• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.109.2020.tde-10122020-122458
Documento
Autor
Nome completo
Jonatas Augusto Cursiol
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2020
Orientador
Banca examinadora
Barbieri, Ricardo Augusto (Presidente)
Gobatto, Fúlvia de Barros Manchado
Morato, Márcio Pereira
Oliveira Filho, Ciro Winckler de
Título em português
Efeito da fadiga sobre o desempenho no goalball
Palavras-chave em português
Cinemática tridimensional
Fadiga
Goalball
Penalidade
Twitch interpolation
Resumo em português
A presente dissertação é composta por dois estudos com participação voluntária de treze jogadores homens de goalball com o objetivo de examinar os parâmetros neuromusculares, fisiológicos e de desempenho técnico do jogo (DTJ) em três jogos simulados de goalball consecutivos, e a influência da fadiga induzida por um teste incremental específico para o goalball (TIEG) sobre a acurácia e velocidade da bola (VBOLA) em arremessos de um protocolo de cobranças de penalidade. O primeiro estudo contou com avaliações em repouso e em três jogos simuladas de goalball de parâmetros neuromusculares por meio de contrações isométricas voluntárias máximas dos músculos extensores de joelho (CIVM) e da técnica Twitch Interpolation, concentração de lactato sanguíneo ([La-]), e frequência cardíaca (FC), percepção subjetiva de esforço (PSE) e desempenho técnico de jogo (DTJ). O segundo estudo consistiu em avaliações pré e pós de [La-], PSE, força pico e força média em CIVM, acurácia e VBOLA através de análises cinemáticas bidimensional e tridimensional, respectivamente. As comparações foram realizadas através de estatísticas bayesianas. Os principais resultados do estudo um foram: (i) a força muscular diminuiu significativamente após os jogos 2 e 3, indicando a presença de fadiga neuromuscular; (ii) o comportamento da FC se mantêm predominantemente em uma faixa equivalente a atividade de intensidade moderada; (iii) PSE e FC explicam mais sobre a variabilidade em parâmetros do DTJ do que variáveis neuromusculares. O estudo dois mostrou que a fadiga aguda induzida pelo TIEG não alterou os parâmetros de desempenho do arremesso. Esses resultados sugerem que atletas com menor força muscular nos membros inferiores e maior percepção subjetiva de esforço são susceptíveis a arremessar menos durante o jogo, demandando um maior tempo de recuperação entre jogos de goalball em uma competição. Além disso, embora curtos intervalos de recuperação entre as partidas possam ser responsáveis pela instauração de fadiga central em músculos extensores do joelho, estados avançados de fadiga podem não impactar negativamente a acurácia e VBOLA no arremesso da cobrança de penalidade do goalball.
Título em inglês
Effect of fatigue on goalball performance
Palavras-chave em inglês
Fatigue
Goalball
Penalty shootout
Three-dimensional kinematics
Twitch interpolation
Resumo em inglês
The present dissertation consists of two studies with voluntary participation of thirteen male goalball players in order to examine the neuromuscular, physiological and game technical performance parameters in three simulated consecutive goalball games, as well as the influence of an incremental test specific to goalball (ITSG) on the accuracy and ball velocity (VBALL) in a penalty throwing protocol. The first study had assessments at rest and in three simulated goalball games of neuromuscular parameters through isometric maximal voluntary contractions (IMVC) of the knee extensor muscles and the Twitch Interpolation technique, blood lactate concentration ([La-]), heart rate (HR), rating of perceived exertion (RPE) and game technical performance (GTP). The second study consisted of pre and post evaluations of [La-], RPE, peak force and mean force in IMVC, and accuracy and VBALL through two-dimensional and three-dimensional kinematic analyses, respectively. Comparisons were made using Bayesian statistics. The main results of study one were: (i) muscle strength decreased significantly after games 2 and 3, indicating the presence of neuromuscular fatigue; (ii) the behaviour of HR remains predominantly in a range equivalent to the activity of moderate intensity; (iii) RPE and HR explain more about the variability in GTP parameters than neuromuscular variables. Study two showed that the acute fatigue induced by ITSG did not alter the performance parameters of penalty throws. These results suggest that athletes with lower muscle strength in the lower limbs and greater ratings of perceived exertion are likely to throw less during the game, requiring a longer recovery time between goalball games in a competition. In addition, although short recovery intervals between gmes may be responsible for the establishment of central fatigue in the knee extensor muscles, advanced fatigue states may not negatively impact accuracy and VBALL in the goalball penalty shootout.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Corrigida.pdf (1.48 Mbytes)
Data de Publicação
2021-02-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.