• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2011.tde-25092012-112844
Documento
Autor
Nome completo
Ariane Marques Mazini
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Schwartz, Denise Saretta (Presidente)
Chamas, Patricia Pereira Costa
Larsson, Maria Helena Matiko Akao
Título em português
Avaliação da ocorrência de arritmias e da variabilidade da frequência cardíaca em cães obesos pelo método Holter
Palavras-chave em português
Arritmias
Cães
Holter
Obesidade
Variabilidade da frequência cardíaca
Resumo em português
A obesidade é considerada atualmente um dos maiores problemas de saúde em humanos, sendo considerada endêmica entre adultos e crianças. Situação semelhante tem sido observada em medicina veterinária, como conseqüência de um desequilibrio energético que muitas vezes é resultado do tipo de manejo que os animais recebem. É caracterizada pelo acúmulo excessivo de gordura, superando 15% do peso ideal e culmina com várias modificações nas funções orgânicas. Em humanos, sabe-se que o excesso de peso gera alterações na hemodinâmica, no metabolismo, no estado inflamatório, gerando um aumento do volume circulatório, ativação do sistema nervoso simpático e hipertrofia ventricular e levando ao remodelamento cardíaco. As arritmias cardíacas têm sido descritas em indivíduos obesos, geralmente acompanhadas da hipertrofia ventricular esquerda ou da síndrome da apnéia do sono. A disfunção autonômica, avaliada pela redução da variabilidade da freqüência cardíaca, também é observada nos humanos obesos. Não foram encontradas arritmias em estudo com cães obesos no ECG de rotina. O Holter permite um registro contínuo da atividade elétrica cardíaca, enquanto o paciente continua com as suas atividades diárias normais, assim uma das suas principais indicações é a identificação de presença de arritmias que não são detectados pelo eletrocardiograma de curta duração. Desta forma, o objetivo do estudo foi avaliar, pelo método Holter, a presença de arritmias e, pela análise da variabilidade da freqüência cardíaca, avaliar o balanço autonômico em cães obesos. Para isto, foram selecionados 67 cães obesos com escore de condição corporal (ECC) 8 e 9 e 65 cães com peso ideal (ECC=5), pareados por raça/porte, gênero e idade. Os cães obesos não apresentaram alteração no eletrocardiograma de rotina e nem na mensuração da pressão arterial em relação ao grupo controle. No entanto, o grupo obeso, apresentou maior número de extrassístoles ventriculares, discreta hipertrofia de ventrículo esquerdo. Também foram observados menores valores nos parâmetros de variabilidade da freqüência cardíaca, indicando assim, uma disfunção autonômica.
Título em inglês
Assessment of arrhythmias ocurrence and heart rate variability in obese dogs by Holter method
Palavras-chave em inglês
Arrhythmias
Dogs
Heart rate variability
Holter
Obesity
Resumo em inglês
Obesity is currently one of the major health problems in humans, and it is considered endemic among adults and children. A similar situation has been found in veterinary medicine, as a consequence of energy imbalance, resulting, most of the times from the management of these animals. It is characterized by excessive accumulation of fat, over 15% of ideal body weight, and culminates with various organic function modifications. In humans, it is known that body weight excess generates changes on hemodynamics, metabolism, inflammatory status, leading to increased circulatory volume, sympathetic nervous system activation, ventricular hypertrophy and leads to cardiac remodeling. Arrhythmias have been described in obese people, generally accompanied by ventricular hypertrophy or sleep apnea. The autonomic dysfunction, assessed by a decrease in heart rate variability, is also observed in humans. Arrhythmias were not observed in a previous study of routine ECG in obese dogs. Holter monitoring allows for the continuous registration of the electrical activity of the heart, while the patient continues the normal daily activities. Therefore, one of the main indications is the identification of the presence of arrhythmias that are not detected by the short duration ECG. The purpose of this study was to assess, by Holter method, the presence of cardiac arrhythmias, and by heart rate variability, to evaluate the autonomic balance in obese dogs. Sixty seven dogs, with a body condition score (BCS) of 8 and 9, and 65 dogs with ideal body (BCS= 5) weight were selected, matched for breed/size, gender and age. The obese dogs did not present changes on the routine ECG and blood pressure measurement, in relation to control group. Despite that, the obese group showed greater number of ventricular extra-systoles and mild left ventricular hypertrophy. There were also lower values of heart rate variability parameters, which indicate an autonomic dysfunction.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-04-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.