• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.108.2020.tde-04052021-163536
Documento
Autor
Nome completo
Patricia Gabryela Moreira Bresser Lang
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2020
Orientador
Banca examinadora
Junqueira, Simone Rennó (Presidente)
Ischkanian, Paula Cristina
Mancuso, Ana Maria Cervato
Oliveira, Ricardo Monezi Julião de
Título em português
Terapia Floral: Uma revisão integrativa da literatura
Palavras-chave em português
Formação profissional
Revisão Integrativa
Terapia floral
Resumo em português
Atualmente, o Sistema Único de Saúde (SUS) oferece, de forma integral e gratuita, 29 procedimentos de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICS) à população. Dentre elas está a terapia floral, uma das PICS reconhecida pela Organização Mundial da Saúde desde 1956, que visa tratar questões voltadas ao bem-estar emocional e consequentemente, da saúde corpo-mente, indo ao encontro aos preceitos estabelecidos pelo SUS. O presente trabalho realizou uma revisão integrativa da literatura sobre a eficácia da terapia floral. Foram feitas buscas no PubMed/MedLine e selecionados 44 artigos, frutos de estudos experimentais. Tratase de um campo de pesquisa muito novo, com a publicação do primeiro artigo indexado em 1999; maior número de publicações entre 2012 e 2014; predomínio de publicações em revistas cubanas (73%) e, portanto o idioma predominante foi o espanhol. Os temas de predominância de publicação foram: climatério e estresse com 5 artigos cada um, seguidos de 3 publicações sobre transtorno de atenção e outros 3 sobre ansiedade; a maioria das pesquisas foram realizadas em hospitais e em instituições de ensino superior. Quanto à somatória do total de participantes das pesquisas de acordo com os temas de maior publicação tem-se: climatério com 417 participantes; ansiedade 195; estresse 149; transtorno de atenção 140; hipertensão arterial 100; câncer 112; cirurgia 73; medo e trauma 67. Predominância de estudos estatisticamente significativos, 27 do tipo "ensaio cli?nico controlado" e 17 "ensaios clínicos não-controlados". Dois ensaios cli?nicos foram realizados em animais, o que evidencia o cuidado diante da metodologia utilizada para comprovar a eficácia do tratamento com essências florais sem que haja o fator sugestionamento do efeito placebo, muitas vezes, questionada em pesquisas com seres humanos. Quanto à pergunta de pesquisa: 40 dos 44 artigos (90,1%) obtiveram eficácia do tratamento com as essências florais e apenas um trabalho não obteve eficácia no tratamento com terapia floral, os demais obtiveram eficácia parcial. Os dados indicam uma produção preocupada em relatar trabalhos de pesquisa baseada em evidência, seguindo modelos que atendam a padrões de pesquisa internacionalmente aceitos. Embora a maioria das pesquisas tenha apresentado resultados favoráveis, são necessários mais estudos que sirvam como referencial para as PICS e, na medida em que a terapia floral se apresenta como possibilidade de intervenção em saúde tanto no SUS como no setor privado, é importante pensar na formação dos profissionais em terapia floral. Assim, como produto educacional deste estudo foi proposto um projeto pedagógico para um curso de pós-graduação em terapia floral, nos preceitos da interdisciplinaridade e multiprofissionalidade, com vistas a contribuir ao conhecimento e embasamento científico sobre o tema, para fortalecer e divulgar esta prática terapêutica.
Título em inglês
Floral Therapy: an integrative literature review
Palavras-chave em inglês
Floral therapy (Flower essences)
Integrative Review
Professional training
Resumo em inglês
Currently, the Unified Health System (SUS) offers, in a complete and free way, 29 procedures of Integrative and Complementary Practices in Health (PICS) to the population. Among them is flower therapy, one of the PICS recognized by the World Health Organization since 1956, which aims to address issues related to emotional well-being and, consequently, body-mind health, meeting the precepts established by SUS. The present work carried out an integrative literature review on the effectiveness of flower therapy. Searches were made in PubMed / MedLine and 44 articles were selected to compose this review. It is a very new field of research, with a predominance of publications in Cuban magazines and Spanish language. More than 60% of the main authors of the research were in the medical field and, probably, this allowed access to hospitals, the main research sites. Most of the journals were in the medical and health fields, with a great diversity of journals, which increases the possibility of submitting research results on PICS and, particularly, floral ones. It was concluded that the scientific production practiced by flower therapy is more focused on proving the effectiveness of the action in the treatment of disease symptoms. The highlight is the chronic non-communicable diseases and those that had more publication were climacteric and stress. The floral system most used in the research was the Bach flower, this may be due to the fact that this system was the precursor in treatment with floral therapy, as well as the origin was described by a doctor, with his reports of initial studies already published. in the academic environment. It is important to note that research was carried out on animals, which shows the concern given the selected methodology to prove the effectiveness of the treatment without the suggestion of the placebo effect, which is often questioned in research with human beings. In this work, the therapeutic intervention with flower essences was identified as a promoter of the rescue of everyday life impacted by illness. Therefore, there is no claim to deny the value of biomedical rationality in the care of serious cases. However, it is possible to think that PICS can significantly help improve this reality, especially in the context of primary health care. Thus, the systematization of the studies carried out, following internationally accepted scientific standards, allowed to present some of the benefits of therapeutic treatment with the flower essences pointed out by the authors. Although most studies have shown favorable results, more studies are needed to serve as a reference for PICS and, as floral therapy is a possibility for health intervention in both SUS and the private sector, it is important to think about training of professionals in floral therapy. Thus, as an educational product of this study, a pedagogical project for a postgraduate course in floral and floral therapy was proposed, aiming at the quality of teaching for which the performance of this professional. It is hoped that the product of this study, aimed at contributing to the training of floral therapists, can be a source for other studies for training with quality and innovation for floral therapists.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-05-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.