• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2013.tde-17022014-104659
Documento
Autor
Nome completo
Carolina de Lara Shecaira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Benesi, Fernando José (Presidente)
Gomes, Viviani
Madureira, Karina Medici
Título em português
Avaliação da transferência de citocinas para o sangue de neonatos via ingestão de colostro de fêmeas bovinas Holandesas
Palavras-chave em português
Bezerros neonatos
Citocinas
Gado Holandês
Transferência de imunidade passiva
Resumo em português
O nascimento de um bezerro é marcado pela passagem de um meio estéril, para um ambiente contaminado, aliado o fato da placentação (sindesmocorial), que não permite a passagem de anticorpos durante a gestação e sem um sistema imunológico desenvolvido funcionalmente, o neonato necessita da ingestão do colostro para lhe conferir imunidade nos primeiros dias de vida. Além das imunoglobulinas o colostro possui leucócitos, e citocinas que parecem participar do estabelecimento da imunidade neonatal. Apesar da potencial importância desses componentes do colostro, poucos são os estudos que avaliaram a transferência das citocinas do colostro bovino e seu papel na imunidade neonatal, razão pelo qual esse projeto teve como seguintes objetivos: mensurar as concentrações das citocinas IL-1β, IL-6, TNF-α e IFN-y presentes no soro de bezerros neonatos da raça Holandesa e avaliar a interferência do manejo do colostro bovino e do seu oferecimento, ou não, sobre as concentrações dessas citocinas no soro desses bezerros, durante os 15 primeiros dias pós-nascimento. Utilizaram-se bezerros nascidos de parto eutócico e distribuídos igualmente por três grupos experimentais (n=5): G1- receberam 4 litros de colostro fresco provenientes de suas próprias mães; G2- receberam 4 litros de colostro provenientes de pool de colostro congelado e o G3- foram alimentados apenas com leite. Para a avaliação das citocinas referidas no soro dos bezerros, foram feitas cinco coletas de sangue durante os quinze primeiros dias de vida pós-nascimento (p.n.): T0 (antes da primeira ingestão de colostro ou leite); T1 (1 a 2 dias p.n.); T2 (3 a 4 dias p.n.); T3 (5 a 6 dias p.n.) e T4 (10 a 15 dias p.n.). Também mensurou-se as citocinas TNF-α, IL-1β e IL-6 no sobrenadante do colostro fornecido aos bezerros do grupo G1, e citocinas TNF-α, IL-1β, IFN-y e IL-6 no sobrenadante do pool de colostro fornecido aos bezerros do grupo G2. Os bezerros do grupo G1 apresentaram valores detectáveis para as citocinas referidas, atingindo picos nos tempos T1(2 a 3 dias p.n.) ou T2 (3 a 4 dias p.n.) enquanto que os bezerros do grupo G2 apresentaram valores detectáveis apenas para o tempo T3(5 a 6 dias p.n.) para a citocina IL-6, enquanto que os bezerros do grupo G3, não apresentaram concentrações detectáveis para nenhuma citocina mensurada com exceção da citocina IL-1beta no tempo 4 (10 a 15 dias p.n.).Com base nos resultados encontrados nesta pesquisa foi possível: (a) verificar a transferência de citocinas IL-6, IL-1β, TNF-α e IFN-y para o soro de bezerros do grupo G1 via ingestão de colostro fresco. (b) verificar a transferência de citocina IL-6, para a circulação de bezerros do grupo G2, via ingestão de pool de colostro. (c) verificar que bezerros recém-nascidos privados de colostro (G3) não apresentaram concentrações detectáveis de citocinas IL-6, IL-1β , TNF-α e IFN-y nos primeiros quinze dias de vida, demonstrando que concentrações detectáveis das citocinas em questão provêm do colostro. (d) verificar que o grupo de bezerros que recebeu colostro de suas próprias mães (G1) obteve maior concentração de citocinas que o grupo que recebeu pool de colostro (G2), demonstrando que as células leucocitárias presentes no colostro fresco são capazes de expressar citocinas no sangue periférico de bezerros recém-nascidos até 15 dias pós-nascimento.
Título em inglês
Evaluation of the transfer of cytokines to the blood of neonates by colostrum ingestion of Holstein females
Palavras-chave em inglês
Cytokines
Holstein
Newborn calves
Transfer of passive immunity
Resumo em inglês
The birth of a calf is marked by the passage of a sterile environment to a contaminated environment, coupled with the fact of placentation (sindesmocorial), which does not allow the passage of antibodies during pregnancy and without an immune system developed functionally, the needs of the neonate ingestion of colostrum to give it immunity during the first days of life. Besides the colostrum immunoglobulin has leukocytes and cytokines that seem to participate in the establishment of neonatal immunity. Despite the potential importance of these components of colostrum , there are few studies evaluating the transfer of cytokines from colostrum and its role in neonatal immunity, reason why this project had the following objectives: to measure the concentrations of IL- 1β, IL- 6, TNF-α and IFN-y in the serum of newborn Holstein calves and evaluate the interference of bovine colostrum management and of his offering , or not , on the concentrations of these cytokines in the serum of these calves during the first 15 days after birth. We used calves born from normal delivery and equally divided into three experimental groups (n = 5): G1 - received 4 liters of fresh colostrum from their mothers; G2- received 4 liters of colostrum from a "pool" of frozen colostrum and G3- were fed only milk. For the evaluation of these cytokines in the serum of calves, blood collections were made during the first fifteen days of postnatal life (p.n.): T0 (before the first intake of colostrum or milk), T1 (1st 2 days p.n.), T2 (3 to 4 days p.n.), T3 (5 to 6 days p.n.) and T4 (10 to 15 days p.n.). Also measured is the cytokine TNF-α , IL-1β and IL-6 in the supernatant of colostrum fed to calves in group G1, and cytokines TNF-α , IL- 1β, IFN-y and IL -6 in supernatant " pool" of colostrum fed to calves in G2. Calves from G1 group had detectable values for these cytokines, reaching peaks at T1 (2 to 3 days p.n.) or T2 (3 to 4 days p.n.) while calves in G2 showed detectable values only for the period T3 ( 5 to 6 days p.n. ) for the cytokine IL-6, whereas the calves of group G3 did not show any detectable for cytokine concentrations measured with the exception of IL- 1beta 4 time ( 10 to 15 days p.n.). Based on findings of this study it was possible to: (a) verify the transfer of IL- 6, IL- 1β, TNF-α and IFN-y in the serum of calves from G1 via ingestion of fresh colostrum. (b) verify the transfer of cytokine IL -6 into the circulation of calves in G2 via ingestion of "pool" of colostrum. (c) verify that deprived newborn calves colostrum (G3) showed no detectable concentrations of IL - 6 , IL- 1β , TNF-α and IFN-y in the first fifteen days of life , demonstrating that detectable concentrations of cytokines in question come from the colostrum. (d) verify that the group of calves that received colostrum from their mothers (G1) had higher cytokine concentrations than the group that received "pool" of colostrum (G2), demonstrating that leukocytes present in fresh colostrum are able to express cytokines in peripheral blood of newborns up to 15 days after birth calves.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-02-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2023. Todos os direitos reservados.