• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
Documento
Autor
Nombre completo
Tiago Marcelo Oliveira
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2015
Director
Tribunal
Fernandes, Wilson Roberto (Presidente)
Baccarin, Raquel Yvonne Arantes
Cukier, Alberto
Hagen, Stefano Carlo Filippo
Roncati, Neimar Vanderlei
Título en portugués
Influência do uso de fita nasal na capacidade e função respiratória de equinos da raça Árabe durante e após o exercício
Palabras clave en portugués
Capacidade aeróbica
Dilatador nasal
Frequência respiratória
Neutrófilos
Volume tidal
Resumen en portugués
A fita nasal é amplamente utilizada em equinos durante o exercício, porém seus resultados são controversos e pouco conhecidos em animais que disputam provas de resistência. Os objetivos desse trabalho foram verificar se o uso da fita nasal influencia parâmetros durante o exercício predominantemente aeróbico, como frequência respiratória, volume tidal, volume minuto, tempos de inspiração e expiração, população de células por meio de lavado broncoalveolar, frequência cardíaca e lactato sanguíneo. Foram utilizados seis equinos da raça Árabe que realizaram dois testes de longa duração em esteira, sendo um teste com fita e outro sem a fita nasal. Durante os testes eram realizadas coletas de sangue, espirometria com obtenção de curvas de fluxo e volume respiratório, e registro da frequência cardíaca por meio de frequencímetro. Duas horas após o término do exercício foi realizado lavado broncoalveolar para realização de citologia da secreção pulmonar. Não houveram diferenças entre os parâmetros ventilatórios analisados entre os animais quando correram com ou sem a fita nasal. Entretanto, a frequência cardíaca foi em média menor durante o exercício nos animais que se exercitaram com a fita nasal (p<0,05), podendo indicar uma melhor oferta de oxigênio durante o exercício de longa duração com o uso da fita nasal, apesar de não encontrarmos alterações nos parâmetros de fluxo e volume respiratório. Na avaliação citológica do conteúdo do lavado broncoalveolar, foi verificada maior porcentagem de neutrófilos após o exercício nos animais que se exercitaram com a fita nasal (p<0,05), indicando que o turbilhonamento na passagem do ar através da cavidade nasal pode ter diminuído permitindo que partículas maiores se depositassem em porções mais distais do sistema respiratório, induzindo uma resposta neutrofílica mais intensa. O uso da fita nasal parece influenciar alguns parâmetros durante e após o exercício em animais que realizam provas de longa duração. Outros estudos devem ser realizados para verificar se essa influência pode melhorar o desempenho desses animais em exercícios predominantemente aeróbicos
Título en inglés
Influence of the nasal strips on respiratory capacity and function of Arabian horses during and after exercise
Palabras clave en inglés
Aerobic capacity
Neutrophil Nasal dilator
Respiratory frequency
Tidal volume
Resumen en inglés
The nasal strip is widely used in horses during exercise, but the results are controversial and little known in animals that compete for endurance events. The aim of this study was to determine whether the use of nasal strips influence parameters during predominantly aerobic exercise, such as respiratory frequency, tidal volume, minute ventilation, inspiratory and expiratory times, population of cells by bronchoalveolar lavage, heart rate and blood lactate. Six Arabian horses were submitted to two low intensity tests on a treadmill, one of them with nasal strip and one without nasal strip. During the tests were carried out blood samples, airflow and volume curves with spirometry mask, and heart rate was recorded through heart rate monitor. Two hours after the exercise was performed bronchoalveolar lavage to perform cytology of pulmonary secretions. There were no differences among ventilatory parameters analyzed when the horses performed the exercise with or without the nasal strip. However, heart rate was lower on average during the exercise when the horses were exercised with nasal strip (p <0.05), which may indicate a better supply of oxygen during the low intensity exercise with the use of nasal strip, despite we did not find changes in the airflow and respiratory volume parameters. In cytological evaluation of the content of bronchoalveolar lavage, increased percentage of neutrophils was observed after exercise in animals with nasal strip (p <0.05), indicating that turbulence in the airflow through the nasal cavity may have diminished allowing larger particles to be deposited in distal portions of the respiratory system, inducing a more intense neutrophilic response. The use of nasal strips appears to influence some parameters during and after exercise in horses that perform low intensity and endurance tests. Further studies should be conducted to verify that this influence can improve the performance of these horses in predominantly aerobic exercises
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2016-04-08
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.