• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.106.2020.tde-16032020-221515
Documento
Autor
Nome completo
Mariana Ramos Ciotta
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Tassinari, Colombo Celso Gaeta (Presidente)
Kowarski, Clarissa Maria Beatriz Brandão de Carvalho
Santos, Edmilson Moutinho dos
Seabra, Paulo Negrais Carneiro
Título em português
Estudo de possibilidades para armazenar CO2 em reservatórios geológicos offshore na Bacia de Santos.
Palavras-chave em português
Bacia de Santos
Captura e Armazenamento de Carbono
Reservatórios Geológicos para CO2
Resumo em português
A comunidade global estabeleceu, por meio do Acordo de Paris, a escolha de uma meta ambiciosa de redução de emissões de gases de efeito estufa durante a primeira metade do século XXI. Esse caminho requer o desenvolvimento rápido e extensivo de tecnologias de baixa emissão de carbono. A alta dependência mundial de combustíveis fósseis indica que uma transição energética rápida baseada no uso de combustíveis renováveis ou considerando, ainda, a redução do consumo energético total não será possível sem modificações estruturais na lógica neoliberal de produção e consumo. Dessa forma, as tecnologias de captura e armazenamento de carbono surgem como uma ferramenta relevante para atuação emergencial, uma técnica de redução de danos a ser utilizada para que se atinjam as metas do Acordo de Paris. Neste cenário, o armazenamento geológico de CO2 surge como uma das possibilidades de ação, sendo a busca por reservatórios adequados parte relevante dessa empreitada. No caso do Brasil, a Bacia de Santos possui localização privilegiada, estando próxima de centros produtores e consumidores de derivados de petróleo. Esse trabalho se dedicou à busca de reservatórios na Bacia de Santos, culminando no estudo da zona do Campo de Merluza. Desse modo, essa dissertação apresenta uma revisão bibliográfica que compila informações sobre as diversas etapas envolvidas na seleção de um reservatório geológico de CO2. A partir das definições e critérios propostos, seleciona-se o Campo de Merluza como a região de possível aplicação de um projeto de armazenamento de CO2. As características geológicas que sugerem um possível uso das Formação Juréia e Formação Itajaí-Açu (Membro Ilhabela) são apresentadas a partir de dados geoquímicos e descrições litológicas compiladas. Um estudo de cálculo de estimativa de capacidade de armazenamento também é apresentado. Essa favorabilidade não é apenas geológica: a presença de infraestrutura já instalada na zona de Merluza como uma plataforma fixa e um gasoduto exclusivo dialogam com a literatura que sugere uma maior economicidade e menor dano ambiental da adaptação de campos depletados em óleo e gás para o uso como reservatório geológico de CO2. Propostas de trabalhos futuros que colaborem com a verificação desse uso são apresentadas.
Título em inglês
Study of possibilities for storing CO2 in offshore geological reservoirs in the Santos Basin
Palavras-chave em inglês
Carbon Capture and Storage
Geological Reservoirs for CO2
Santos Basin
Resumo em inglês
The global community has established, through the Paris Agreement, the choice of an ambitious goal of reducing greenhouse gas emissions during the first half of the 21st century. This path requires a fast and extensive development of low carbon technologies. The high world dependence on fossil fuels indicates that a quick energy transition based on the use of renewable fuels or even considering the reduction of total energy consumption will not be possible without structural changes in the neoliberal way of production and consumption. Thus, carbon capture and storage technologies emerge as a relevant tool for emergency action, a harm reduction technique to be used to meet the Paris Agreement goals. In this scenario, geological storage of CO2 emerges as one of the possibilities for action, and the search for adequate reservoirs is a relevant part of this endeavor. In the case of Brazil, the Santos Basin has a privileged location, being close to oil producing and consuming centers. This work was dedicated to the search for reservoirs in the Santos Basin, culminating in the study of the Merluza Field zone. Thus, this dissertation presents a literature review that compiles information about the various steps involved in the selection of a geological CO2 reservoir. From the proposed definitions and criteria, the Merluza Field is selected as the region of possible application of a CO2 storage project. Geochemical data and compiled lithological descriptions suggest a possible use of Juréia Formation and Itajaí-Açu Formation (Ilhabela Member). A storage capacity estimation calculation study is also presented. This favorability is not only geological: the presence of infrastructure already installed in the Merluza zone as a fixed platform and an exclusive gas pipeline dialogues with the literature that suggests greater economy and less environmental damage from the adaptation of fields depleted in oil and gas for use as a geological reservoir of CO2. Proposals for future works that collaborate with the verification of this use are presented.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
MARIANACIOTTA.pdf (13.95 Mbytes)
Data de Publicação
2020-03-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.