• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.108.2020.tde-17062021-100615
Documento
Autor
Nome completo
Afonso Luís Puig Pereira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2020
Orientador
Banca examinadora
Zilbovicius, Celso (Presidente)
Fonseca, Graciela Soares
Leonello, Valéria Marli
Santos, Leonardo Carnut dos
Título em português
A preceptoria para graduação no âmbito da atenção primária à saúde: perfil, processo ensino-aprendizagem e o quadrilátero da formação a partir da percepção dos sujei
Palavras-chave em português
Atenção Primária à Saúde
Capacitação de Recursos Humanos em Saúde
Desenvolvimento de Pessoal
Educação Continuada
Educação em Saúde
Preceptoria
Sistema Único de Saúde
Resumo em português
A formação de profissionais de saúde no cenário da atenção primária à saúde permanece como um grande desafio. Políticas educacionais, como as Diretrizes Curriculares Nacionais, o Pró-Saúde e o PET-Saúde, constituíram importante incentivo legal à formação. Mas muitos profissionais que exercem a preceptoria na atenção primária a saúde, desconhecem o processo ensino-aprendizagem e a integração ensino-serviço-gestão-comunidade (quadrilátero da formação). Por esses motivo, esta pesquisa tem por objetivos trazer a percepção de profissionais em exercício da preceptoria de graduandos no âmbito da atenção primária à saúde (APS) no município de São Paulo (SP), conhecendo seu perfil e motivações nesse cenário de aprendizagem, as metodologias de ensino e avaliação utilizadas no processo pedagógico, e as barreiras antipedagógicas e de processo de trabalho, bem como os fatores de contribuição à preceptoria na perspectiva do quadrilátero da formação. Trata-se de um estudo descritivo e exploratório de abordagem qualitativa. Foram realizadas 14 entrevistas semiestruturadas, interpretadas por análise de conteúdo temática. Na perspectiva dos sujeitos da pesquisa, identificou-se um perfil cuja competência mais frequentemente relatada é a pedagógica, a qual pode ser desenvolvida através de formação para preceptoria. Dentre alguns fatores motivacionais para o exercício da função, a troca de aprendizado é a mais relevante. O processo ensino-aprendizagem é guiado especialmente pela prática, sendo o método de ensino mais comum porém pouco problematizado, e os métodos ativos são aplicados por aqueles que têm algum tipo de formação pedagógica. Os processos avaliativos são incipientes e causam insegurança. Sob a ótica do quadrilátero da formação, observou-se como desafios mais significativos a sobrecarga de trabalho dos preceptores, a desvalorização da saúde pública como cenário de ensino, a falta de apoio pedagógico das instituições de ensino superior (IES) e a incompreensão da comunidade no processo de formação. Como fatores contributivos da preceptoria, destacam-se o trabalho multiprofissional e a APS como potente cenário de aprendizagem. Conclui-se que a formação em preceptoria é essencial para forjar um perfil pedagógico adequado, conscientizando o profissional do seu papel de educador, e que faces do quadrilátero da formação têm aspectos a serem aperfeiçoados. Olhar cada face separadamente pode facilitar a articulação entre os atores e a transpor os desafios do exercício dessa função. A preceptoria tem grande potencial para a formação de graduandos na APS, mas é dependente de apoio das IES, melhores condições de trabalho e reconhecimento através de políticas públicas.
Título em inglês
The preceptorship for undergraduation in the scope of Primary Health Care: the profile, teaching-learning process and the Four-way approach to Training from the perception of the subjects in the service
Palavras-chave em inglês
Education Continuing
Health Education
Health Human Resource Training
Preceptorship
Primary Health Care
Staff Development
Unified Health System
Resumo em inglês
Qualified training of professionals in the Primary Health Care (PHC) setting remains a significant challenge. Educational policies such as the National Curricular Guidelines, Pro-Health and PET-Health have been critical legal incentives for such qualifications. However, many professionals who perform preceptorship in the Primary Health Care sector do not have an understanding of the teaching-learning process not knowledge of the integration of teaching-service-community-management (Four-way approach to Training). For said reasons, under the standpoint of preceptorship, this research aims to present the perspective of professionals Preceptor PHC undergraduates in the city of São Paulo/Brazil. Acknowledging the profile and motivations of this learning scenario, inquiring what are the presented teaching and assessment methodologies in the pedagogical process and which are the anti-pedagogical and work process barriers, as well as factors that contribute to tutoring from a Four-way approach to Training perspective. This study is descriptive and exploratory based on a qualitative approach. Fourteen semi-structured interviews were conducted and interpreted by thematic content analysis. From research's participants perspective, a drawn outline of the most frequently reported competence is pedagogical, which has the potential of development through preceptorship training. Amongst some motivational factors in exercising this function, reciprocally learning is the most relevant. The teachinglearning process is guided mainly by practice, and though it is the most common teaching method, it is little problematized. The active methods are applied by those who have already had a sort of pedagogical training. Evaluation processes are incipient and cause insecurity. From a Four-way approach to Training perspective the most significant challenges observed were, the overload of work assigned to preceptorship, the devaluation of public health as a teaching scenario, the lack of pedagogical support from Higher Education Institutions (HEIs), and the incomprehension of the community in the training process. Multiprofessional work and the PHC as a compelling learning environment, are highlighted as contributing factors to the preceptorship's work. A conclusion indicates that training is essential to forge an adequate pedagogical profile, raising the professional's awareness of his or her role as an educator and which fronts of the Four-way approach to Training require improvement. To look separately at each aspect can facilitate the articulation between the participants and overcome the challenges of exercising this function. The preceptorship has excellent potential for training graduates in PHC but is dependent on support from HEIs, better working conditions and recognition through public policies.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-06-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.