• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.10.2016.tde-24072015-112357
Documento
Autor
Nombre completo
Amadeu Batista da Silva Neto
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2014
Director
Tribunal
Fantoni, Denise Tabacchi (Presidente)
Ambrósio, Aline Magalhães
Otsuki, Denise Aya
Título en portugués
Avaliação do uso da vasopressina para o tratamento de hipotensão de cães em sepse sobre a função microcirculatória sublingual através de imagem ortogonal polarizada
Palabras clave en portugués
Hipoperfusão
Microcirculação
OPS
Sepse grave
Vasopressina
Resumen en portugués
No paciente séptico, utiliza-se como tratamento inicial a reposição volêmica com o objetivo de restabelecer a pressão arterial e consequentemente a perfusão tecidual. Os pacientes não responsivos a expansão volêmica usualmente são tratados com medicações vasoativas. O emprego desses fármacos tais como noradrenalina, nessa situação, torna-se imprescindível, porém a hiporresponsividade do sistema adrenérgico é um obstáculo rotineiro em pacientes sépticos. A vasopressina aparece como uma alternativa, tanto como fármaco de primeira escolha como resgate quando o tratamento com vasoativos adrenérgicos falha. A avaliação da microcirculação é imprescindível visto a sua importância na patogênese da sepse, e no acompanhamento das diferentes terapias. Assim sendo, o presente projeto tem por objetivo avaliar o uso da vasopressina e da noradrenalina no tratamento da hipotensão de cães em sepse decorrente de piometra por meio imagem espectral obtida através da polarização ortogonal (OPS) e sobre variáveis hemodinâmicas, bem como sobre parâmetros de oxigenação e ventilação. Foram utilizados 13 cães em sepse grave apresentando no mínimo duas variáveis da resposta inflamatória sistêmica e no mínimo uma variável de disfunção orgânica na avaliação inicial. Em todos os animais foi realizada ressuscitação volêmica inicial com 15ml/kg em 15 minutos de solução de Ringer com lactato. Caso durante a anestesia a pressão arterial média não assumir valores superiores a 65 mmHg e a pressão venosa central não variasse 2mmHg ou apresentasse valores superiores a 8 mmHg, os animais foram distribuídos em dois grupos. O Grupo VASO recebeu inicialmente 0,0002UI/kg/min de vasopressina e o Grupo NORA 0,05 mcg/kg/min noradrenalina, podendo ter o incremento de 0,0002U/kg/min e 0,02 mcg/kg/min da dose inicial, respectivamente, com o objetivo até se atingir a PAM acima de 65mmHg. Foram confrontados os parâmetros de valores de densidade e fluxo encontrados com o OPS nos dois grupos, bem como dados hemodinâmicos e de ventilação. As imagens coletadas utilizando o OPS foram processadas e analisadas por software especifico. Nao houve diferenca estatistica entre os grupos estudados nos parametros, hemodinamicos, ventilatorios, de oxigenacao e da microcirculacao encontrados com o OPS. A frequência cardíaca foi menor no grupo VASO no momento TG quando comparada ao grupo NORA. Os parametros de densidade e fluxo capilar não diferiram do basal em nenhum dos grupos. Deste modo, conclui-se que tanto a vasopressina quanto a noradrenalina quando empregadas para o tratamento de hipotensao decorrente da sepse grave/choque septico, nao prejudicam a microcirculacao
Título en inglés
Evaluation of the use of vasopressin in the treatment of hypotension of dogs with sepsis on the microcirculatory sublingual function by orthogonal polarization image
Palabras clave en inglés
Hypoperfusion
Microcirculation
OPS
Severe sepsis
Vasopressin
Resumen en inglés
In septic patients, volume replacement is used as initial treatment in order to restore blood pressure and consequently the tissue perfusion. Nonresponders patients to the increase in preload are usually treated with vasoactive medications. Those agents such as norepinephrine, in this situation, it is essential, but the hyporesponsiveness of the adrenergic system is a common obstacle in septic patients. Vasopressin is an alternative, both like the drug of choice as rescue when treatment of adrenergic hyporesponsiveness. The evaluation of microcirculation is essential for its importance in the pathogenesis of sepsis, and to guide the different therapies. The aim of this project is to evaluate the use of vasopressin and norepinephrine in the treatment of hypotension in sepsis in dogs due to pyometra through spectral image obtained by orthogonal polarization (OPS) and on hemodynamic variables, as well as oxygenation and ventilation parameters. Thirteen dogs in severe sepsis were used, presenting at least two variables of systemic inflammatory response and at least one organ dysfunction variable at baseline. In all animals was performed initial volume resuscitation with 15ml / kg in 15 minutes of Ringer's lactate solution. If during anesthesia mean arterial pressure not assume values greater than 65 mmHg and central venous pressure did not vary 2 mmHg or present values greater than 8 mmHg, the animals were divided into two groups. The Group VASO received 0,0002UI / kg / min of vasopressin and Group NORA 0.1 mcg / kg / min of noradrenaline, may have increment 0,0002U / kg / min and 0. 1mcg / kg / min initial dose, respectively, in order to achieve MAP above of 65 mmHg. The density values of parameters were compared and found flow with OPS in both groups, and hemodynamic data and ventilation. The images collected using OPS were processed and analyzed by specific software. There was no statistical difference between the groups studied in the parameters, hemodynamic, ventilation, oxygenation and microcirculation found with OPS. The heart rate was lower in group VASO in TG moment compared to NORA group. The density and capillary flow parameters from baseline were similar in all groups. Thus, it is concluded that both noradrenaline and vasopressin when used to treat hypertension caused by severe / sepsis, septic shock, do not impair the microcirculation
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2016-04-13
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.