• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.102.2022.tde-10062022-144914
Documento
Autor
Nome completo
Ana Rita Corrêa
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2022
Orientador
Banca examinadora
Bortolucci, Maria Angela Pereira de Castro e Silva (Presidente)
Benincasa, Vladimir
Fujioka, Paulo Yassuhide
Mortati, Debora Marques de Almeida Nogueira
Título em português
Santuário Nossa Senhora Aparecida da Babilônia como Patrimônio Cultural
Palavras-chave em português
Patrimônio Cultural
Patrimônio religioso
Santuário Nossa Senhora Aparecida da Babilônia
São Carlos-SP
Resumo em português
Ao alimentar o imaginário coletivo há mais de 100 anos, o mito sobre o achado da imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, conhecida como Aparecidinha, se encarrega de sustentar o patrimônio cultural religioso do município e da região. Desde a construção da primeira capela no final do século XIX, a imagem tem tido sua história firmada em diversos elementos simbólicos que solidificam, transformam e atualizam o mito do achado da imagem a cada celebração, a cada festa. Paulatinamente têm sido modificados os suportes materiais e imateriais que abrigam todo esse universo religioso popular, resultando na crescente importância do local como lugar de memória, hoje visto como significativo representante do turismo religioso, especialmente no dia da Santa, comemorado em 15 de agosto, quando atrai mais de 40 mil pessoas. Dessa forma, este trabalho busca identificar, através da história documental, utilizando fontes primárias e secundárias, e da história oral, entrevistando agentes e participantes das festividades e celebrações, os elementos formadores desse patrimônio cultural religioso.
Título em inglês
Sanctuary Nossa Senhora Aparecida da Babilônia as Cultural Heritage
Palavras-chave em inglês
Cultural Heritage
Religious heritage
Santuário Nossa Senhora Aparecida da Babilônia
São Carlos-SP
Resumo em inglês
Feeding the collective imagination for over 100 years, the myth about the finding of the image of Nossa Senhora da Conceição Aparecida, known as Aparecidinha, is responsible for sustaining the religious cultural heritage of the municipality and the region. Since the construction of the first chapel at the end of the 19th century, the image has had its history established in several symbolic elements that solidify, transform and update the myth of the finding of the image at each celebration, at each party. Gradually, the material and immaterial supports that house this entire popular religious universe have been modified, resulting in the growing importance of the place as a place of memory, today seen as a significant representative of religious tourism, especially on Saints Day, celebrated on August 15, when attracts more than 40 thousand people. In this way, this work seeks to identify, through documentary history, using primary and secondary sources, and oral history, interviewing agents and participants of the festivities and celebrations, the forming elements of this religious cultural heritage.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2022-06-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.