• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.10.2014.tde-31072014-133212
Documento
Autor
Nome completo
Renata Farinelli de Siqueira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Fernandes, Wilson Roberto (Presidente)
Azedo, Milton Ricardo
Gomes, Cristina de Oliveira Massoco Salles
Legorreta, Guillermo Guadalupe Laguna
Libera, Alice Maria Melville Paiva Della
Título em português
Efeito imunodepressor do exercício em equinos submetidos a provas de enduro de diferentes distâncias, suplementados ou não com glutamina
Palavras-chave em português
Cavalo
Enduro
Estresse oxidativo
Glutamina
Linfócitos
Resumo em português
Os objetivos desse trabalho foram avaliar se provas de enduro de diferentes distâncias causam estresse em equinos treinados, avaliar os efeitos das provas de enduro de diferentes distâncias sobre a atividade dos linfócitos e a relação com a imunocompetência dos equinos atletas e investigar a suplementação alimentar com glutamina como possível atenuante desse efeito depressivo do estresse sobre o sistema imunológico. Foram utilizados 33 cavalos treinados para enduro, 13 em 80 km, 14 em 120 km e 6 em 160 km, avaliados em 4 provas. Metade dos cavalos de cada categoria recebeu suplementação com glutamina via oral 30 dias antes e 14 dias após as provas. Amostras de sangue venoso foram colhidas antes (M0), imediatamente após a última inspeção veterinária (M1), 3 horas depois (M2) e nos haras 3 (M3), 7 (M4), e 14 dias (M5). Houve aumento dos níveis de cortisol, amônia, neutrófilos, aumento da relação neutrófilos/linfócitos e diminuição da contagem de linfócitos em M1 e M2 em todos os cavalos. Houve diminuição da relação CD4/CD8 nos animais de 120 (M2, M3 e M4) e 160 km (M3) que não receberam suplementação e diminuição de IFN em todos os cavalos. Nos suplementados, houve diminuição da relação CD4/CD8 em 80 (M2), 120 (M2 e M3) e 160 km (M3 e M4) e aumento tardio de IFN (M4 e M5) nos cavalos de 80 e 120 km. As concentrações de IL-2, IL-4 e IL-10 aumentaram após a prova em todos os cavalos, porém, nos suplementados o aumento foi maior ou mais prolongado. Com base nesses resultados, não foi possível observar estresse nos animais, nem imunodepressão, embora a suplementação tenha exercido efeito sobre os linfócitos.
Título em inglês
Immunosuppressive effect of exercise in horses submitted to different distances endurance races, supplemented or not with glutamine
Palavras-chave em inglês
Endurance
Glutamine
Horse
Lymphocytes
Oxidative stress
Resumo em inglês
The objectives of this study were to assess whether a different distances endurance races cause stress in trained horses, assess the effects of different distances an endurance races on the lymphocytes and relationship with the immune competence of equine athletes and investigate dietary supplementation with glutamine as possible mitigating this depressive effect of stress on the immune system . 33 well trained endurance horses were used, 13 at 80 km, 14 and 120 km and 6 in 160 km in 4 endurance rides . Half of the horses in each category received oral supplementation with glutamine to 30 days before and 14 days after the race. Venous blood samples were collected before (M0), immediately after the last veterinary inspection (M1), 3 hours after (M2) and in their farms 3 (M3), 7 (M4) and 14 days (M5) after. There was an increase in cortisol levels, ammonia and neutrophils, increase in neutrophils / lymphocytes ratio and reduction in lymphocyte counts at M1 and M2 in all horses. There was a decrease in LT CD4/CD8 ratio in 120 (M2, M3 and M4) and 160 km (M3) without supplementation and either a decreased in IFN in all animals. Horses that had received glutamine supplementation showed a decreased in CD4/CD8 ratio in 80 (M2), 120 (M2 and M3) and 160 km (M3 and M4) and late increase of IFN (M4 and M5) in 80 and 120 km. INF production was increased later (7 and 14 days) in 80 and 120 km horses that received supplementation and decreased in all 160 km. The concentrations of IL-2 , IL-4 and IL-10 increased after the race on all horses , but the increase was greater or more prolonged in supplemented ones. Based on these results, it was not possible to observe stress in these animals, or immunosuppression either, although supplementation has exerted effects on lymphocytes.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-08-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.