• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
https://doi.org/10.11606/D.100.2020.tde-07022021-194226
Documento
Autor
Nombre completo
Anna Laura Canuto Rocha de Andrade
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2020
Director
Tribunal
Cavicchioli, Andrea (Presidente)
Paula, Teresa Cristina Toledo de
Reboita, Michelle Simões
Ueno, Helene Mariko
Título en portugués
Sustentabilidade em museus: análise de microclimas em espaços de conservação em instituições de São Paulo
Palabras clave en portugués
Bens culturais
Conservação preventiva
Microclima
Museus
Sustentabilidade
Resumen en portugués
A pesquisa resgata os principais caminhos de aproximação do universo da conservação de bens culturais às tendências da sustentabilidade e, em particular, discute o papel do diagnóstico microclimático de espaços interiores destinados à função museológica na definição das estratégias de conservação preventiva embasada nos princípios de tal movimento. Essa análise se articula com estudos de caso nos quais se avaliam os comportamentos dinâmicos de parâmetros físico-ambientais (temperatura e umidade) coletados durante o período de um ano em espaços internos de uma reserva técnica do Museu Paulista da Universidade de São Paulo (cidade de São Paulo), de uma sala de exposição do Museu Casa da Xilogravura (cidade de Campos do Jordão) e de uma das salas de armazenamento do Arquivo Geral da Universidade de São Paulo (cidade de São Paulo), confrontados com as variações climáticas externas. Em particular, no caso da reserva técnica do Museu Paulista, foi investigado também como se comportam espaços mais segregados (caixa de armazenamento e interior do mobiliário usados para a guarda das coleções) visando entender como o seu emprego constitui uma medida mitigatória para minimizar efeitos prejudiciais associados com os fatores microclimáticos. Os resultados e suas interpretações permitem corroborar a importância do diagnóstico dos espaços de conservação como ferramenta de planejamento de ações preventivas alternativas às tradicionais abordagens de controle ambiental mecanizado e automatizado, vislumbrando estratégias passivas que valorizem potencialidades existentes, minimizando vulnerabilidades individuadas e contribuindo concretamente para a articulação com um mundo sustentável
Título en inglés
Sustainability in museums: analysis of microclimate in conservation spaces in São Paulo
Palabras clave en inglés
Cultural heritage
Microclimate
Museums
Preventive conservation
Sustainability
Resumen en inglés
The research retrieves and presents the main ways of bridging the universe of cultural heritage conservation with the trends of sustainability and, in particular, discusses the role of microclimate diagnostics of areas used for museological functions in the definition of preventive conservation strategies based on the principles of such movement. This analysis is articulated with case studies in which the dynamic behaviour of physical-environmental parameters (temperature and humidity) collected during a one-year time interval in internal areas of three locations : one museum storage area at Museu Paulista of the University of São Paulo (in São Paulo), an exhibition room at Museu Casa da Xilogravura (in Campos do Jordão) and one of the storage areas of the General Archive of the University of São Paulo (in São Paulo), in the light of external climatic variations. In particular, in the case of the area at Museu Paulista, secluded spaces used to store collections were also investigated in order to understand how their use constitutes a mitigating measure to minimize harmful effects associated with microclimate factors. The results and their interpretation allow corroborating the importance of diagnostics of conservation areas as a planning tool for preventive actions alternative to traditional approaches based on mechanized and automated environmental control. Moreover, they enable envisioning passive strategies that value existing potentials, minimize individual vulnerabilities and concretely contribute to the articulation with a sustainable world
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2021-07-15
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.