• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.10.2009.tde-19012010-114226
Documento
Autor
Nome completo
Andreza Conti Patara
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Cortopassi, Silvia Renata Gaido (Presidente)
Azevedo, Luciano César Pontes de
Domingos, Luciana de Oliveira
Matera, Julia Maria
Schwartz, Denise Saretta
Título em português
Evolução dos valores de saturação venosa central de oxigênio, lactato e déficit de base em cães com sepse grave e choque séptico submetidos à ressuscitação volêmica precoce
Palavras-chave em português
Cães
Déficit de base
Lactato
Saturação venosa central de oxigênio
Sepse grave
Resumo em português
A sepse é uma síndrome clínica que promove alterações características na microcirculação, dificultando a avaliação da perfusão tecidual. No homem, estudos demonstram a importância de estabelecer a terapia baseando-se nas avaliações clínicas rotineiras, bem como nas variáveis de oxigenação e de perfusão tecidual como saturação venosa central de oxigênio, o lactato e a diferença de base. Assim, o objetivo deste estudo foi avaliar a evolução desses parâmetros durante as seis primeiras horas de reposição volêmica, buscando identificar o valor destas variáveis como marcadores de prognóstico. Foram incluídas 30 cadelas com sepse grave e choque séptico submetidas à reposição volêmica com 40 ml/kg/hora de solução cristalóide durante as seis primeiras horas de tratamento intensivo. Durante este período, a pressão arterial sistólica, o débito urinário, a pressão venosa central, o lactato, o déficit de base e a saturação venosa central de oxigênio foram monitorados a cada 90 minutos. A prevalência de algumas características clínicas dos animais, analisando a relação destas características com o desfecho (alta ou óbito) foi realizada através do teste de qui-quadrado ou teste exato de Fisher. A saturação venosa central de oxigênio, o déficit de base e o lactato foram comparados entre os sobreviventes e não- sobreviventes utilizando análise de variância com dois fatores. Foi considerada estatística significativa com p< 0,05. A taxa de mortalidade foi de 36,7%. Os sobreviventes apresentaram valores de saturação venosa central acima de 70% quando comparados aos não sobreviventes (p<0,001). Níveis séricos de lactato mais elevados também foram observados no grupo de não sobreviventes (p<0,001), bem como os valores de déficit de base também foram mais elevados no grupo de sobreviventes quando comparado aos animais que vieram a óbito (p<0,001). O suporte intensivo aos animais com sepse grave é fundamental na redução da mortalidade desses animais. Os valores de lactato, saturação venosa central de oxigênio e de déficit de base podem ser considerados bons marcadores de prognóstico. A utilização destes parâmetros como metas da reposição volêmica durante as seis horas iniciais do atendimento parece reduzir a mortalidade, no entanto, estudos multicêntricos são necessários para definir esta relação.
Título em inglês
Evolution of central venous saturation oxygen, lactate and base deficit in severe sepsis and septic shock patients submitted to early volemic resuscitation
Palavras-chave em inglês
Base deficit
Central venous saturation of oxygen
Dogs
Lactate
Severe sepsis
Resumo em inglês
Sepsis is a clinical syndrome that causes changes in the microcirculation characteristics, making the assessment of tissue perfusion. In humans, studies have shown the importance of establishing a therapy based on routine clinical assessments and the variables of oxygenation and tissue perfusion and central venous saturation of oxygen, lactate and base deficit. The aim of this study was to evaluate the evolution of these parameters during the first six hours of resuscitation in order to identify the value of these variables as prognostic markers. We included 30 dogs with severe sepsis and septic shock underwent replacement with 40 ml / kg / hour of crystalloid solution during the first six hours of intensive care. During this period, the systolic blood pressure, urine output, central venous pressure, lactate, base deficit, and central venous saturation of oxygen were monitored every 90 minutes. The prevalence of some clinical characteristics of the animal, analyzing the relationship of these characteristics with the outcome (discharge or death) was performed using chi-square or Fisher's test. The central venous saturation of oxygen, base deficit and lactate were compared between survivors and nonsurvivors using analysis of variance with two factors. It was considered statistically significant with p <0.05. The mortality rate was 36.7%. The survivors had values of central venous oxygen saturation above 70% when compared to non-survivors (p <0.001). Serum lactate higher were also observed in the non survivors (p <0.001), and the values of base deficit were also higher in the group of survivors compared to animals that eventually died (p <0.001). The intensive support to animals with severe sepsis is essential to reduce the mortality of these animals. The values of lactate, central venous saturation of oxygen and base deficit can be considered good markers of prognosis. Using these criteria as goals of resuscitation during the initial six hours of care appears to reduce mortality; however, multicenter studies are needed to define this relationship.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Andreza_Conti_Patara.pdf (711.60 Kbytes)
Data de Publicação
2010-03-02
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • Conti-Patara, A., et al. Changes in tissue perfusion parameters in dogs with severe sepsis/septic shock in response to goal-directed hemodynamic optimization at admission to ICU and the relation to outcome. Journal of Veterinary Emergency and Critical Care (San Antonio), 2012, vol. 25, p. xx-xx.
  • Conti-Patara, A., et al. Evolution of central venous saturation, lactate and base deficit in severe sepsis and septic shock patients submitted to early volemic resuscitation. In 16th International Veterinary Emergency & Critical Care Symposium (IVECCS-10), San Antonio - Texas USA, 2010. 16th International Veterinary Emergency & Critical Care Symposium (IVECCS-10)., 2010. Resumo.
  • Pedron, B.G., et al. Comparação dos métodos de monitoração da pressão arterial em cadelas portadoras de piometra e submetidas à anestesia geral. In Congresso Brasileiro de Cirurgia e Anestesiologia Veterinária, Búzios-RJ, 2010. Congresso Brasileiro de Cirurgia e Anestesiologia Veterinária., 2010. Resumo.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.