• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.2021.tde-11102021-101203
Documento
Autor
Nome completo
Artur Sousa Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2021
Orientador
Banca examinadora
Cicero, Silvio Moure (Presidente)
Dias, Denise Cunha Fernandes dos Santos
Gomes Junior, Francisco Guilhien
Mondo, Vitor Henrique Vaz
Título em português
Relações entre imagens de raios X, multiespectrais e de fluorescência de clorofila com o potencial fisiológico de sementes de arroz
Palavras-chave em português
Oryza sativa L.
Eficiência fotossintética de plântulas
Espaço vazio
Reflectância espectral
Resumo em português
O objetivo deste trabalho foi avaliar a qualidade de sementes de arroz utilizando técnicas de análise de imagens de raios X, multiespectrais e de fluorescência de clorofila e relacionar essas informações com o potencial fisiológico das sementes e a eficiência fotossintética das plântulas; para tanto, foram utilizados seis lotes de sementes de arroz do cultivar BRS Catiana. Foram realizados dois experimentos: 1) relações entre imagens de raios X, multiespectrais e de fluorescência da clorofila com o potencial fisiológico das sementes; 2) relações entre as imagens de raios X, multiespectrais e de fluorescência de clorofila com a eficiência fotossintética das plântulas. No experimento 1, com as sementes identificadas e enumeradas, foi realizada a obtenção das imagens radiográficas e, em seguida, as imagens foram processadas utilizando o software ImageJ para a obtenção do espaço vazio (área entre o endosperma + embrião e as glumelas). Posteriormente, procedeu-se a aquisição das imagens multiespectrais e das imagens de fluorescência de clorofila com o equipamento VideometerLab® na sequência, foram realizadas as imagens de fluorescência de clorofila a com o equipamento SeedReporter® . Após a tomada de todas as imagens, com a finalidade de avaliar o desempenho das sementes em análise, foi realizada a análise computadorizada de plântulas com o software SVIS®. Finalizando o experimento 1, foram realizadas análises de germinação e de vigor com as sementes dos seis lotes em análise. No experimento 2, foram adquiridas as imagens de raios X (para obtenção do espaço vazio), as imagens multiespectrais e as imagens de fluorescência de clorofila. Após a obtenção das imagens, as sementes, previamente identificadas (enumeradas), foram colocadas para germinar em copos de polietileno com capacidade de 250 mL, tendo como substrato uma mistura de terra e areia; aos sete, nove e onze dias após a emergência das plântulas, foram realizadas avaliações da eficiência fotossintética (Fv/Fm) e da fluorescência de clorofila. Concluiu-se que as sementes de arroz com espaço vazio interno igual ou superior a 18,68% não germinam ou originam plântulas anormais. Sementes de arroz que não germinam ou originam plântulas anormais apresentam maior reflectância nas bandas espectrais de comprimento de onda de 590 nm a 780 nm (41,46% a 64,21%) e na banda de 970 nm (75,65%). Sementes de arroz que não germinam ou originam plântulas anormais, apresentam valores de fluorescência de clorofila iguais ou superiores a 40,58 e a 112,92, respectivamente, nas energias de excitação/emissão de 630/700 nm e de 645/700 nm. A maior eficiência fotossintética das plântulas de arroz está diretamente relacionada com as reflectâncias das bandas espectrais de 365 nm a 780 nm das sementes.
Título em inglês
Relations between X-ray, multispectral, and chlorophyll fluorescence images with thephysiological quality of rice seeds
Palavras-chave em inglês
Oryza sativa L.
Free space
Photosynthetic efficiency of seedlings
Spectral reflectance
Resumo em inglês
The objective of this work was to evaluate the quality of rice seeds using X-ray, multispectral and chlorophyll fluorescence image analysis techniques and to relate this information with the physiological quality of seeds and the photosynthetic efficiency of seedlings; for this, six rice seed lots of the cultivar BRS Catiana were used. Two experiments were performed: 1) relations between X-ray, multispectral and chlorophyll fluorescence images with the physiological quality of seeds; 2) relations between X-ray, multispectral and chlorophyll fluorescence images with the photosynthetic efficiency of seedlings. In the first experiment, the seeds were identified and enumerated, after that, radiographic images were obtained and then processed using ImageJ software to obtain the free space (area between endosperm + embryo and glumes). Subsequently, multispectral images and chlorophyll fluorescence images were acquired using VideometerLab® equipment; then, chlorophyll fluorescence of chlorophyll a images were taken using SeedReporter® equipment. After taking all images, with the purpose of evaluating the performance of the seeds under analysis, a computerized seedling analysis was performed using SVIS® software. Finally, germination and vigor tests were performed with the seeds under analysis of the six lots. In the second experiment, X-ray images (to obtain the free space), multispectral images, and chlorophyll fluorescence images were acquired. After obtaining the images, the seeds, previously identified (numbered), were placed to germinate in polyethylene cups with 250 mL capacity, using a mixture of soil and sand as substrate; at seven, nine and eleven days after seedling emergence, photosynthetic efficiency (Fv/Fm) and chlorophyll fluorescence were evaluated. It was concluded that rice seeds with internal free space equal to or greater than 18.68% either do not germinate or result in abnormal seedlings. Rice seeds that do not germinate or originate abnormal seedlings show higher reflectance in the spectral bands of wavelengths from 590 nm to 780 nm (41.46% to 64.21%) and in the 970 nm band (75.65%). Rice seeds that do not germinate or result in abnormal seedlings show chlorophyll fluorescence values of 40.58 and 112.92, respectively, at excitation/emission energies of 630/700 nm and 645/700 nm. The greater photosynthetic efficiency of rice seedlings is directly related to the reflectance from 365 nm to 780 nm spectral bands of the seeds.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-10-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.