• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.10.2020.tde-03122019-122314
Documento
Autor
Nome completo
Fernando Mosquera Jaramillo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Baccarin, Raquel Yvonne Arantes (Presidente)
Cogliati, Bruno
Roncati, Neimar Vanderlei
Título em português
Avaliação do efeito protetor da Cynara scolymus e Silybum marianum frente à toxicidade do dipropionato de imidocarb em equinos
Palavras-chave em português
Alcachofra
Biopsia
Cardo Mariano
Cavalos
Fígado
Resumo em português
Os medicamentos fitoterápicos são comercializados nas formas de líquidos, sólidos ou semi-sólidos obtidos de extratos padronizados, preparados normalmente por maceração ou destilação. Apesar do vasto uso dos fitoterápicos em todo o mundo, poucos deles foram, até o momento, validados cientificamente visando a comprovação da eficácia clínica e a avaliação de sua segurança. O objetivo do presente estudo foi avaliar o efeito hepatoprotetor e hepatoregulador da associação de Cynara scolymus (Alcachofra) e Silybum marianum (Cardo Mariano), frente a utilização do dipropionato de imidocarb. Foram utilizados dez equinos hígidos, sem raça definida, com idade média de cinco anos e soropositivos para Theileria equi. Os animais foram divididos aleatoriamente em 2 grupos de 5 animais. Todos os animais receberam dipropionato de imidocarb na dose de 5 mg/kg/dia, por 3 dias consecutivos. O grupo controle (GC) não recebeu nenhum tratamento complementar. O grupo tratado (GT) recebeu tratamento com o composto, 1 vez ao dia, durante 30 dias. Os animais foram avaliados por meio de exame físico geral, além de exames complementares hematológicos (hemograma, avaliação bioquímica hepática e muscular) e exames histológicos de fragmentos obtidos por biópsia hepática transcutânea. Os resultados das avaliações físicas e de exames complementares foram confrontados entre os grupos e submetidos à análise estatística. Durante a realização deste estudo nenhum dos animais demonstrou desconforto ou alteração do comportamento durante a administração do composto. As constantes fisiológicas se mantiveram dentro dos valores normais ao longo do tratamento. Em relação aos valores basais, os animais que receberam o composto não demonstraram alterações significativas nos valores de hemácias, hemoglobina, hematócrito e plaquetas (p>0,05). Houveram alterações nos valores de VCM, HCM, CHCM e leucócitos (p<0,05). Já na avaliação do perfil hepático observou-se aumento no GT em relação aos valores inicias e aumento GT em relação ao GC nas concentrações de GGT, AST e CK (p<0,05). As concentrações de bilirrubina total, direta e indireta não se alteraram significativamente entre os grupos (GT e GC) ou entre os momentos dentro dos grupos (p>0,05). As enzimas GGT e AST apresentaram diferença estatística entre GT e GC (p<0,05) sendo maior no grupo que recebeu o composto. Contudo, todos os valores permaneceram dentro de intervalo de normalidade para a espécie. Na avalição histológica das amostras hepáticas encontrou-se aumento da inflamação portal em ambos os grupos em relação aos valores iniciais, sendo menor no GT em comparação ao GC no dia -3. Também foi encontrada inflamação lobular nos animais do GT e GC nos diferentes momentos do experimento, sendo diminuída quase totalmente no GT nos dias 12 e 30. Focos de esteatose foram identificados nos animais do GT somente no dia 12, mas ocorreram em todos os momentos no GC. Deposição de pigmento foi identificada nos animais do GT nos dias -3 e 30, e nos animais do GC em todos os momentos. Identificou-se degeneração hidrópica nos animais do GT e do GC no dia 12. Conclui-se que a utilização do composto não causou alterações clínicas nos animais tratados com dipropionato de imidocarb. Apesar dos valores hematológicos e bioquímicos não terem sofrido alterações frente ao uso do composto, observou-se que o GT efetivamente demonstrou menor intensidade das lesões hepáticas durante o protocolo de toxicidade controlada.
Título em inglês
Evaluation of the protective effect of Cynara scolymus and Silybum marianum on the toxicity of imidocarb dipropionate in horses
Palavras-chave em inglês
Artichoke
Biopsy
Horses
Liver
Milk thistle
Resumo em inglês
Herbal medicines are marketed in liquid, solid or semi-solid forms obtained from standard extracts, normally prepared by maceration or distillation. Despite the vast use of herbal medicines around the world, few of them have been scientifically validated so far in order to prove clinical efficacy and assess their safety. The aim of the present study was to evaluate the hepatoprotective and hepatoregulatory effect of the association of Cynara scolymus (Artichoke) and Silybum marianum (Milk Thistle), against the use of imidocarb dipropionate. Ten crossbred horses with a mean age of five years and seropositive for Theileria equi were used. The animals were randomly divided into 2 groups of 5 animals. All animals received imidocarb dipropionate at a dose of 5 mg / kg / day for 3 consecutive days. The control group (CG) did not receive any complementary treatment. The treated group (GT) received treatment with the compound once a day for 30 days. The animals were evaluated by means of a physical examination, as well as complementary hematological exams (hemogram, liver and muscle biochemical evaluation) and histological exams of fragments obtained by transcutaneous liver biopsy. The results of physical evaluations and complementary tests were compared between the groups and submitted to statistical analysis. During the course of this study no animals demonstrated discomfort or behavior change during compound administration. The physiological constants remained within the normal values throughout the treatment. Regarding the baseline values, the animals that received the compound did not show significant changes in the values of red blood cells, hemoglobin, hematocrit and platelets (p> 0.05). There were significant changes in the values of VCM, HCM, CHCM and leukocytes (p<0.05). In the evaluation of the hepatic profile, GT increased incomparison to the initial values and GT increase in relation to the GC in the concentrations of GGT, AST and CK (p<0.05). The total direct and indirect bilirubin concentration did not change significantly between the groups 11 (GT and GC) or between moments within the groups (p>0.05). The enzymes GGT and AST presented a statistical difference between GT and GC (p<0.05), being higher in the group that received the compound. In the histological evaluation of the hepatic samples, there was an increase in portal inflammation in both groups in comparison to the initial values, being smaller in GT compared to CG on day -3. Lobular inflammation was also found in GT and GC animals at different times of the experiment, and was almost completely decreased in GT on days 12 and 30. Steatosis foci were identified in GT animals only on day 12 but occurred at all times in the GC. Deposition of pigment was identified in GT animals on days -3 and 30, and in CG animals at all times. Hydroponic degeneration was identified in the GT and CG animals on day 12. It was concluded that the use of the compound did not cause clinical changes in the animals treated with imidocarb dipropionate. Although the hematological and biochemical values were not altered in the use of the compound, it was observed that the GT effectively demonstrated a lower intensity of the hepatic lesions during the protocol of controlled toxicity.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-04-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.