• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.2020.tde-08052020-112733
Documento
Autor
Nombre completo
Everton Servilho Teixeira Barbosa
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
Piracicaba, 2020
Director
Tribunal
Reichardt, Klaus (Presidente)
Dourado Neto, Durval
Schwerz, Felipe
Sentelhas, Paulo Cesar
Título en portugués
Atributos de interceptação luminosa de um híbrido moderno de milho sob diferentes arranjos espaciais
Palabras clave en portugués
Zea mays L.
Coeficiente de extinção de luz
Eficiência do uso da radiação
Espaçamento
População de plantas
Produtividade
Radiação solar
Resumen en portugués
A busca pelo uso eficiente de recursos naturais, como água e radiação solar, é uma preocupação agrícola mundial, porém o uso eficiente da radiação ainda tem sido pouco explorado. Além disso, o surgimento de novos híbridos de milho demanda novas pesquisas sobre a interação da radiação com a cultura. As variações do coeficiente de extinção de luz (k) e da eficiência de uso da radiação(EUR) precisam ser mais estudadas com o objetivo de possibilitar maiores produtividades. Dessa forma, o objetivo geral deste estudo foi determinar o coeficiente de extinção de luz e a eficiência do uso da radiação de um híbrido de milho sob diferentes arranjos espaciais durante a segunda safra de 2019 em sistema irrigado, em Piracicaba, SP, Brasil. Os tratamentos consistiram em dois espaçamentos entre linhas (0,45 e 0,90 m) em duas densidades de semeadura (6,5 e 8,5 pl m-2). A cada 14 dias foram coletadas amostras de plantas inteiras para determinar a partição de biomassa seca e o índice de área foliar (IAF). Quantificou-se a radiação fotossinteticamente ativa total, refletida e transmitida durante todo o ciclo da cultura. O coeficiente de extinção de luz foi determinado pela correlação semi-logarítimica da eficiência de interceptação luminosa (εint) e o IAF, enquanto que a eficiência do uso da radiação foi obtida por meio da correlação entre biomassa seca e radiação fotossinteticamente ativa absorvida acumulada. O coeficiente de extinção de luz e a eficiência do uso da radiação também foram determinados em função de fases de desenvolvimento da cultura. Ao final do ciclo, foi determinada a produtividade e o índice de colheita da cultura (ICG). Os índices de área foliar médios da cultura foram de 3,50, 4,48, 3,39 e 4,01, sendo que o aumento da densidade de semeadura proporcionou maiores valores de IAF. Todos os tratamentos obtiveram o comportamento sigmoidal de crescimento da biomassa seca e o aumento da densidade de semeadura proporcionou maiores valores por área. O coeficiente de extinção de luz foi de 0,55 para o tratamento 1 (0,45 m x 6,5pl m-2), 0,48 para o tratamento 2 (0,45 m x 8,5 pl m-2), 0,57 para o tratamento 3 (0,90m x 6,5 pl m-2) e de 0,50 para o tratamento 4 (0,90 m x 8,5 pl m-2). O aumento da densidade de semeadura diminuiu o valor de k. As eficiências do uso da radiação dos tratamentos 1 ao 4 foram respectivamente de 3,43, 3,42, 3,69 e 3,85 g MJ-1. O aumento do espaçamento entre linhas proporcinou aumento da EUR. Os valores de k e EUR médios de todo o ciclo de cultivo podem ser adotados em modelos de simulação de crescimento, assim como seus valores em função de fases de desenvolvimento da cultura. A produtividade dos tratamentos foram de 12,58, 11,16,12,16 e 11,42 t ha-1, sendo que com o aumento da densidade de semeadura houve uma redução da produtividade. Os ICGs foram de 0,56, 0,39, 0,42 e 0,36, respectivamente. O aumento da densidade de semeadura e do espaçamento entrelinhas reduziram o ICG.
Título en inglés
Light interception attributes of a modern maize hybrid under different planting patterns
Palabras clave en inglés
Zea mays L.
Light extinction coefficient
Plant population
Radiation use efficiency
Row spacing
Solar radiation
Yield
Resumen en inglés
The search for efficient use of resources, such as water and solar radiation, is a worldwide agricultural concern, but the efficient use of solar radiation has not been much explored. In addition, the emergence of new maize hybrids requires further research on the interaction of radiation with the crop. The variations of the light extinction coefficient (k) and the radiation use efficiency (RUE) needs to be further studied in order to grant higher yields. Thus, the general objective of this study was to determine the light extinction coefficient and the radiation use efficiency of a maize hybrid under different spatial arrangements during the second crop season of 2019 in an irrigated system, in Piracicaba, SP, Brazil. The treatments consisted of two row spacings (0.45 and 0.90 m) in two sowing densities (6.5 and 8.5 plants m-2). Samples of whole plants were collected every 14 days to determine the dry biomass partition and the leaf area index (LAI). Total photosynthetically active radiation, reflected and transmitted were quantified throughout the crop cycle. The light extinction coeficiente was determined by the semi-logaritimic correlation between the light interception efficiency (εint) and LAI, while the radiation use efficiency (RUE) was obtained through the correlation between dry biomass and the accumulated photosynthetically active absorved radiation. The light extinction coefficient and the radiation use efficiency were also determined as a function of crop development phases. At the end of the cycle, the crop yield and the harvest index were determined. The average leaf area indexes of the crop were 3.50, 4.48, 3.39 and 4.01, and the increase in sowing density provided higher LAI values. All treatments obtained the sigmoidal growth behavior of dry biomass and the increase in sowing density provided higher values per area. The light extinction coefficient was 0.55 for the treatment 1 (0.45 m x 6.5 pl m-2), 0.48 for the treatment 2 (0.45 m x 8.5 pl m-2), 0.57 for the treatment 3 (0.90 m x 6.5 pl m-2) and 0.50 for the treatment 4 (0.90 mx 8.5 pl m-2). The increase in sowing density decreased the value of k. The solar radiation use efficiencies from treatments 1 to 4 were respectively 3.43, 3.42, 3.69 and 3.85 g MJ-1. The increase of row spacing increased the RUE. The average values k and RUE of the whole crop cycle can be adopted in growth simulation models, as well as their values in function of crop development phases. The yield of the treatments were 12.58, 11.16, 12.16 and 11.42 t ha-1, and with the increase in the sowing density there was a reduction in the crop yield. The harvest indexes were 0.56, 0.39, 0.42 and 0.36, respectively. The increase in sowing density and row spacing reduced the harvest indexes.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2020-05-08
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2022. Todos los derechos reservados.