• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2011.tde-11022011-153008
Documento
Autor
Nome completo
Roberto Giacomini Chapola
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2010
Orientador
Banca examinadora
Massola Júnior, Nelson Sidnei (Presidente)
Aguilera, Marineide Mendonça
Menten, Jose Otavio Machado
Título em português
Controle da podridão abacaxi da cana-de-açúcar por meio da pulverização de fungicidas em mudas no sulco de plantio
Palavras-chave em português
Cana-de-açúcar
Controle químico
Fungicidas
Mudas
Plantio
Podridão (Doença de planta).
Resumo em português
Nos últimos anos, o plantio mecanizado da cana-de-açúcar vem sendo cada vez mais utilizado no Brasil. Tal sistema possui menor custo sobre o convencional e viabiliza o plantio durante o ano todo. Entretanto, a maior quantidade de ferimentos nas mudas colhidas mecanicamente e a realização de plantios em períodos frios e com umidade do solo inadequada têm aumentado a incidência da podridão abacaxi, doença causada pelo fungo Thielaviopsis paradoxa. Áreas onde esta doença é problemática apresentam muitas falhas, exigindo, em alguns casos, replantio. Thielaviopsis paradoxa penetra nas mudas através de ferimentos, o que é importante em cana-de-açúcar, uma vez que os colmos são seccionados durante o plantio. Medidas que estimulem a brotação rápida ou que protejam os ferimentos das mudas produzem excelentes resultados no controle da doença. Com o objetivo de avaliar o controle da podridão abacaxi da cana-de-açúcar por meio da pulverização de fungicidas em mudas no sulco de plantio, foram instalados quatro experimentos, sendo dois em casa de vegetação e dois no campo. Para os ensaios em casa de vegetação, utilizou-se um substrato esterilizado, composto por uma mistura de solo, areia e esterco de gado. Uma suspensão de T. paradoxa na concentração de 103 esporos/g de substrato foi incorporada dois dias antes do plantio. As avaliações foram realizadas em um período de 45 dias, determinando-se o número de plantas, a velocidade de brotação, a biomassa da parte aérea e de raízes, e a severidade da doença. No campo, um dos experimentos foi realizado sem a inoculação do patógeno, com a colheita das mudas e plantio mecanizados. No outro experimento, uma suspensão do fungo foi inoculada com pulverizador costal manual na concentração de 9 x 104 esporos/m2, e o plantio foi realizado manualmente. As avaliações foram realizadas em um período de 13 meses, determinando-se o número de plantas, a velocidade de brotação, a biomassa da parte aérea, o teor de açúcares totais recuperáveis e o rendimento. Nos quatro experimentos, os fungicidas foram pulverizados sobre as mudas imediatamente após o plantio, com pulverizador costal pressurizado com CO2. Os dados das avaliações foram submetidos à análise de variância e à análise de contrastes ortogonais. Além disso, os tratamentos foram comparados com a testemunha através do Teste de Dunnett a 5% de significância. Os resultados mostraram que a pulverização de fungicidas nas mudas controlou a podridão abacaxi da cana-de-açúcar, sendo que os efeitos dessa prática foram mais positivos em condições mais favoráveis à manifestação da doença. Os fungicidas Azoxistrobina + Ciproconazol; Azoxistrobina + Fluodioxonil + Metalaxil- M; Propiconazol; Piraclostrobina e Piraclostrobina + Epoxiconazol foram eficientes no controle da podridão abacaxi da cana-de-açúcar. Por outro lado, Carboxina + Tiram, comercialmente utilizado com essa finalidade, não foi efetivo em controlar a doença, tanto em casa de vegetação como no campo.
Título em inglês
Control of pineapple disease of sugarcane through in-furrow fungicide spray application on seedpieces
Palavras-chave em inglês
Chemical control
Fungicides
Planting
Rot (Plant disease).
Seedpieces
Sugarcane
Resumo em inglês
In the last few years, mechanized planting of sugarcane has been frequently used in Brazil. This system has a lower cost than the conventional system and enables planting throughout the year. However, the higher quantity of injuries in seedpieces harvested mechanically and the planting at low temperatures and with inadequate soil humidity have increased the incidence of pineapple disease, caused by the fungus Thielaviopsis paradoxa. Areas where this disease is problematic present stand reduction, requiring, in some cases, replanting. Thielaviopsis paradoxa penetrates the seedpieces through wounds caused due to stalk sectioning during planting. Measures which increase shoot emergence or which protect seedpieces wounds produce excellent results in the disease control. In order to assess control of pineapple disease of sugarcane through in-furrow fungicide spray application on seedpieces, four experiments were installed, two in greenhouse and two under field conditions. For the experiments in the greenhouse, substrate consisting of a mixture of soil, sand and cattle manure was used. Suspension of T. paradoxa at the concentration of 103 spores/g of substrate was incorporated two days before planting. Evaluations were done in a period of 45 days assessing number of shoots, germination speed, biomass of shoots and roots, and disease severity. In the field, one of the experiments was performed with no inoculation of the pathogen, and the seedpieces harvesting and planting were mechanized. For the other experiment, a suspension of T. paradoxa spores at the concentration of 9 x 104 spores/m2 was sprayed in the plots and the planting was performed manually. Evaluations were done in a period of 13 months assessing number of shoots, germination speed, biomass of shoots, total recoverable sugar content and yield. In the four experiments, fungicides were sprayed on seedpieces immediately after the planting with a CO2 pressurized sprayer. Data were submitted to analysis of variance and to analysis of orthogonal contrasts. Moreover, treatments were compared to control by Dunnett´s Test at 5% of significance. Results showed that in-furrow spray application on seedpieces controlled pineapple disease of sugarcane, and the effects of this practice were more positive under more favorable conditions for the disease manifestation. The fungicides Azoxystrobin + Cyproconazole; Azoxystrobin + Fluodioxonil + Metalaxyl-M; Propiconazole; Pyraclostrobin and Pyraclostrobin + Epoxiconazole were efficient for controlling pineapple disease of sugarcane. On the other hand, Carboxin + Thiram, commercially used for this purpose, was neither effective in the greenhouse nor in the field to control the disease.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-02-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.