• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.2020.tde-14082020-121147
Documento
Autor
Nombre completo
Barbara Della Antonia
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
Piracicaba, 2020
Director
Tribunal
Jacomino, Angelo Pedro (Presidente)
Kluge, Ricardo Alfredo
Spricigo, Poliana Cristina
Teixeira, Gustavo Henrique de Almeida
Título en portugués
Qualidade pós-colheita de cereja-do-rio-grande (Eugenia involucrata DC.): caracterização de acessos e estádios de maturação
Palabras clave en portugués
Frutas nativas
Mirtaceae
Ponto de colheita
Variabilidade fenotípica
Resumen en portugués
A cerejeira-do-rio-grande (Eugenia involucrata DC.), espécie pertencente a família das mirtáceas, é originária do Brasil e nativa do bioma Mata Atlântica. Apresenta frutos com coloração vermelho-escura, sabor adocicado e alto teor de compostos bioativos. Assim como outras mirtáceas nativas, apresenta potencialidades nutricionais e funcionais. No entanto, estudos acerca da variabilidade fenotípica e do comportamento pós-colheita da cereja-do-rio-grande se fazem necessários para que essa frutífera possa ser explorada comercialmente. O objetivo deste trabalho foi caracterizar cerejas-do-rio-grande de diferentes acessos e determinar o ponto de colheita dos frutos. Para a caracterização de acessos, frutos provenientes de 46 acessos de cereja-do-rio-grande foram analisados quanto às características físico-químicas, compostos bioativos e capacidade antioxidante. Foi observado que os frutos possuíam de 1 a 2 sementes por fruto; rendimento de polpa em média de 84,30%; e valores de ratio em média de 11,43. Elevadas concentrações de compostos bioativos e alta capacidade antioxidante foram observadas para os acessos de cereja-do-rio-grande. Para a caracterização da maturação foram colhidos frutos em três estádios, determinados de acordo com a coloração externa, e armazenados a 22ºC ± 1ºC. Os frutos foram analisados diariamente quanto à atividade respiratória e produção de etileno. Análises físico-químicas, de compostos bioativos e capacidade antioxidante foram realizadas no primeiro e no último dia de vida útil do fruto, que variou de acordo com o estádio de maturação em que foram colhidos. Frutos colhidos nos estádios 1 e 2 apresentaram alterações nas características analisadas, no entanto, não atingiram qualidade semelhante àquela apresentada pelos frutos colhidos no estádio mais avançado - estádio 3. Durante o armazenamento, observou-se alterações na atividade respiratória e na produção de etileno somente para os frutos dos estádios 1 e 2, enquanto frutos do estádio 3 não apresentaram alterações. Frutos coletados no estádio 3 de maturação tiveram vida útil pós-colheita com duração de 2 dias. Os resultados indicaram que a cereja-do-rio-grande é um fruto rico em compostos nutracêuticos, com destaque para o acesso CE027, e que o ponto de colheita adequado é o estádio 3 de maturação. A cereja-do-rio-grande possui grande potencial de uso, não somente para fins alimentícios, como também para a indústria farmacêutica e cosmética.
Título en inglés
Postharvest quality of cherry of the Rio Grande (Eugenia involucrata DC.): characterization of accessions and maturation stages
Palabras clave en inglés
Harvest point
Mirtaceae
Native fruits
Phenotipic variability
Resumen en inglés
Cherry of the Rio Grande (Eugenia involucrata DC.), which belongs to the Myrtaceae family, is native from Brazil and to the Atlantic Forest biome. It has dark red fruit, sweet flavor, and high content of bioactive compounds. Similar to other native Myrtaceae, it has nutritional and functional properties. Nevertheless, studies on phenotypic variability and postharvest behavior are required before this fruit becomes commercially exploited. The aim of this study was to characterize cherries of the Rio Grande from different accessions and to establish the harvesting point of the fruit. To characterize the accessions, fruit from 46 accessions were analyzed regarding physical-chemical characteristics, bioactive compounds, and antioxidant capacity. It was observed fruit had from 1 to 2 seeds; average pulp yield of 84,30%; and average ratio values of 11,43. High concentrations of bioactive compounds and high antioxidant capacity were observed. Three stages of fruit harvesting were determined according to external coloring and the fruit were stored at 22°C ± 1°C for ripeness characterization. Fruit were analyzed daily for respiratory activity and ethylene production. Physicochemical, bioactive compounds and antioxidant capacity analyses were performed on the first and last day of fruit shelf life, which varied according to the ripening stage at which they were harvested. Fruit harvested at stages 1 and 2 exhibited changes in the characteristics studied but did not reach a comparable quality to that presented by fruit harvested at the most advanced stage - stage 3. During storage, changes in respiratory activity and ethylene production were observed only for 1 and 2 stages, while stage 3 showed no changes. Fruit harvested in stage 3 of ripeness had a 2-day postharvest shelf life. Results indicated cherry of the Rio Grande as a fruit rich in nutraceutical compounds, with emphasis on CE027 accession, and the proper harvest point was stage 3 maturation. Cherry of the Rio Grande has great potential of use, not only for food purposes, but also for the pharmaceutical and cosmetic industries.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2020-08-17
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.