• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.102.2021.tde-23112021-154218
Documento
Autor
Nome completo
Tássia Borges de Vasconselos
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2021
Orientador
Banca examinadora
Sperling, David Moreno (Presidente)
Alves, Gilfranco Medeiros
Bruscato, Underléa Miotto
Fabricio, Márcio Minto
Paula, Frederico Braida Rodrigues de
Vizioli, Simone Helena Tanoue
Título em português
Os níveis de computabilidade no processo de projeto: um panorama de abordagens nos cursos de Arquitetura e Urbanismo no Brasil
Palavras-chave em português
Cursos de Arquitetura e Urbanismo
Mapeamento
Níveis de computabilidade
Práticas didáticas
Processo de Projeto
Resumo em português
A representação de um objeto idealizado, inerente ao processo de projeto em arquitetura, há décadas era compreendida majoritariamente como o resultado da interação de um arquiteto com o desenho em um papel, muitas vezes fazendo parte do processo projetual, o famoso croqui. Porém, com a emergência de uma arquitetura embebida por uma revolução digital surgiram novas possibilidades de representação utilizando-se dos meios digitais. Principalmente aquelas que possibilitam que leigos em linguagens de programação possam também acessar um nível de geração e controle da forma para muito além daquele estabelecido junto às tecnologias digitais tradicionais de representação. Diante de um cenário de utilização massiva do computador em processos de projeto, pretende-se apresentar e sistematizar três lógicas gerais do uso dos ambientes digitais no contexto de projeto na arquitetura contemporânea, retomando-se definições propostas por Mitchell (1975), por Rivka Oxman (2006), e utilizando a abordagem de Toni Kotnik (2010), sobre os níveis de computabilidade no processo de projeto. Esta compreensão de diferentes níveis de computabilidade explorados no processo de projeto desenvolvidos no ambiente digital: representacional, paramétrico e algorítmico, tem-se por propósito avançar na compreensão das consequências da apropriação dos conceitos e procedimentos associados à exploração da mídia ativa. Nesta direção, esta tese de doutorado busca compreender a macroestrutura dos cursos de graduação de Arquitetura e Urbanismo no Brasil, e refletir sobre como esse cenário formativo se posiciona frente as novas possibilidades por meio de uma revisão sistemática delimitadas no período de 2005 à 2017. Assim, realizando cruzamentos de maneira a trazer apontamentos de como as dinâmicas estruturais auxiliam ou dificultam na repercussão de práticas didáticas, que explorem as tecnologias de gráfica computacional no processo de projeto, à luz das experiências estudadas. Neste processo identificou-se um cenário de exceção, extremamente mobilizado por questões macroestruturais relativo ao contexto específico do Brasil, dentro de particularidades das instituições e suas desigualdades.
Título em inglês
Computability levels in the design process: an overview of approaches in Architecture and Urbanism courses in Brazil
Palavras-chave em inglês
Architecture and urbanism courses
Design process
Levels of computability
Mapping
teaching practices
Resumo em inglês
In architectural design process, for decades the representation of an idealized object was understood as the result of the interaction of a architect with the drawing on paper, the famous sketch. This step often was part of the design process. However, with the emergence of an architecture embedded by a digital revolution, new possibilities of representation using digital media emerged. This was especially applied for those that are non-professionals in programming languages to access a level of generation and control that goes far beyond that established with traditional digital representation technologies. Faced with a scenario of massive use of the computer in design processes, it is aimed to present and systematize three logics of the use of digital environments in the context of Architecture design, through the definitions proposed by Mitchel (1975) and Rivka Oxman (2006), and by the approach of Toni Kotnik (2010) about the levels of computability in the design process. The understanding of the levels of computability explored in the design process in the digital environment: representational, parametric and algorithmic, aims to explore the consequences of the appropriation of concepts and procedures associated with the exploration of active media. This PhD thesis aims to understand the macrostructure of the Architecture and Urbanism undergraduate courses in Brazil and reflect how this scenario is positioned in face of the new available features using a systematic review delimited from 2005 to 2017. From this process, an exception scenario was identified, extremely mobilized by macro-structural issues related to the specific context of Brazil, within the individualities of institutions and their differences.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2022-05-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.