• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.106.2021.tde-26072021-193124
Documento
Autor
Nome completo
Marina Ribeiro Corrêa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2021
Orientador
Banca examinadora
Turra, Alexander (Presidente)
Bombana, Briana Angélica
Seixas, Cristiana Simão
Serafini, Thiago Zagonel
Título em português
Serviços ecossistêmicos e suas vulnerabilidades às mudanças climáticas: desafios e oportunidades para a gestão ecossistêmica de praias
Palavras-chave em português
Mudança Climática; Ecossistemas costeiros; Ecossistemas oceânicos; Sustentabilidade
Resumo em português
As mudanças ambientais globais, como as Mudanças Climáticas (MC), e seus efeitos sobre os complexos ecossistemas costeiros e oceânicos, têm levado ao desenvolvimento de novas estratégias de gestão, como a Gestão Baseada em Ecossistemas (GBE): uma abordagem sistêmica, adaptativa e com perspectiva de longo prazo. Uma das estratégias de implementação da GBE é diagnosticar vulnerabilidades socioecológicas e responder a elas com antecedência, podendo, assim, ser operacionalizada a partir da manutenção da provisão de longo-prazo de Serviços Ecossistêmicos (SE). Na América Latina e Caribe (AL&C) a implementação de novos modelos de gestão, como a GBE, é especialmente requerida para garantir a sustentabilidade das praias. Entretanto, para que se transforme uma gestão no sentido da abordagem ecossistêmica deve-se entender quais fatores existentes podem ser catalisadores ou barreiras dessa mudança. Nesse sentido, também se faz necessário investigar o contexto aplicado da gestão em nível local, reforçando o papel que os atores governamentais locais podem ter nessa transformação da gestão de praias. Porém a AL&C e o ecossistema praial carecem de estudos empíricos e teóricos sobre a implementação da GBE. Assim, o objetivo da presente dissertação foi contribuir com a discussão sobre a implementação da GBE em praias, trazendo, principalmente, aportes para o contexto da AL&C e para sua implementação em nível local. No primeiro capítulo foi feita uma reflexão geral sobre as oportunidades da incorporação da GBE na gestão de praias e os desafios para sua implementação na AL&C. Os outros dois capítulos utilizaram um estudo de caso na AL&C para investigar como a percepção dos gestores governamentais locais sobre a vulnerabilidade dos SE pode influenciar na transformação da gestão de praias local no sentido da GBE. Por meio de técnicas como levantamento e revisão documental (de políticas públicas, normas legais e literatura científica), workshops com gestores governamentais locais, análise de redes sociais e análise do conteúdo, a dissertação ampliou o conhecimento sobre a implementação da GBE em ecossistemas praiais, fornecendo subsídios para seu manejo sustentável, principalmente na gestão local e na AL&C. Portanto, junto à uma reflexão sobre as oportunidades da incorporação da GBE na gestão de praias e as possíveis barreiras e catalisadores para sua implementação na AL&C, a análise da percepção dos gestores governamentais locais sobre a vulnerabilidade dos SE reforçou a importância desses atores para a implementação da GBE e não apenas trouxe quais esclarecimentos conceituais são necessários em termos da abordagem ecossistêmica em praias, como também foi uma oportunidade de cooperação entre pesquisadores e gestores na adaptação do atual sistema de governança.
Título em inglês
Ecosystem Services vulnerability to climate change: challenges and opportunities for ecosystem-based management implementation in beaches
Palavras-chave em inglês
Climate Change; Coastal ecossystems; Marine Ecosystems; Sustainability
Resumo em inglês
Global changes, such as Climate Change, and its effects on the complex coastal ecosystems have led to the development of new management strategies, such as Ecosystem-Based Management (EBM): a holistic and adaptive approach to diagnose socio-ecological vulnerabilities and early respond to them. EBM can be operationalized based on the maintenance of the long-term provision of Ecosystem Services (ES). In Latin America and the Caribbean (LA&C), the search for new management strategies, such as EBM, is especially required to ensure beach sustainability. In order to transform management practices towards EBM, however, it is necessary to understand the catalysts and barriers to this change. For the beach management transformation toward sustainability, the context of the local level management must be investigated, reinforcing the role of local government actors. However, there is a lack of empirical and theoretical studies on the EBM implementation for both in LA&C and beach management. The aim of this dissertation was to contribute to the discussion on the EBM implementation on beaches, bringing inputs to its implementation at the local level and to the LA&C context. The first chapter reflected on opportunities for incorporating EBM in beach management and the challenges for its implementation in LA&C. The other two chapters utilized a case study at LA&C to investigate how the local government managers perceptions about the ES vulnerabilities can influence the transformation of local beach management towards EBM. Through techniques such as survey and document review (of public policies, legal norms, and scientific literature), workshops with local government managers, social network analysis, and content analysis, the dissertation expanded the knowledge about EBM implementation in beach ecosystems, providing subsidies for beach sustainable management, mainly in local management and LA&C. Therefore, along with a reflection on the possible barriers and catalysts for EBM implementation, the analysis of the local government managers perceptions on the vulnerability of SE brought relevant theoretical contributions to understand the applied dimension of EBM implementation on beaches, with potential for application to other ecosystems.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-08-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.