• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.100.2019.tde-10122018-203224
Documento
Autor
Nome completo
Luiz Felipe Mendes de Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Trigo, Luiz Gonzaga Godoi (Presidente)
Lima, Lívia Morais Garcia
Magalhães, Valéria Barbosa de
Rodrigues, Juliana Pedreschi
Título em português
Puxada do Mastro de São Sebastião em Olivença (Ilhéus-BA): perspectivas de educação não formal no âmbito do patrimônio e do turismo
Palavras-chave em português
Educação não formal
Ilhéus-BA
Patrimônio
São Sebastião
Turismo
Resumo em português
A presente pesquisa insere-se na interface entre patrimônio e turismo, especificamente na investigação da celebração da Puxada do Mastro de São Sebastião em Olivença (Ilhéus-BA). O estudo apresenta e discute os resultados da vivência em campo, enfatizando os processos sociais correspondentes à construção de pertença sobre o patrimônio imaterial e a apropriação simbólica a partir dos usos sociais pela comunidade. Guiado pelo objetivo central de discussão sobre a incorporação de propostas educativas no âmbito patrimonial e turístico em Olivença a partir da Puxada do Mastro de São Sebastião, o estudo enfatiza as possibilidades identificadas da educação não formal expressas por ambos os fenômenos. Toma-se essa propositiva de educação como forma de mediação dos interesses e anseios da comunidade local com relação ao desenvolvimento socioeconômico e salvaguarda dos saberes e ritos iminentes à festa. Por meio de uma pesquisa de caráter etnográfico, tem-se a narrativa e a memória como elementos centrais na construção e coleta dos depoimentos. A metodologia da vivência etnográfica e dos instrumentos de coleta, como as entrevistas, caderno de campo e fotografias, contribuiu para a construção do corpus desta pesquisa, configurando um espaço de vivência partilhada entre o pesquisador e os pesquisados. A investigação da manifestação cultural permite identificar que as relações e construções simbólicas sobre a celebração a constituem tradição para além de uma questão temporal, mas numa ideia de prática de sentido e significado nos domínios da vida coletiva. A devoção ao santo e a celebração festiva são seculares em Olivença, formada por um sistema cultural dinâmico, composto por uma confluência de práticas da cultura popular de matrizes culturais ibéricas e indígenas. Os resultados da pesquisa também evidenciam como a educação ganha centralidade nas políticas sociais como espaço para a conquista de direitos e transmissão de saberes. Evidencia-se, na educação não formal, uma possibilidade de exercício e prática da construção cidadã para a salvaguarda e apropriação turística do patrimônio
Título em inglês
Celebration of St. Sebastian in Olivença (Ilhéus-BA): incorporation of education proposals in the heritage and tourism context
Palavras-chave em inglês
Heritage
Ilhéus-BA
Non-formal education
San Sebastian
Tourism
Resumo em inglês
This research addresses the relation between heritage and tourism, especially regarding the celebration of St. Sebastian pole being carried through Olivença (Ilhéus-BA). This study presents and discusses results of fieldwork, focusing on social processes related to the construction of belonging to intangible heritage and symbolic appropriation by community's social uses. Guided by the aim of discussing the incorporation of education proposals in the heritage and tourism context in Olivença, this study shows how non-formal education is expressed by both aforementioned phenomena during the celebration of St. Sebastian. It is taken the statement that education mediates interests and wishes of the local community in regard to socioeconomic development and safeguarding of local know-how and rites related to the event. In exploring narrative and memory as central elements in the construction and collection of discourses (research data), ethnographic research was employed. The ethnographic experience and data collection tools, such as interviews, fieldwork notepad and photography, contributed to the research corpus, creating a space shared by the researcher and the group under analysis. The investigation of cultural manifestation allows us to notice that relations and symbolic constructions on the celebration constitute it not only as a temporal tradition, but also as an idea of sense and meaning in collective life domains. The devotion to St. Sebastian and its celebration are secular in Olivença, formed by a dynamic cultural system and its confluence of Iberian and indigenous cultural origins. This research also highlights how education becomes centrally noticed by social policies as a space for acquiring rights and transmitting local know-how. Thus, it is evidenced, through non-formal education, a possibility of exercise and practice of citizen construction for safeguarding the heritage as well as its tourist appropriation
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-02-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.