• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.100.2019.tde-13122019-195850
Documento
Autor
Nome completo
Vitor Hirata Sanches
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Adams, Cristina (Presidente)
Coutinho, Renato Mendes
Emperaire, Laure
Neves, Eduardo Goes
Título em português
Modelagem Baseada em Agentes para o estudo da Agrobiodiversidade em Sistemas Agrícolas Tradicionais
Palavras-chave em português
Agrobiodiversidade
Análise de Redes Sociais
Modelagem Baseada em Agentes
Sistemas Agrícolas Tradicionais
Resumo em português
A agrobiodiversidade é uma das bases dos sistemas agrícolas tradicionais, tendo grande importância ambiental e cultural, além de ser essencial para a segurança e soberania alimentar de populações tradicionais e indígenas. Contudo, desde a segunda metade do século XX a agrobiodiversidade vem declinando globalmente, trazendo riscos para estes povos. Tendo em vista este contexto, foi elaborado um modelo baseado em agentes para estudar a agrobiodiversidade em sistemas agrícolas tradicionais. O propósito do trabalho foi estudar o papel das dinâmicas biológica, social e de seleção de sementes na manutenção e circulação da agrobiodiversidade em uma comunidade rural. O modelo se baseou em artigos de revisão sobre agrobiodiversidade e em uma revisão bibliográfica de estudos de caso envolvendo dados quantitativos e qualitativos sobre a diversidade agrícola de mandioca (Manihot esculenta Crantz), batata (Solanum tuberosum) e milho (Zea mays). No modelo, a dinâmica biológica é representada pela heterogeneidade do ambiente, pela proporção de cultivos que vingam a cada ciclo de colheita e pela quantidade de surgimento de novas variedades. A dinâmica social inclui a rede de troca de sementes, a principal forma pela qual os agricultores adquirem novas variedades. A dinâmica de seleção de sementes engloba quais critérios são utilizados para a seleção e o quão restritivo os agricultores são na seleção. Variando estes parâmetros se analisou o papel dessas três dinâmicas em influenciar positivamente ou negativamente a agrobiodiversidade. O modelo foi capaz de gerar resultados compatíveis com os índices de diversidade da revisão bibliográfica. Além disso, fatores como a importância de variedades raras, a forma como a diversidade se distribui na comunidade rural e fatos estilizados sobre o que pode favorecer a agrobiodiversidade também foram obtidos no modelo
Título em inglês
Agent-Based Modeling for the study of Agrobiodiversity in Traditional Agroecosystems
Palavras-chave em inglês
Agent-based Modeling
Agrobiodiversity
Social Network Analysis
Tradiciontal Agroecosystem
Resumo em inglês
Agrobiodiversity is one of the basis of traditional agroecosystems, having great environmental and cultural importance, and is essential for the food security and sovereignty of traditional and indigenous people. However, since the second half of the twentieth century agrobiodiversity has been declining globally, bringing risks to these peoples. In this context, an agent-based model was developed to study agrobiodiversity in traditional agricultural systems. The purpose of this work was to study the role of biological, social and seed selection dynamics in the maintenance and circulation of agrobiodiversity in a rural community. The model was based on review articles on agrobiodiversity and a literature review of case studies involving quantitative and qualitative data on the agricultural diversity of cassava (Manihot esculenta Crantz), potato (Solanum tuberosum) and maiz (Zea mays). In the model, the biological dynamics are represented by the heterogeneity of the environment, the proportion of crops that thrive at each harvest cycle and the amount of arising of new varieties. Social dynamics include the seed exchange network, the main way farmers acquire new varieties. Seed selection dynamics encompass which criteria are used for selection and how restrictive farmers are in selection. By varying these parameters we analyzed the role of these three dynamics in positively or negatively influencing agrobiodiversity. The model was able to generate results compatible with the diversity indices of the literature review. In addition, factors such as the importance of rare varieties, the way diversity is distributed in the rural community, and stylized facts about what might favor agrobiodiversity were also obtained in the model
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-12-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.