• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.109.2021.tde-17062021-100050
Documento
Autor
Nome completo
Joao Paulo Torres di Gilio
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2021
Orientador
Banca examinadora
Menezes, Rafael Pombo (Presidente)
Ginciene, Guy
Greco, Pablo Juan
Marques, Renato Francisco Rodrigues
Título em português
O jogador de quadra adicional no handebol: perspectivas de treinadores brasileiros sobre a estratégia
Palavras-chave em português
Ensino
Estratégia
Handebol
Jogador de quadra adicional
Tática
Resumo em português
As alterações regulamentares do handebol em 2016 trouxeram implicações estratégicas, táticas e técnicas para o jogo com jogador de quadra adicional (JQA). As modificações estruturais trouxeram novas possibilidade de organização ao jogo de handebol com JQA. A pesquisa objetivou analisar os discursos dos treinadores das categorias adultas do handebol brasileiro sobre como eles concebem o uso do JQA e como operacionalizam os comportamentos específicos no processo de treino. Apoiou-se na pesquisa qualitativa porque permitiu que os treinadores explorassem temas que envolvem a utilização do JQA atribuindo significados pertinentes ao problema de pesquisa levantado. A produção dos dados deu-se por meio de entrevistas semiestruturadas com sete treinadores brasileiros de handebol. O processo de exclusão selecionou treinadores que: 1. Classificaram-se entre as quatro melhores equipes na liga nacional de handebol da categoria adulta em pelo menos uma das temporadas de 2016 a 2018; e/ou 2. Participaram de comissões técnicas das seleções brasileiras das categorias adultas no período entre 2016 e 2018. Os dados foram analisados por meio da análise temática reflexiva e as análises enfatizaram aspectos específicos dos dados por uma abordagem preferencialmente teórico-dedutiva, latente e construcionista. Identificaram-se três temas e seis subtemas, sendo que cada tema contou com dois subtemas. O primeiro tema discutiu as adaptações estratégicas, táticas e técnicas para o jogo com e contra JQA depois das alterações regulamentares de 2016 e apontou as abordagens contempladas pelo Game Based Approach como alternativas pedagógicas para o ensino dos conteúdos do jogo com JQA. Enquanto no segundo tema tratou de comportamentos específicos do retorno defensivo, de aspectos referentes à substituição do JQA, das possibilidades de sistematização defensiva mediante utilização do JQA por parte da equipe adversária e de ações tático-técnicas que buscam o equilíbrio defensivo. Já o terceiro tema abordou as possibilidades de utilização estratégico-tática do JQA durante a fase ofensiva, como os objetivos durante a utilização para propor a superioridade numérica e os comportamentos específicos do jogo sem goleiro. Conclui-se que o uso do JQA tem objetivos similares aos empregados à estratégia anteriormente às alterações regulamentares de 2016, porém as modificações na regra trouxeram novas possibilidades de organização ao jogo sem goleiro no handebol. Esta pesquisa construiu conhecimentos relevantes para a identificação de indicadores relevantes para o modelo de jogo no handebol. Os questionamentos apresentados auxiliam a formação de novos treinadores e contribuem para o campo da pedagogia do esporte e do handebol.
Título em inglês
The additional court player in handball: Brazilian coaches' perspectives on the strategy
Palavras-chave em inglês
Additional court player
Handball
Strategy
Tactic
Teaching
Resumo em inglês
The changes in the handball rules in 2016 brought strategic, tactical, and technical implications for the game with additional court player (ACP). The structural changes brought new possibilities of organization to the handball game with JQA. The research aimed to analyze how the coaches of the adult categories of Brazilian handball conceive the use of ACP and how they develop specific behaviors in the training process. It was supported by qualitative research because it allowed coaches to explore themes that involve the use of ACP by assigning pertinent meanings to the research problem. Data were produced through semi-structured interviews with seven Brazilian handball coaches. The exclusion process selected coaches who: 1. Ranked in the top four teams in the senior national handball league in at least one of the seasons from 2016 to 2018; and / or 2. Participated in coaching staffs of the Brazilian seniors' national teams between 2016 and 2018. The data were analyzed through reflective thematic analysis and the analyzes emphasized specific aspects of the data through a theoretical-deductive, latent and constructionist approach. Three themes and six sub-themes were identified. The first theme discussed the strategic, tactical, and technical adaptations for the game with and against ACP after the 2016 rules changes and pointed out the Game Based Approach as pedagogical alternative for teaching the specific behaviors of ACP. The second theme dealt with specific defensive return behaviors, aspects related to the ACP substitution, the possibilities of defensive systematization by the ACP use by the opposing team and tactical-technical actions that aim a defensive balance. The third theme show the possibilities of strategic-tactical use of ACP during the offensive phase, such as the use to propose numerical superiority and the specific behaviors of the game without a goalkeeper. It is concluded that the goals of using ACP currently are like those noted previously to the changes in the rules in 2016. This research shows knowledge to identify relevant indicators to build a game model. The questions presented help handball coaches and contribute to the field of sport and handball pedagogy.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Corrigida.pdf (1.48 Mbytes)
Data de Publicação
2021-06-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.