• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Emerson Silva Meneses
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Vicentini, Claudia Regina Garcia (Presidente)
Cruz, Elizabete Franco
Pires, Beatriz Helena Fonseca Ferreira
Trindade, José Ronaldo
Título em português
Quem é esse rapaz que tanto androginiza? Transgressões vestimentares nas homossexualidades não-hegemônicas
Palavras-chave em português
Gênero
Homossexualidade masculina
Masculinidade
Moda
Orientação sexual
Resumo em português
O trabalho investiga as formas contemporâneas de disrupção da homossexualidade hegemônica no Brasil praticadas por gays efeminados, e em específico o papel das escolhas vestimentares como instrumento político de performance de homossexualidades contra-hegemônicas. A pesquisa se inicia por uma revisão de literatura por meio da qual procuramos colocar em perspectiva os vínculos entre moda e homossexualidade masculina ao longo da história do Brasil, evidenciando os diferentes sentidos historicamente atribuídos ao uso da moda como expressão de homossexualidades. Em seguida, procedemos a entrevistas pessoais em profundidade com cinco homens gays efeminados residentes na cidade de São Paulo, que não se encaixam no padrão heteronormativo hegemônico, com foco em seus usos vestimentares. Por meio da análise percebemos seu questionamento em relação às tentativas sociais de universalização, ou padronização, da performance de homossexualidade masculina. O estudo contribui para um melhor entendimento dos homossexuais masculinos contemporâneos que se opõem às coerções de uma masculinidade hegemônica
Título em inglês
Who is that boy that androgynizes that much? Dress transgressions in non-hegemonic homosexualities
Palavras-chave em inglês
Fashion
Gender
Male homossexuality
Masculinity
Sexual orientation
Resumo em inglês
This research investigates the contemporary forms of disruption of hegemonic homosexuality practiced in Brazil by effeminate homosexuals, and particularly the role of dress as a political instrument of performance of counter-hegemonic homosexualities. The research begins with a literature review through which we try to put into perspective the links between fashion and male homosexuality throughout Brazilian history, emphasizing the different meanings that have been historically attributed to fashion as a homosexuality sign. Next, we conducted in-depth personal interviews with five effeminate gay men living in the city of São Paulo who do not fit into the hegemonic, heteronormative pattern, focusing on their dress uses. Through the analysis of the interviews we assess their questioning of social attempts of standardization of male homossexual performances. The study contributes to a better understanding of contemporary gay individuals who react to the coercions of a hegemonic masculinity
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-08-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.