• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
https://doi.org/10.11606/D.102.2021.tde-26052022-155232
Documento
Autor
Nombre completo
Lara Melotti Tonsig
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Carlos, 2021
Director
Tribunal
Lopes, João Marcos de Almeida (Presidente)
Andrade, Carlos Roberto Monteiro de
Andrade, Liza Maria Souza de
Leitão, Karina Oliveira
Título en portugués
Os Escritórios Modelo de Arquitetura e Urbanismo (EMAU) e a formação do arquiteto e urbanista
Palabras clave en portugués
EMAU
Escritório Modelo de Arquitetura e Urbanismo
Extensão Universitária
Formação sociopolítica
Responsabilidade social
Resumen en portugués
Esta pesquisa parte de inquietações frente ao campo da educação e às consequências das estratégias contemporâneas de formação do Arquiteto Urbanista no contexto de sua atuação profissional. Entendemos que os descompassos que se apresentam hoje são produtos de um processo histórico, político e social que vem se desenrolando desde os primórdios do ensino escolarizado da profissão arquitetônica em terras brasileiras. Neste sentido, os princípios da Extensão Universitária se apresentam como estratégias embasadoras de experiências extensionistas no campo da arquitetura e do urbanismo dentre as quais ressaltamos o Escritório Modelo de Arquitetura e Urbanismo (EMAU), o qual, além de englobar os princípios extensionistas, se propõe a atuar em áreas negligenciadas pelo mercado profissional a partir de uma abordagem totalmente horizontal, autogestionária e participativa, fugindo à estrutura hegemônica verticalizada tanto do ensino acadêmico quanto do escritório tradicional. O EMAU questiona, além das formas de socialização do conhecimento adotadas pela universidade, o próprio conteúdo transmitido por estas, propondo a reflexão em torno de formas alternativas de atuação e do reconhecimento de distintas realidades sociais além daquelas abordadas tradicionalmente em sala de aula. Propõe ainda uma formação política e social do futuro profissional, capaz de enfrentar as questões que se apresentam atualmente de forma consciente e crítica. Diante disto, buscamos compreender de que forma o EMAU se insere na formação do Arquiteto e Urbanista observando quais as principais dificuldades enfrentadas por estes, além dos impactos do EMAU na formação de seus participantes. Por se tratar de uma pesquisa exploratória, não pretendemos chegar a conclusões definitivas, mas sim contribuir para o debate em torno das estratégias contemporâneas de formação do Arquiteto Urbanista no contexto de sua atuação profissional, principalmente no que diz respeito ao Movimento EMAU e ao impacto na formação profissional, política, social e cidadã de seus participantes. Desta forma, com o intuito de suscitar um debate crítico em relação a formação do Arquiteto Urbanista do século XXI, buscamos questionar o produto através da compreensão do processo, reconhecendo na educação, além de uma prática social, um ato político.
Título en inglés
The architecture and urban planning model offices (EMAU) and the architect and urban planner education
Palabras clave en inglés
EMAU
Model Office of Architecture and Urbanism
Social responsibility
Socio-political formation
University Outreach
Resumen en inglés
This research is based on concerns regarding the field of education and the consequences of contemporary strategies for the formation of the architect urban planner in the context of his professional practice. We understand that the current gaps are products of a historical, political and social process that has been taking place since the beginning of the schooling of the architectural profession in Brazil. In this sense, the principles of University Outreach are presented as grounding strategies for outreach experiences in the field of architecture and urbanism, among which we highlight the Architecture and Urbanism Model Office (EMAU), which, in addition to embracing the outreach principles, proposes to act in areas neglected by the professional market from a totally horizontal, self-management and participatory approach, escaping from the hegemonic vertical structure - both in academic teaching and in the traditional office. Besides the forms of socialization of knowledge adopted by the university, the EMAU questions the very content transmitted by those, proposing reflection around alternative forms of action and the recognition of different social realities beyond those traditionally addressed in the classroom. It also proposes a political and social formation of the future professional, capable of facing the issues that currently present themselves in a conscious and critical way. Therefore, we seek to understand how the EMAU is inserted in the formation of architects and urban planners, observing the main difficulties faced by them, as well as the impacts of EMAU in the formation of its participants. Since this is an exploratory research, we do not intend to reach definitive conclusions, but to contribute to the debate on contemporary strategies for the formation of the architect and urban planner in the context of his or her professional practice, especially with regard to the EMAU Movement and its impact on the professional, political, social and citizen formation of its participants. Thus, in order to raise a critical debate about the formation of the architect and urban planner in the twenty-first century, we seek to question the product by understanding the process, recognizing in education, besides being a social practice, a political act.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2022-05-27
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2023. Todos los derechos reservados.