• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Bruno Vecchiatto
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Evangelista, Fabiana de Sant'Anna (Presidente)
Chambergo Alcalde, Felipe Santiago
Corrêa, Lígia de Moraes Antunes
Oliveira, Edilamar Menezes de
Título em português
Papel da alça ECA2/Ang 1-7/Mas no músculo esquelético para a prevenção de distúrbios metabólicos por meio do treinamento físico aeróbio
Palavras-chave em português
Angiotensina 1-7
Dieta de cafeteria
Músculo esquelético
Treinamento físico aeróbio (TFA)
Resumo em português
A alça do sistema renina angiotensina (SRA) composto pela enzima conversora de angiotensina 2 (ECA2), angiotensina 1-7 (Ang 1-7) e o receptor Mas (ECA2/Ang 1- 7/Mas) está associada com a redução da adiposidade, aumento da sensibilidade à insulina e da captação de glicose. Nesse estudo, investigamos a associação da alça ECA2/Ang 1-7/Mas no músculo esquelético com a prevenção de distúrbios metabólicos por meio do treinamento físico aeróbio (TFA). Camundongos C57BL6/J foram separados em grupos sedentário e dieta normocalórica (SED-NO, n=10); treinado e dieta normocalórica (TF-NO, n=9); sedentário e dieta de cafeteria (SED- CAF, n=9); e treinado e dieta de cafeteria (TF-CAF, n=10). O TFA consistiu em 60 min de corrida a 60% da velocidade máxima, 5x/semana por 8 semanas. Os grupos treinados apresentaram menor massa corporal apos o TFA. No teste de esforço máximo, o grupo TF-NO aumentou significativamente o VO2max, e ambos os grupos treinados apresentaram maior velocidade e tempo, maior intensidade na qual o VO2max foi atingido e menor custo relativo de corrida. No músculo sóleo, os grupos treinados aumentaram a atividade das enzimas citrato sintase e β-HAD, o grupo TF-CAF apresentou mitocôndrias na região subsarcolemal com danos mais severos comparado ao TF-NO, e o SED-CAF reduziu mitocôndrias intermiofibrilares com danos moderados comparado ao SED-NO. Não houve diferença na expressão dos genes Tfam, NRF-1 e COX II, de proteínas de dinâmica mitocondrial e na alça ECA2/Ang 1-7/Mas nos músculos sóleo e gastrocnêmio. Em conclusão, o TFA preveniu o aumento da massa corporal induzido pela dieta de cafeteria, melhorou a capacidade aeróbia e promoveu aumento na atividade de enzimas oxidativas no músculo sóleo. Entretanto, as adaptações induzidas pelo TFA não foram associadas com a modulação da alça ECA2/Ang 1-7/Mas no músculo esquelético.
Título em inglês
The role of ACE2/Ang 1-7/Mas axis on skeletal muscle on the prevention of metabolic diseases by aerobic exercise training
Palavras-chave em inglês
Aerobic exercise training (AET)
Angiotensin 1-7
Cafeteria diet
Skeletal muscle
Resumo em inglês
The renin angiotensin axis is composed by the angiotensin converting enzyme 2 (ACE2), angiotensin 1-7 (Ang1-7) and receptor Mas (ACE2/Ang1-7/Mas) is associated with lowering adiposity, higher insulin sensitivity and glucose uptake. In this study we investigated the association of ACE2/Ang1-7/Mas axis on skeletal muscle for the prevention of metabolic disturbance by the aerobic endurance training (AET). Mice C57BL6/J were separated in sedentary group and chow diet (C, n=10); trained and chow diet (T, n=9); sedentary and cafeteria diet (CAF, n=9) and the trained group with cafeteria diet (CAFT, n=10). The AET consisted of 60 minutes of running at 60% of the maximal velocity, 5x/wk for eight weeks. The trained groups had lower body mass after AET. On maximal effort test, T group increased significantly the VO2max, and both trained groups presented higher velocity and time, higher velocity when VO2max was achieved and lower relative running cost. On soleus muscle, trained groups increased the enzymatic activity of citrate synthase and β-HAD. CAFT group presented the mitochondria on the subsarcolemmal area with more severe damages when compared to T group, and the CAF group presented lower moderate damage in intermyofibrillar area when compared to C group. There were no differences on Tfam, NRF-1 and COXII gene expression, on mitochondrial dynamics protein expression and on the ACE2/Ang1-7/Mas axis on soleus and gastrocnemius muscles. In conclusion, the AET prevented the increase in body mass induced by cafeteria diet, improved the aerobic capacity and promoted the increase in oxidative enzymes activity on soleus muscle. However, the adaptations induced by AET were not associated with ACE2/Ang1-7/Mas modulation on skeletal muscle
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
BRUNO_VECCHIATTO.pdf (3.72 Mbytes)
Data de Publicação
2019-10-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.