• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.109.2020.tde-27082020-161902
Documento
Autor
Nome completo
José Artur Berti Junior
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2020
Orientador
Banca examinadora
Puggina, Enrico Fuini (Presidente)
Campanelli, Fabio
Borin, João Paulo
Tourinho Filho, Hugo
Título em português
Efeitos de diferentes densidades de treino aeróbio sobre indicadores fisiológicos e físicos de adultos saudáveis
Palavras-chave em português
Carga de treino
Densidade de treino
Interdependência das capacidades motoras
Treinamento aeróbio
Treinamento de corrida
Resumo em português
Com o objetivo de verificar os efeitos de dois modelos de treinamento aeróbio com diferentes densidades semanais, porém com carga externa semanal equalizada, sobre variáveis de desempenho da tríade motora (Força, velocidade e resistência aeróbia), 28 adultos saudáveis, do sexo masculino (18 a 30 anos) foram distribuídos por conveniência em 3 grupos sendo 1 grupo controle e 2 grupos experimentais. Os grupos experimentais foram compostos de acordo com a frequência semanal de estímulo de treino, sendo estas de três (F3) e cinco (F5) vezes por semana. A carga externa de treino semanal foi equalizada para todos os grupos, com um volume total de 60 minutos de duração e uma intensidade de corrida equivalente ao limiar anaeróbio relativo a cada corredor. O período da pesquisa foi de 8 semanas, sendo 6 de treinamento, precedidas e sucedidas por 1 semana de avaliações. Tais avaliações tiveram como propósito verificar o comportamento de variáveis fisiológicas e de desempenho de capacidades motoras, derivadas da tríade motora (manifestações da força, da resistência e da velocidade). Para tanto, foi realizado teste incremental de esteira; teste de saltos verticais, horizontais e intermitentes; Antropometria, RAST e teste de tempo de exaustão (tempo limite). Os resultados obtidos nesse trabalho foram analisados através da utilização do Software SPSS (Statistical Package for Social Science) for Windows®, versão 20.0. Os dados foram analisados utilizando estatística descritiva e inferencial. Foram aplicados testes de Kolmogorov-Smirnov (normalidade) e Levene's para homogeneidade de variância, ANOVA modelo misto para comparação de interação entre grupos e momentos, Bonferroni para post hoc (paramétrico) e Kruskal-Wallis (não paramétrico), O nível de significância adotado foi de p ≤ 0,05. Foram encontradas influências positivas, com melhoras de desempenho ou condições fisiológicas no grupo F3 e F5 para velocidade no limiar anaeróbio (LAn) e velocidade de pico em esteira (VPE), e apenas no F5 para LAn. Também houve influências negativas, apenas no grupo F3, para a velocidade média e potência média no RAST, sugerindo perda de potência anaeróbia. Tais achados demonstram que a densidade é um fator a ser considerado, pelos treinadores, preparadores físicos e demais profissionais da área na prescrição de treinamento.
Título em inglês
Effects of different densities of aerobic training on physiological and physical indicators of healthy adults
Palavras-chave em inglês
Aerobic training
Interdependence of motor skills
Running training
Training density
Training load
Resumo em inglês
With the objective of verifying the effects of two models of aerobic training with different weekly densities, but with equalized external weekly load, on performance variables of the motor triad (Strength, speed and aerobic resistance), 28 healthy male adults (18 to 30 years) were divided by convenience into 3 groups, 1 control group and 2 experimental groups. The experimental groups were composed according to the weekly frequency of training stimulus, these being three (F3) and five (F5) times a week. The external weekly training load was equalized for all groups, with a total volume of 60 minutes in duration and a running intensity equivalent to the anaerobic threshold for each runner. The research period was 8 weeks, 6 of which were for training, preceded and followed by 1 week of evaluations. Such assessments aimed to verify the behavior of physiological variables and motor capacity performance, derived from the motor triad (manifestations of strength, endurance and speed). For this, an incremental treadmill test was performed; test of vertical, horizontal and intermittent jumps; Anthropometry, RAST and exhaustion time test (time limit). The results obtained in this work were analyzed using the Software SPSS (Statistical Package for Social Science) for Windows®, version 20.0. The data were analyzed using descriptive and inferential statistics. Kolmogorov-Smirnov (normality) and Levene's tests were applied for homogeneity of variance, ANOVA mixed model for comparison of interaction between groups and moments, Bonferroni for post hoc (parametric) and Kruskal-Wallis (non-parametric), The level of significance adopted was p ≤ 0.05. Positive influences were found, with improvements in performance or physiological conditions in the F3 and F5 groups for anaerobic threshold speed (AT) and peak treadmill speed (VPE), and only in F5 for AT. There were also negative influences, only in the F3 group, for the average speed and average power in the RAST, suggesting loss of anaerobic power. Such findings demonstrate that density is a factor to be considered by trainers, physical trainers and other professionals in the field when prescribing training.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
corrigida.pdf (1.34 Mbytes)
Data de Publicação
2020-11-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.