• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.106.2020.tde-17112021-121110
Documento
Autor
Nome completo
Evandro Albiach Branco
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2020
Orientador
Banca examinadora
Moretto, Evandro Mateus (Presidente)
Calvi, Miqueias Freitas
Gallardo, Amarilis Lucia Casteli Figueiredo
Igari, Alexandre Toshiro
Moran, Emilio Federico
Théry, Neli Aparecida de Mello
Título em português
Dinâmicas de uso e cobertura da terra e grandes empreendimentos hidrelétricos na Amazônia
Palavras-chave em português
Amazônia
avaliação ex-post
cenários
dinâmica do uso e cobertura da terra
hidrelétricas
Resumo em português
O planejamento e a construção de empreendimentos hidrelétricos na Amazônia, região com o maior potencial hidrelétrico ainda disponível no país, traz em seu bojo impactos e conflitos socioambientais importantes, decorrentes das potencialidades e sensibilidades típicas da região. Empreendimentos do porte de usinas hidrelétricas endereçam às localidades influências complexas, em diferentes escalas espaço-temporais. Embora os processos associados às dinâmicas territoriais sejam amplamente estudados e descritos para a região amazônica, as relações entre hidrelétricas e seus efeitos nas dinâmicas de uso e cobertura da terra, considerando suas especificidades e ciclo de vida, seguem pouco compreendidos em razão de sua complexidade e de limitações metodológicas. Neste sentido, e partindo do diálogo teórico entre os campos do Sistema Terrestre, da Economia Regional e da Avaliação de Impacto Ambiental, buscou-se analisar, por meio de uma estratégia multiescalar e multitemporal, as dinâmicas em regiões próximas a grandes empreendimentos hidrelétricos na Amazônia, a partir dos estudos de caso de Jirau, Santo Antônio e Belo Monte. Os resultados indicaram diferenças significativas entre os casos. Enquanto para o primeiro não foram encontradas evidências suficientes para caracterizar a influência dos empreendimentos nas dinâmicas de uso e cobertura da terra para além daquelas esperadas e previstas pelo Estudo de Impacto Ambiental, para Belo Monte, verificou-se três momentos bem marcados, com o início da influência do empreendimento dois anos antes do início das obras, seguido por uma fase de atenuações durante grande parte da etapa de instalação, concluído com a retomada das dinâmicas às vésperas do início da operação. Ainda, foi realizado um exercício de modelagem das dinâmicas do uso e cobertura da terra para cenários retrospectivos de não ocorrência do empreendimento, visando oferecer subsídios, considerando a complexidade e as incertezas inerentes e este tipo de exercício, para a discussão da medida da contribuição da hidrelétrica no acumulado registrado nos padrões de uso e cobertura da terra.
Título em inglês
Land use and cover dynamics and Large Hydropower Plants in Amazon
Palavras-chave em inglês
Amazon
ex-post evaluation
hydropower dams
land use and cover change
scenarios
Resumo em inglês
Amazon region has the most significant hydropower potential available in Brazil. The planning and construction of hydropower projects address important social and environmental conflicts, considering the typical regions potentialities and sensitivities. Hydroelectric power plants address complex influences at different spatio-temporal scales. Although the processes associated to the territorial dynamics in Amazon are broadly studied and described, the relations between hydropower projects and their effects in land use and cover dynamics remain poorly understood due to their complexities and methodological limitations, mainly considering the hydropower specificities and life cycle. In this sense, and starting from the theoretical dialogue between Land System, Regional Economy and Environmental Impact Assessment science fields, this thesis aimed to analyse, through a multiscalar and multitemporal strategy, the dynamics in regions near large hydropower plants in Amazon, from Jirau, Santo Antonio e Belo Monte case studies. Results indicated significant differences between these cases. Whilst for the first case no sufficient evidence was found to characterize the influence of hydropower plants in land use and cover dynamics, beyond those expected in the Environmental Impact studies. For Belo Monte case, it was found three moments of influence. First, an influence two years before the installation phase. Second, the influence of dynamic restriction during much of the installation phase. Third, influence regarding the placement of a new dynamic by the end of installation and before the operation phase. In addition, the land use and land cover dynamics modelling exercise was conducted for retrospective scenarios of non-occurrence of the hydropower project, providing insights to discuss the contribution of a hydropower project in the accumulated effect on land use and land cover patterns, considering the complexity and uncertainties inherent of this type of exercise.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-11-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.