• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Fabiano Benitez Vendrame
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Ferreira Neto, José Soares (Presidente)
Ferreira, Fernando
Lage, Andrey Pereira
Ortolani, Enrico Lippi
Poester, Fernando Padilla
Título em português
Impacto da vacinação na prevalência da brucelose bovina no estado de Tocantins, Brasil
Palavras-chave em português
B19
Brasil.
Brucelose bovina
Fatores de risco
Prevalência
Tocantins
Resumo em português
Foi realizado um estudo seccional sobre a situação epidemiológica da brucelose bovina no Estado de Tocantins com o objetivo de avaliar a eficácia do programa de vacinação implementado. O Estado foi dividido em cinco regiões e em cada uma delas foi aleatoriamente amostrado um número pré-estabelecido de propriedades. Dentro de cada propriedade, fêmeas com idade igual ou superior a 24 meses foram aleatoriamente selecionadas e submetidas à sorologia em série para o diagnóstico da brucelose (AAT e 2-Mercaptoetanol). Ao todo foram examinados 6.846 animais oriundos de 756 propriedades. A prevalência de focos no estado foi de 6,42% [4,76 -8,62] e a de animais 2,21% [1,05 - 4,01]. A prevalência de focos apresentou-se homogeneamente distribuída entre as cinco regiões. Como o estudo realizado em 2003/2003 estimou a prevalência de focos no estado em 21,22% [19,33 - 23,11], conclui-se que o programa de vacinação implementado pelo Tocantins reduziu a prevalência de maneira importante. Assim, recomenda-se que o estado continue seu programa de vacinação, dando grande ênfase para a qualidade dos procedimentos, desde a comercialização do insumo até a inoculação nos animais, pois a imunização ainda é a maneira mais racional de se reduzir a prevalência da brucelose bovina no seu território. Adicionalmente, o estado deve implementar uma forte ação de educação sanitária para que os produtores passem a testar os animais para brucelose antes de introduzi-los nos seus rebanhos, pois verificou-se que a reposição de animais está associada à condição de foco de brucelose bovina.
Título em inglês
Impact of vaccination on the prevalence of bovine brucellosis in the state of Tocantins, Brazil
Palavras-chave em inglês
B19
Bovine brucellosis
Brazil
Prevalence
Risk factors
Tocantins
Resumo em inglês
A cross-sectional study on the situation of bovine brucellosiswas was carried out in the State of Tocantins in order to evaluate the effectiveness of the vaccination program implemented. The state was divided into five regions and in each of them was randomly sampled a pre-established number of farms. Within each property, females aged 24 months or older were randomly selected and submitted to serology for the diagnosis of brucellosis (AAT and 2-ME). A total of 6,846 animals, from 756 farms, were examined. The prevalence of infected herds in the state was 6.42% [4.76 - 8.62] and the prevalence of seropositive animals was 2.21% [1.05 - 4.01]. The prevalence of infected herds was homogeneously distributed among the regions. As the 2003/2003 study estimated the prevalence of infected herds in the state in 21.22% [19.33 - 23.11], it was concluded that the vaccination program implemented by Tocantins significantly reduced prevalence. Thus, it is recommended that the state continue its vaccination program, placing emphasis on the quality of the procedures, from the comercialization of the vaccine to the animal inoculation, since immunization is still the most rational way to reduce the prevalence of brucellosis on its territory. In addition, the state should implement a strong health education program so that farmers start testing animals for brucellosis before introducing them into their herds, as it has been verified that the replacement of animals is the major risk factor for bovine brucellosis in Tocantins.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-10-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.