• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
https://doi.org/10.11606/D.100.2021.tde-30112021-214916
Documento
Autor
Nombre completo
Jackson Cruz Magalhães
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2021
Director
Tribunal
Gonçalves-Dias, Sylmara Lopes Francelino (Presidente)
Christopoulos, Tania Pereira
Schueler, Adriana Soares de
Ziglio, Luciana Aparecida Iotti
Título en portugués
Comunidades em situação de vulnerabilidade socioambiental: um estudo das práticas de gestão de resíduos sólidos
Palabras clave en portugués
Comunidades
Periferia
Resíduos sólidos urbanos
Teoria das práticas
Urbanização
Resumen en portugués
O acelerado processo de urbanização, associado à ocupação de forma desigual dos espaços das cidades traz à tona algumas problemáticas. A explosão dos padrões de consumo da sociedade e a geração de resíduos configura uma dessas problemáticas, que atingem o meio ambiente e a vida humana de diferentes formas. No município de São Paulo, cidade responsável por uma parcela significativa dos resíduos gerados em todo o país - assim como em outros grandes centros urbanos - uma gestão adequada e que considere a existência e as demandas de todos os estratos sociais ainda está distante de ser implementada. Deste modo, periferias, favelas, loteamentos e assentamentos urbanos, localizados, na maioria das vezes, em espaços que não dispõem de infraestrutura básica para o estabelecimento de populações, acabam sofrendo, em maior grau, o impacto da geração e má gestão dos resíduos, o que compromete, também, a qualidade de vida dessas pessoas e o meio ambiente. O objetivo deste estudo é compreender as práticas de uma comunidade em situação de vulnerabilidade socioambiental no contexto da gestão dos resíduos sólidos urbanos local, através da lente teórica da Teoria das Práticas. Utilizou-se a técnica de mapeamento causal, associada à Teoria das Práticas. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas com os moradores, a fim de compreender as variáveis, assim como as causas e consequências dos resíduos gerados na comunidade e do tratamento a eles destinados. Percebeu-se que a questão da má gestão dos resíduos na comunidade associa-se a outros fatores, como a falta de planejamento urbano voltado às periferias e favelas, o descaso do setor público em relação a esses espaços e ausência de processos participativos que considerem a perspectiva dos moradores em relação aos problemas que emergem na comunidade. Além disso, notou-se, também, que a população possui, em muitos momentos, um discurso de culpa em relação às próprias ações. É necessário, portanto, que periferias e favelas sejam parte das agendas de desenvolvimento local, desde a regularização destes espaços até a oferta de equipamentos e serviços públicos que, consequentemente, geram impactos positivos ao aperfeiçoamento da gestão de resíduos local
Título en inglés
Communities in social and environmental vulnerability: a study of solid waste management practices
Palabras clave en inglés
Periphery
Theory of practice
Urban solid waste
Urbanization
Resumen en inglés
The accelerated urbanization process, associated with the unequal occupation of spaces in cities, brings up some issues. The explosion in society's consumption patterns and the generation of waste is one of these problems, which affect the environment and human life in different ways. In the city of São Paulo, the city responsible for a significant portion of the waste generated throughout the country - as well as in other large urban centers - adequate management that takes into account the existence and demands of all social strata is still far from being implemented. In this way, suburbs, slums, subdivisions and urban settlements, located, in most cases, in spaces that do not have basic infrastructure for the establishment of populations, end up suffering, to a greater degree, from the impact of waste generation and mismanagement, which also compromises the quality of life of these people and the environment. The objective of this study is to understand the practices of a community in a situation of socioenvironmental vulnerability, located in the eastern zone of the city of São Paulo, in the context of local urban solid waste management. The causal mapping technique was used, associated with the Theory of Practice. Semi-structured interviews were conducted with residents in order to understand the variables, as well as the causes and consequences of the waste generated in the community and the treatment intended for them. It was noticed that the issue of poor waste management in the community is associated with other factors, such as the lack of urban planning aimed at the peripheries and slums, the neglect of the public sector in relation to these spaces and the absence of participatory processes that consider the perspective of the residents in relation to the problems that emerge in the community. In addition, it was also noted that the population has, at many times, a discourse of guilt in relation to their own actions. It is therefore necessary that suburbs and slums are part of the local development agendas, from the regularization of these spaces to the provision of public facilities and services that, consequently, generate positive impacts for the improvement of local waste management
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2022-02-04
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2022. Todos los derechos reservados.