on plants originated from low vigor seeds, but did not show compensatory effects and the losses resultant from the intra-specific competition increase affected negatively plant population yield. Therefore, the uneven seedling emergence, caused by seed vigor heterogeneity, results on dominated plants, which are originated from low vigor seeds, with lower productivity and are responsible for plant population yield losses.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Vitor_Mondo.pdf (717.09 Kbytes)
Fecha de Publicación
2010-03-24
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.