• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.106.2019.tde-08012020-165527
Documento
Autor
Nome completo
Dorival Suriano dos Santos Junior
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Santos, Edmilson Moutinho dos (Presidente)
Hage, José Alexandre Altahyde
Pereira, Carlos Augusto Arentz
Savoia, Jose Roberto Ferreira
Título em português
Elementos para a discussão sobre a renovação do contrato de fornecimento de gás natural boliviano para o Brasil no contexto do aumento da produção brasileira de gás.
Palavras-chave em português
Competição gás versus gás
Gás Natural
Geopolítica Energética
Modelagem Logística do GNL
Relações Bilaterais Bolívia-Brasil
Resumo em português
O gás natural importado da Bolívia é responsável 30% da oferta desse energético ao mercado brasileiro. O contrato de compra e venda desse gás, considerado um dos maiores projetos de integração energética das Américas, encerra-se oficialmente no final de 2019. Dado a expectativa de aumento da produção brasileira de gás natural, oriunda dos campos contidos no polígono do Pré-sal, ainda há incertezas quanto a uma renovação firme desse contrato pelos agentes brasileiros. Todavia, o aproveitamento comercial do gás natural provindo do Pré-sal ainda depende da solução de desafios técnicos, logísticos e ambientais, tais como a distância entre os campos e a costa brasileira e o difícil acesso a mercados consumidores, cuja expansão em larga escala ainda não é revelado pelas estatísticas. Os aspectos geopolíticos entre Brasil e Bolívia também são acentuados, uma vez que a venda do gás natural para o Brasil representa 4,0% do PIB da Bolívia, o que comprometeria negativamente a economia boliviana e as relações geopolíticas entre os dois países em um cenário de não renovação. Nesse contexto complexo e interdisciplinar, o objetivo dessa dissertação é apresentar os elementos de ordem energética, econômica, e geopolítica que influenciam a renovação ou não do acordo de fornecimento de gás com a Bolívia, levando-se em conta a expectativa de autossuficiência do Brasil na produção de gás e o relacionamento comercial entre os dois países. Como metodologia, o presente trabalho apresenta um delineamento de pesquisa bibliográfica que discorrem sobre o tema. No entanto, argumentação apresentada procura trazer reflexões originais e que abrem opções estratégicas não encontradas na literatura. Em um cenário da renovação do contrato de compra do gás com a Bolívia, essa dissertação avalia a existência de um mercado adicional para o gás boliviano no estado do Mato Grosso através da identificação do volume potencial de consumo e da obtenção dos custos de investimentos e operacionais de transporte do gás boliviano para o interior do estado, substituindo o óleo diesel, eletricidade, e óleo combustível pelo gás natural liquefeito transportado via rodoviário e atendendo aos setores agropecuário, industrial e de transporte. Como metodologia para avaliação dessa demanda adicional, utilizou-se uma pesquisa de natureza qualitativa com o delineamento de estudo de caso. Como resultados e conclusões, têm-se que a maior utilização do gás do Pré-sal dependerá da solução de desafios técnicos e financeiros que poderão atrasar a monetização desse gás. Portanto, dada a importância do gás boliviano para as relações comerciais entre Bolívia e Brasil, e levando-se em conta a competitividade do preço do gás boliviano frente ao gás doméstico brasileiro, conclui-se que o Brasil ainda deve contar com a Bolívia como opção de fornecimento de gás para o mercado brasileiro. Em relação ao estudo de caso, estima-se a existência de um mercado potencial de 2,1 MMm3/dia de gás nos setores econômicos avaliados do Mato Grosso a um custo bastante competitivo em relação aos combustíveis comparados. Contudo, o acesso aos pontos de consumo requer soluções logísticas menos convencionais, como a produção de GNL em pequena escala e o transporte por via rodoviária.
Título em inglês
Elements for the discussion on the agreement renewal for Bolivian natural gas supply to Brazil in the context of the increased Brazilian internal gas production
Palavras-chave em inglês
Bolivia-Brazil Bilateral trading
Energy Geopolitics
Gas to Gas Competition
LNG Logistics Modeling
Natural Gas
Resumo em inglês
Natural gas imported from Bolivia is responsible for 30% of the gas supply to the Brazilian market. The gas supply agreement (GSA), considered one of the largest energy integration projects in the Americas, officially concludes by the end of 2019. Given the expectation of increase in the Brazilian internal production of natural gas, comming from the Pre- salt area, there is uncertainty as to the renewal of this agreement by Brazilian officials. However, the commercial feasibility of the natural gas from Pre-salt area depends on solutions to technical, logistical and environmental challenges, such as the distance between the fields and the Brazilian coast and the difficulty to access consumer markets, whose large-scale expansion is not yet known by the statistics. The geopolitical aspects between Brazil and Bolivia are also significant, since the provision of natural gas to Brazil corresponds to 40% of Bolivia's GDP, therefore the geopolitical relations between the countries would be negatively impacted in a GSA non-renewal scenario. In this complex and interdisciplinary context, the objective of this thesis is to present the energetic, economic, and geopolitical elements that influence the SGA renewal (or not) with Bolivia, considering the Brazil's self-sufficiency gas production expectation and the commercial relationship between the two countries. As a methodology, this thesis presents a literature search design that covers the theme. However, the presented argumentation seeks to bring original reflections and strategic options not found in literature. In a GSA renewal with Bolivia, this thesis assess the existence of the Bolivian natural gas additional market in Mato Grosso state by identifying the potential consumption volume and by obtaining the capital and operational expenditure costs to transport the Bolivian gas to the countryside of the state, replacing diesel, electricity, and fuel oil with liquefied natural gas transported by road and serving the agricultural, industrial and transportation sectors. As a methodology to assess this additional gas demand, a case study qualitative research was used Concluding that the greater use of the Pre-salt gas will depend on solving technical and financial challenges that may delay the monetization of this gas. Therefore, given the importance of the Bolivian gas for trade relations between Bolivia and Brazil, and taking into consideration the price competitiveness of the Bolivian gas compared to the Brazilian domestic gas, it is concluded that Brazil must still rely on Bolivia as a natural gas supplier to the Brazilian market. As to the case study, it is estimated that there is a potential natural gas market of 2.1 MMm3/day at a very competitive cost compared to the assessed fuels in the economic sectors evaluated of Mato Grosso state. However, the access to the points of consumption requires less conventional logistics solutions, such as small-scale LNG production and its transportation by road
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-06-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.