• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
https://doi.org/10.11606/D.100.2019.tde-10122019-000620
Documento
Autor
Nombre completo
Caroline Galvão Nery
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2019
Director
Tribunal
Panosso Netto, Alexandre (Presidente)
Brusadin, Leandro Benedini
Mello, Cynthia Menezes
Trigo, Luiz Gonzaga Godoi
Título en portugués
Análise da experiência do intercâmbio universitário no Programa Ciência Sem Fronteiras: os substratos de uma viagem (trans) formadora
Palabras clave en portugués
Experiência
Experiência Turística
Intercâmbio Universitário
Turismo
Viagem (trans) formadora
Resumen en portugués
O turismo se apresenta como fenômeno potencial para experiências significativas, visto que é na viagem que o sujeito está entregue e se entrega ao mundo das vivências por ele próprio escolhidas. Buscando entender o processo de interação e (trans) formação dos sujeitos no mundo vivido, adota-se como ponto de partida o conceito de experiência na perspectiva das abordagens filosóficas e da psicologia, e como objeto de estudo as vivências e substratos resultantes da viagem de intercâmbio. Sendo assim, este trabalho tem por objetivo geral analisar de que forma a viagem de intercâmbio é (trans) formadora para o estudante. Como objetivos específicos, busca-se a) Verificar se as expectativas para a viagem de intercâmbio condizem com as experiências vividas; b) Pontuar as principais experiências da viagem; c) Compreender de que forma elas impactaram na vida do intercambista; e d) Identificar em que contexto elas foram (trans) formadoras para o estudante. Para o seu desenvolvimento, adotou-se o método fenomenológico, numa abordagem qualitativa e explicativa, analisando as experiências de 15 participantes do Programa Ciência Sem Fronteiras. A técnica da coleta de dados utilizada foi entrevista, do qual os relatos foram interpretados a partir da análise de conteúdo. Em linhas gerais, os principais resultados alcançados apontam que as experiências decorrentes da viagem de intercâmbio em sua maioria superam as expectativas pré viagem, pois ao invés de estarem centradas em aspectos ligados aos estudos, o desenvolvimento e crescimento pessoal decorrente das experiências vividas é mais marcante e significativo. Sobre esses momentos marcantes, não foi possível categorizar quais foram as principais experiências, mas vale pontuar que certas vivências são consideradas mais importantes pelo aspecto desafiador, pelo ato de engrandecimento, pela ação de autodescobrir-se e de abrir-se a mudança. No que tange aos impactos, está fortemente relacionado ao ver-se, entender-se e colocar-se no mundo, justificando o aspecto formador encontrado que consistiu em tornar-se autônomo em suas escolhas e decisões a partir do espaço tempo da viagem; já o aspecto transformador está no exercício de ação e reflexão, conscientizando-se dos impactos e oportunidades obtidos a partir do intercâmbio; e, por fim, verificou-se que os substratos desta experiência estão fundamentalmente relacionados com o desenvolvimento pessoal do intercambista no que tange a obter autonomia sobre suas ações, estar disposto a aprender sobre o outro, autoconhecer-se e ter a responsabilidade de contribuir socialmente na sua realidade, o que reforça a relevância do Programa Ciência Sem Fronteiras na realidade brasileira e a potencialidade do intercâmbio em alterar e impactar o cotidiano dos seus participantes e do contexto social a sua volta
Título en inglés
Analysis of the experience of university exchange in the Ciência Sem Fronteiras Program: the substrates of a (trans) formative trip
Palabras clave en inglés
(Trans) Formative Trips
Exchange Tourism
Experience
Tourism
Travel Experience
Resumen en inglés
Tourism presents itself as a potential phenomenon for meaningful experiences, since it is during the trip that the subject is delivered and surrendered to the world of his own chosen experiences. Seeking to understand the process of subjects interaction and (trans) formation in the lived world, the concept of experience from the perspective of psychology and philosophical approaches is adopted as a starting point, and the experiences and substrates resulting from the travel of exchange as object of study. Thus, this paper aims to analyze how the exchange trip is (trans) formative for the student. As specific objectives, we seek to a) Verify if the expectations for the exchange trip match the lived experiences; b) To point out the main experiences of the trip; c) Understand how they affected the exchange student's life; and d) Identify in what context they were (trans) formative for the student. For its development, the phenomenological method was adopted, in a qualitative and explanatory approach, analyzing the experiences of 15 participants of the Ciência Sem Fronteiras Program. The data collection technique used was interview, from which the reports were interpreted from the content analysis. In general, the main results achieved indicate that the experiences arising from the exchange trip mostly exceed pre-trip expectations, because instead of being focused on aspects related to studies, the personal development and growth resulting from the lived experiences is more remarkable and significant. About these remarkable moments, it was not possible to categorize which were the main experiences, but it is worth pointing out that certain experiences are considered more important by the challenging aspect, the act of magnification, the action of self-discovery and openness to change. Regarding impacts, it is strongly related to seeing, understanding and placing oneself in the world, justifying the founding aspect of becoming autonomous in their choices and decisions based on the exchange period; The transformative aspect is in the exercise of action and reflection, becoming aware of the impacts and opportunities obtained from the exchange; and finally, it was found that the substrates of this experience are fundamentally related to the personal development of the exchange student in terms of obtaining autonomy over their actions, being willing to learn about the other, self-knowing and having the responsibility to contribute socially in their reality, which reinforces the relevance of the Ciência Sem Fronteiras Program in the Brazilian reality and the potential of the exchange trip to change and impact the daily lives of its participants and the social context around them
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2019-12-17
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2022. Todos los derechos reservados.