• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.100.2019.tde-15122019-204915
Documento
Autor
Nome completo
Martin Darío Villanueva Alonso
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Ré, Alessandro Hervaldo Nicolai (Presidente)
Cattuzzo, Maria Teresa
Monteiro, Carlos Bandeira de Mello
Safons, Marisete Peralta
Título em português
Relações entre o tempo na tarefa de levantar-se de uma posição supina e características antropométricas em crianças e adolescentes
Palavras-chave em português
Adolescência
Competência Motora
Desenvolvimento
Índice de Massa Corporal
Infância
Resumo em português
O desempenho na tarefa de levantar-se do chão a partir de uma posição deitada em supinação (LS) pode ser considerado um importante marco no desenvolvimento motor, porém o conhecimento da relação entre o desempenho desta tarefa e as características antropométricas é limitada. O objetivo deste trabalho foi: a) verificar as relações entre o desempenho na tarefa de LS e as características antropométricas e b) examinar diferenças entre os sexos e faixas etárias durante a infância e a adolescência. Utilizando um delineamento transversal, participaram da pesquisa 397 jovens (45% meninas) espanhóis e brasileiros entre 3 e 17 anos (M= 9,13; DP= 3,79). Foram quantificados o tempo na tarefa LS, o Índice de Massa Corporal (IMC), a Relação Cintura/Quadril (RCQ), Relação Cintura/Estatura (RCE) e a idade cronológica. Em relação ao primeiro objetivo, os resultados da análise de Pearson demonstraram que a idade cronológica foi a variável com maior correlação com o desempenho na tarefa de LS na primeira infância; houve correlações estatisticamente significantes somente entre os meninos (r = -0,41; p < .05). A partir dos 5 anos de idade, o IMC apresentou os maiores valores de correlação com a tarefa de LS; sendo que dos 7 aos 9 anos de idade, correlações negativas foram encontradas entre as variáveis antropométricas mensuradas (IMC, RCQ e RCE) e a tarefa de LS em meninas (r= -0,28 a -0,47; p > .05). Na adolescência, a RCQ foi a variável com maior valor de correlação com o LS nos meninos (r= 0,21; p < .05), enquanto que a RCE foi a variável que apresentou valores mais elevados nas meninas (r = 0,20; p < .01). Finalmente, as análises de regressão múltiplas corroboraram que enquanto a idade diminuiu o tempo de LS na segunda infância, esta aumentou o tempo em meninas adolescentes. Em relação ao segundo objetivo, os resultados do ANOVA de dois fatores evidenciaram uma diminuição significante do tempo no desempenho do tempo de LS em todas as faixas etárias; entretanto, não foram encontradas diferenças significantes por sexo no tempo de LS durante a infância e adolescência. Concluiu-se que, a partir do começo da puberdade, as associações das características antropométricas com a tarefa de LS aumentam. Os valores negativos de correlação entre LS e o IMC na adolescência sugerem a necessidade de estudos adicionais que controlem o efeito da maturação biológica e sua interferência nas associações entre essas variáveis
Título em inglês
Relations between supine-to-stand position and anthropometric characteristics in children and adolescents
Palavras-chave em inglês
Adolescence
Body Mass Index
Childhood
Development
Motor Competence
Resumo em inglês
The Supine-To-Stand (STS) task may be considered an important milestone in child development, but relationships between task performance and anthropometric characteristics is limited. The aim of the present study was: a) verify the relationships between performance in STS task and anthropometric characteristics in children and adolescents, and b) compare the results between sex and age groups. Using a cross-sectional design, composed by 397 young children (45% girls) from Spain and Brazil from 3 to 17 years of age. It was quantified the performance in the STS and the anthropometric characteristics measured were age, Body Mass Index (BMI), Waist-to-Hip Ratio (WCHt) and Waist-to-Hip Ratio (WHR). In relation to the first aim, The Pearson correlation results showed that chronological age had The highest interactions with STS task; finding statistical significant correlations in early childhood (r = -0,41; p < .05) in boys. From 5 years of age, BMI presents the highest correlation values with STS time task; being from 7 to 9 years of age negative correlations identified in girls among anthropometric variables (r= -0,28 a -0,47; p > .05). In adolescence, the WRH verify the highest correlations in boys (r= 0,21; p < .05), while the WCHt was the variable with the highest interactions in females (r = 0.20, p < .01). Finally, multiregression analysis corroborated that while age has significantly contributed to decrease the STS time task on second infancy, the age increased the STS task in female adolescence. In relation with the second aim, two-way ANOVA results have evidenced a significant decrease of STS time in all age groups; however, there werent found statistical significance in the performance on STS by sex during childhood and adolescence. In conclusion, associations between anthropometric characteristics and STS time task increased; however, negative association was found on BMI indicating an accumulative body weight that might affect to STS time task
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-12-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.