• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.10.2021.tde-16032022-120248
Documento
Autor
Nome completo
Henrique Costa Filho
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Pirassununga, 2021
Orientador
Banca examinadora
Gobesso, Alexandre Augusto de Oliveira (Presidente)
Marchesin, Wilson Aparecido
Silva, Luiz Fernando Costa e
Título em português
Qualidade do pélete de rações para equinos em diferentes padrões de granulometria do milho em indústria com moagem individual
Palavras-chave em português
Cavalo
Peletização
Processamento
Produção
Resumo em português
O Brasil possui o 4 º maior rebanho de equinos do mundo com 5,85 milhões de cabeças, e as indústrias locais de rações comerciais atendem esse mercado com produtos na maior parte na forma peletizada ou de multipartículas, onde o pélete é um dos constituintes. Entretanto, manutenção de aceitável qualidade do pélete para processos de moagem dos ingredientes mais economicamente eficientes, é um desafio. O objetivo desse estudo foi avaliar o efeito de 3 diferentes granulometrias da moagem do milho usado na fabricação de rações peletizadas para equinos, em fábrica com moagem individual, sobre a eficiência econômica e qualidade dos péletes. O experimento foi conduzido em uma fábrica de rações comerciais para equinos, e foram avaliados a abertura das peneiras de moagem, o diâmetro geométrico médio (DGM), o desvio padrão geométrico (DPG), o diâmetro dos péletes, o índice de durabilidade do pélete (PDI), consumo de energia elétrica do moinho e rendimento de moagem. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, e os tratamentos consistiam em 3 diâmetros de peneira de moagem, sendo: moagem em peneira de 3 mm (M3) moagem em peneira de 5 mm (M5) e moagem em peneira de 8 mm (M8), sendo 10 repetições por tratamento para a abertura da peneira, 10 repetições por tratamento para o PDI, 30 repetições por tratamento para diâmetro do pélete e 4 repetições por tratamento para o DGM e, para o rendimento da moagem, foi realizada uma única repetição por tratamento. Os dados foram submetidos à análise de variância, utilizando o modelo misto do pacote PROC GLM do programa SAS (Statistical Analysis System). Quando a diferença foi significante, o teste de Tukey foi usado para separar as médias dos tratamentos, considerando significância de 5%. Foi observada diferença (P = 0,0001) para as aberturas das peneiras, com valores de 2,58, 4,42 e 7,64 mm, respectivamente aos tratamentos M3, M5 e M8. A moagem M8 aumentou o DGM em aproximadamente 445 µm, em relação às moagens M3 e M5, respectivamente 764,5, 864,5 e 1209,5 µm (P = 0,0001). A moagem M3 se apresentou mais uniforme, medida através do DPG, que as moagens M5 e M8, respectivamente 1,835, 2,07 e 2,218 (P = 0,0006). Foi observada diferença (P <0,05), para o parâmetro diâmetro do pélete, apenas do tratamento M8, com valores de 4,774, 4,805 e 4,823 mm, respectivamente. O PDI mostrou, para todos os tratamentos, valores acima de 97%, sem diferença (P >0,05), com valores de 98,5, 98,3 e 97,9%, respectivamente. A economia no consumo de energia por tonelada de milho moído entre a M3 e a M8 foi de 71,5% e a produtividade da moagem do milho aumentou em 3,3 vezes. Pode-se concluir que a moagem do grão de milho em diferentes diâmetros de peneira utilizada na fabricação de rações peletizadas para equinos, em indústria com moagem individual, produzem diferentes diâmetros geométrico médio, que melhoram a eficiência econômica e não interferem na qualidade dos péletes.
Título em inglês
Equine feed pellet quality in different corn granulometry standards in industry with individual grinding
Palavras-chave em inglês
Horse
Pelleting
Processing
Production
Resumo em inglês
Brazil has the 4th largest herd of equines in the world with 5.85 million heads, and local commercial feed industries serve this market with products mostly in pelleted or multi particle form, where pellet is one of the constituents. However, maintaining acceptable pellet quality for more economically efficient ingredient grinding processes is a challenge. The aim of this study was to evaluate the effect of 3 different grain sizes of corn grinding used in the manufacture of equines pelleted feed, in a factory with individual grinding, on the economic efficiency and pellets quality. The experiment was carried out in a commercial equines feed factory, and were evaluated the opening of the grinding sieves, geometric mean diameter (GMD), geometric standard deviation (GSD), pellet diameter, pellet durability index (PDI), mill electrical energy consumption and milling yield. The experimental design used was completely randomized, and the treatments consisted of 3 grinding sieve diameters, as follows: grinding in a 3 mm sieve (M3) grinding in a 5 mm sieve (M5) and grinding in an 8 mm sieve (M8), with 10 repetitions per treatment for sieve opening, 10 repetitions per treatment for PDI, 30 repetitions per treatment for pellet diameter and 4 repetitions per treatment for GMD and, for grinding yield, a single repetition was performed per treatment. Data were subjected to variance analysis, using the mixed model of the PROC GLM package of the SAS (Statistical Analysis System) program. When the difference was significant, the Tukey test was used to separate treatment means, considering 5% significance. Difference (P = 0.0001) was observed for sieves openings, with values of 2.58, 4.42 and 7.64 mm, respectively for treatments M3, M5 and M8. The M8 grind increased the GMD by approximately 445 µm, in relation to the M3 and M5 grinds, respectively 764.5, 864.5 and 1209.5 µm (P = 0.0001). The M3 grind was more uniform, measured by the GSD, than the M5 and M8 grinds, respectively 1.835, 2.07 and 2.218 (P = 0.0006). Difference (P <0.05) was observed for pellet diameter parameter, only for the M8 treatment, with values of 4.774, 4.805 and 4.823 mm, respectively. The PDI showed, for all treatments, values above 97%, with no difference (P >0.05), with values of 98.5, 98.3 and 97.9%, respectively. The savings in energy consumption per ton of corn grinded between M3 and M8 was 71.5% and corn grinding productivity increased by 3.3 times. It can be concluded that corn grain grinding in different sieve diameters used in pelleted feed for horses manufacture, in industry with individual grinding, produce different geometric mean diameters, which improve economic efficiency and do not interfere in pellets quality.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2022-05-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.