• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2010.tde-25022010-170207
Documento
Autor
Nome completo
Tiago Mayoral Ercolin
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2009
Orientador
Banca examinadora
Lima, Roberto Arruda de Souza (Presidente)
Silveira, Rodrigo Lanna Franco da
Spolador, Humberto Francisco Silva
Título em português
Evolução da estrutura de mercado bancário e de crédito do Brasil no período de 2001 a 2007
Palavras-chave em português
Bancos - Brasil
Crédito bancário
Economia industrial.
Resumo em português
Com a implantação do Plano Real em julho de 1994, o setor bancário brasileiro se deparou com o fim das receitas de floating que eram obtidas através de um ambiente inflacionário. Apesar das adaptações operacionais na busca por novas fontes de receitas, a redução no número de bancos no país foi uma das conseqüências mais notáveis, sendo que este processo teve incentivo até mesmo do governo (federal e estadual) através de programas como Proer e Proes. Aliado a isso, as altas taxas de juros cobradas sobre empréstimos, os elevados spreads, os significativos reajustes das tarifas de serviços, o escasso crédito e os altos lucros do setor, fizeram surgir conjecturas sobre o grau de concentração e poder de mercado dos bancos no Brasil. Contudo, a maioria dos estudos sobre a estrutura de mercado do setor bancário no país não indicaram estruturas extremas (oligopólio ou concorrência perfeita), sendo que em vários trabalhos o mercado de crédito se tornou menos concentrado de 1995 até começo da década seguinte, mas não se chegando ao consenso sobre a situação do mercado bancário no país. Além do que, os trabalhos apresentados na revisão bibliográfica utilizaram em sua maioria variáveis como ativo, patrimônio líquido, crédito e depósito para o cálculo do grau de concentração de mercado, sendo que dessa forma os bancos possuiriam o mesmos focos de atuação. A partir disso, o presente trabalho visa atualizar essa temática, tendo como referência o período de 2001 a 2007. Utilizando-se das divisões e subdivisões das contas do Plano Contábil das Instituições do Sistema Financeiro Nacional Cosif, procurou-se mensurar o grau de concentração e desigualdade das rendas obtidas por cada instituição, agrupadas em contas do mercado bancário e de crédito, através dos Índices Herfindahl-Hirschmann - HHI e T de Theil respectivamente. Adotando essa abordagem, procurou-se considerar que nem todas as instituições financeiras atuam com a mesma intensidade em todos os segmentos de mercado e são concorrentes entre si. Os resultados obtidos por este estudo mostraram que o mercado bancário brasileiro, quando considerado separadamente por contas, apresentou diferentes graus e distintas evoluções de concentração e desigualdade das rendas. Destacando-se o mercado de crédito, que quando subdividido, além de já apresentar-se concentrado no ano de 2001 na grande maioria de suas contas, mostrou crescimento do grau de concentração e de desigualdade no período 2001-2007.
Título em inglês
Evolution of credit and banking market structures in Brazil from 2001 to 2007
Palavras-chave em inglês
Bank credit
BanksBrazil
Industrial Economics.
Resumo em inglês
Following the implementation of the Plano Real in July 1994, the banking system in Brazil was deprived of income derived from floating which was obtained through a highly-inflated environment. In spite of the operational adaptations aiming at alternative income sources, the reduction of the number of banks in Brazil was one of the most noteworthy consequences, once this process even received incentives from the government through programs such as Poer and Proes. Moreover, high interest rates applied to loans, elevated spreads, significant rises of service rates, credit scarcity and high profits of the sector, generated conjectures regarding levels of income concentration and market power of banks in Brazil. However, most studies on banking market structure in the country did not show extreme structures (oligopoly or perfect competition scenario), once several works on credit market became less concentrated from 1995 up until early 2000s; nevertheless, a consensus on the banking market situation was not reached. Besides, research studies cited in the bibliographic reference utilized variables such as assets, net equities, credit and deposit for calculating the level of market concentration, which means that, in this case, all banks had the same market focus. Based on this context, this study aims to update the issue, having as reference the period from 2001 to 2007. By using the divisions and sub-divisions of accounts from Cosif Financial Institutions Accounting Plan, it aimed to measure the level of income concentration and unbalance for each institution clustered according to banking market and credit accounts, through Indexes Herfindahl-Hirschmann - HHI and T of Theil, respectively. In adopting this approach, it was attempted to consider that in all market segments are competitors among one another. Results show that the Brazilian banking market, whenever analyzed separately in terms of accounts, presented different levels and distinct evolutions of income concentration and disparity. Focusing on the credit market, which, when individually considered, besides presenting itself concentrated in 2001, in most of its accounts, showed increase in the level of income concentration and disparity in the period between 2001-2007.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Tiago_Ercolin.pdf (901.55 Kbytes)
Data de Publicação
2010-03-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.