• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.101.2020.tde-23072020-081804
Documento
Autor
Nome completo
Luciano Aparecido dos Santos Pimentel
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2020
Orientador
Banca examinadora
Carneiro, Cristiane de Andrade Lucena (Presidente)
Carvalho, Vinicius Mariano de
Oliveira, Amâncio Jorge Silva Nunes de
Viola, Eduardo Jose
Título em português
A influência das mudanças climáticas nas migrações forçadas: gatilhos, vulnerabilidade, arranjos normativos e institucionais
Palavras-chave em português
Migração forçada
Modelo gravitacional
Mudanças climáticas
Refugiados ambientais
Vulnerabilidade
Resumo em português
A migração ganhou crescente relevância política nas últimas décadas, principalmente em decorrência de conflitos e desastres naturais que têm gerado refugiados e deslocados internos ao redor do mundo. Através de modelos teóricos e econométricos, vários estudos buscam compreender os fatores que motivam cada um dos movimentos, considerando fatores de atração e repulsão. Ainda que os conflitos sejam importantes drivers para os deslocamentos, os desastres naturais têm sido reconhecidos como as principais causas de novos deslocamentos no mundo. Os deslocamentos são frequentemente relacionados a eventos que expõem a vulnerabilidade das pessoas e ameaçam sua sobrevivência. As mudanças climáticas podem ameaçar os meios de subsistência e alterar a exposição das pessoas aos riscos naturais, forçando ou reprimindo a migração. Para melhor compreender esta questão foi realizado um estudo com dados em painel em 185 países, entre 2011 e 2018, utilizando o modelo gravitacional. Além das variáveis frequentemente utilizadas na literatura sobre fluxos migratórios, este estudo faz uso de indicadores de vulnerabilidade. Os resultados sugerem que as mudanças climáticas afetam os refugiados e deslocados internos de maneira distinta, principalmente em função da renda, liberdades civis e direitos políticos, exposição à violência, vulnerabilidade e interação com outros drivers de migração.
Título em inglês
The influence of climate change on forced migration: drivers, vulnerability, normative and institutional arrangements
Palavras-chave em inglês
Climate change
Environmental refugees
Forced migration
Gravity model
Vulnerability
Resumo em inglês
Migration has reached increasing political relevance in the last decades, mainly due to conflicts and natural hazards that have generated refugees and internally displaced people around the world. Through theoretical and econometric models, several studies seek to understand the factors that motivate each of the movements, considering factors of attraction and repulsion (push and pull models). Although conflicts are important drivers for displacement, natural hazards have been recognized as the main causes of new displacements in the world. The displacements are often related to events that expose the vulnerability of people and threaten their survival. Climate changes can threaten livelihoods and change people's exposure to natural hazards, forcing or suppressing the migration. To better understand this issue, a panel data study was carried out in 185 countries between 2011 and 2018, using the gravitational model. In addition to the variables frequently used in the literature on migratory flows, this study makes use of vulnerability indicators. The results suggest that climate changes affect refugees and internally displaced persons differently, mainly due to income, civil liberties, and political rights, exposure to violence, vulnerability, and interaction with other migration drivers.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-09-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.