• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Mémoire de Maîtrise
DOI
10.11606/D.10.2016.tde-06102016-154600
Document
Auteur
Nom complet
Carlos Alexandre Granghelli
Adresse Mail
Unité de l'USP
Domain de Connaissance
Date de Soutenance
Editeur
Pirassununga, 2016
Directeur
Jury
Araujo, Cristiane Soares da Silva (Président)
Albuquerque, Ricardo de
Pizzolante, Carla Cachoni
Titre en portugais
Níveis de energia para poedeiras comerciais submetidas a diferentes manejos de debicagem
Mots-clés en portugais
Canibalismo
Desempenho
Qualidade de ovos
Viabilidade Econômica
Resumé en portugais
O objetivo desse estudo foi avaliar o melhor nível de energia para poedeiras comerciais submetidas ou não a segunda debicagem, sobre o desempenho produtivo, qualidade de ovo e viabilidade econômica. Para tanto, foram utilizadas 640 poedeiras, distribuídas em delineamento inteiramente casualizado (DIC), em esquema fatorial 5x2 (nível de energia x número de debicagem) com oito repetições e oito aves por unidade experimental. Os níveis de energia estudados foram os seguintes: 2600; 2700; 2800; 2900; 3000 Kcal EM/ kg de ração. Com relação à debicagem, foi avaliado o efeito da realização da segunda debicagem, realizada aos 70 dias de idade, ou não e suas interações com os níveis nutricionais propostos. O período experimental foi conduzido da 20ª a 48ª semana de idade das poedeiras, totalizando 7 ciclos de 28 dias cada. Os dados de desempenho produtivo (produção de ovos, consumo de ração, massa de ovos, conversão alimentar por dúzia e conversão alimentar por massa de ovos), qualidade de ovos (peso, altura do albúmen, coloração de gema, unidade Haugh, resistência e espessura da casca), foram avaliados ao final de cada ciclo de 28 dias. Observou-se interações entre os níveis de energia e debicagem para as seguintes características: produção de ovos, altura de albúmen, unidade Haugh e espessura da casca. O aumento dos níveis de energia promoveram efeito significativo sobre o consumo de ração, conversão por dúzia e por massa de ovos, coloração de gema, resistência e espessura da casca. A debicagem afetou significativamente o consumo, conversão por dúzia e massa de ovos, peso dos ovos, coloração de gema e espessura de casca. A frequência de canibalismo não foi influenciada pelos níveis de energia e debicagem. Com relação à análise econômica tanto os níveis de energia com a debicagem tiveram efeito significativo sobre o custo total de produção, margem bruta e entre custo total sobre a receita total. Os resultados deste estudo demonstraram que o nível de energia mais baixo pode ser utilizado e constatou-se que há necessidade de realização da segunda debicagem do ponto de vista econômico.
Titre en anglais
Energy levels for layer hens submitted to different beak trimming management
Mots-clés en anglais
Cannibalism
Economic Viability
Eggs quality
Performance
Resumé en anglais
The aim of this study was to evaluate the best energy level for layer hens submitted or not to the second beak trimming, on performance, egg quality and economic viability aspects. Therefore, 640 layers were distributed in a completely randomized design, in a factorial 5x2 (energy level x number of beak trimming) with eight replicates and eight birds per experimental unit. Energy levels studied were: 2600; 2700; 2800; 2900; 3000 Kcal EM / kg feed. Regarding the beak trimming, it was evaluated the effect of the second beak trimming performed at 70 days age, or not, and their interactions with the proposed nutrient levels. The trial was conducted from the 20th to 48th week of birds age, totaling 7 cycles of 28 days each. The data of productive performance (egg production, feed intake, egg mass, feed conversion per dozen and feed conversion by egg mass), egg quality (weight, albumen height, yolk color, Haugh unit, strength and shell thickness were evaluated at the end of each 28-day cycle. It was observed interactions between the energy levels and beak trimming to egg production, albumen height, Haugh unit, and shell thickness. Beak trimming significantly affected consumption, conversion per dozen and egg mass, egg weight, yolk color and shell thickness. The frequency of cannibalism was not influenced by energy levels or beak trimming. Regarding the economic analysis both energy levels and beak trimming had a significant effect on the total cost of production, gross margin and between total cost of the total revenue. Results showed that the lowest energy level can be used and it was found that there is need to carry out the second beak trimming by the economic point of view
 
AVERTISSEMENT - Regarde ce document est soumise à votre acceptation des conditions d'utilisation suivantes:
Ce document est uniquement à des fins privées pour la recherche et l'enseignement. Reproduction à des fins commerciales est interdite. Cette droits couvrent l'ensemble des données sur ce document ainsi que son contenu. Toute utilisation ou de copie de ce document, en totalité ou en partie, doit inclure le nom de l'auteur.
Date de Publication
2016-10-21
 
AVERTISSEMENT: Apprenez ce que sont des œvres dérivées cliquant ici.
Tous droits de la thèse/dissertation appartiennent aux auteurs
CeTI-SC/STI
Bibliothèque Numérique de Thèses et Mémoires de l'USP. Copyright © 2001-2021. Tous droits réservés.