• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.10.2018.tde-16082018-104804
Documento
Autor
Nome completo
Carolina Castanho Mambre Bonomo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Fernandes, Wilson Roberto (Presidente)
Belli, Carla Bargi
Foz Filho, Roberto Pimenta de Pádua
Hagen, Stefano Carlo Filippo
Júnior, Pedro Vicente Michelotto
Título em português
Avaliação de índices ecocardiográficos de equinos sob efeito de furosemida
Palavras-chave em português
Ecocardiografia
Equinos
Furosemida
Hemorragia pulmonar induzida pelo exercício
Resumo em português
Muitos equinos participantes de provas de corrida, ao exame endoscópico, apresentam evidências de ocorrência de Hemorragia Pulmonar Induzida pelo Exercício (HPIE). A HPIE trata-se de um sangramento de origem pulmonar que ocorre em equinos durante atividade física intensa e pela alta prevalência, muitas vezes associada aos equinos de corrida. Considerando, baseado nos estudos realizados, que o principal mecanismo descrito no desenvolvimento dos quadros de HPIE envolve o aumento da pressão transmural, resultante do aumento da pressão pulmonar causada pelo exercício físico, a furosemida parece ter papel importante na atenuação destes fatores, o que suporta a sua utilização nestes animais. Foram avaliados 21 equinos da raça Puro Sangue Inglês, atletas de distintas modalidades (corrida e polo), com e sem HPIE em dois momentos, antes (T0) e 4 horas após a administração da furosemida (T1) na dose de 0,5 mg/kg. Os animais foram submetidos a exame ecocardiográfico nos dois momentos, e também a colheita de sangue para avaliação hematológica e bioquímica. Ao exame ecocardiográfico foram consideradas as seguintes variáveis: FC, DC, VEj, FEj, VSFVE, VDFVE, FS, SIV, PLVE, DVE em sístole e diástole, AEs, Ao, AE:Ao, TEVE, E-S, e pico de velocidade do fluxo na artéria pulmonar. Para os exames laboratoriais foram consideradas as seguintes variáveis: He, Hb, Ht, VCM, HCM, CHCM, Leu, Neu, Linf, Mon, Plaq, AST, GGT, Alb, Pt, BT e BD. O uso da furosemida exerceu influência sobre os índices ecocardiográficos estudados de animais sem HPIE alterando a velocidade do fluxo da artéria pulmonar e o TEVE. Os demais parâmetros ecocardiográficos estudados bem como os parâmetros hemáticos não apresentaram alteração significativa, exceção feita aos valores de ureia e creatinina que aumentaram em T1, em função da hemoconcentração, sendo significantemente maiores no grupo sem HPIE.
Título em inglês
Echocardiographic evaluation of horses under furosemide effect
Palavras-chave em inglês
Echocardiography
Exercise-induced pulmonary hemorrhage
Furosemide
Horses
Resumo em inglês
Many racehorses at endoscopic examination after race present evidence of Exercise Induced Pulmonary Hemorrhage (HPIE). HPIE is a bleeding that occurs from pulmonary origin in horses during intense physical activity, often associated, by the high prevalence, to the racehorses, being able to present itself in many other equines, since undergoing intense physical exercise. Considering, based on previous studies, that the main mechanism involved in the development of HPIE involves the increase of the transmural pressure, resulting from the increase of the pulmonary pressure caused by the physical exercise, furosemide seems to play an important role in the attenuation of these factors, which supports their use in these animals. Twenty-one Thoroughbred horses, athletes, with and without HPIE were evaluated at two moments, before (T0) and 4 hours after furosemide administration (T1) at a dose of 0.5 mg / kg. All equines were submitted to echocardiographic examination at both moments, as well as blood sampling for hematological and biochemical evaluation. Echocardiographic examination showed the following variables: FC, DC, VEj, FEj, VSFVE, VDFVE, FS, SIV, PLVE, DVE, AEs, Ao, AE:Ao, TEVE, E-S, and flow in the pulmonary artery. For the laboratory tests, the following variables were considered: He, Hb, Ht, VCM, HCM, CHCM, Leu, Neu, Linf, Mon, Plaq, AST, GGT, Alb, Pt, BT and BD. Furosemide influenced some echocardiographic indexes of non-HPIE animals, altering the velocity of pulmonary artery flow and TEVE. All others echocardiographic and hematological parameters did not present any influence of furosemide administration, although urea and creatinine values have increased in T1 due to the hemoconcentration in non-HPIE group.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-12-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.