• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.10.2013.tde-28052013-162144
Documento
Autor
Nome completo
Rodrigo de Souza Ferreira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Ferreira, Fernando (Presidente)
Amaku, Marcos
Dias, Fabio Carvalho
Ferreira Neto, José Soares
Oliveira, Luís Guilherme de
Título em português
Situação epidemiológica da brucelose e tuberculose bovinas no circuito pecuário 2 do Estado de São Paulo, Brasil, 2011
Palavras-chave em português
Bovina
Brucelose
Fatores de risco
Prevalência
Tuberculose
Resumo em português
Realizou-se um estudo para caracterizar a situação epidemiológica da brucelose e tuberculose bovinas no circuito pecuário 2 do Estado de São Paulo, já que o Estado foi estratificado em sete circuitos pecuários. No total, foram amostrados 269 rebanhos tanto para brucelose quanto para tuberculose. As colheitas de amostras de sangue para o diagnóstico da brucelose e as inoculações intradérmicas para o diagnóstico da tuberculose foram realizadas, aleatoriamente, em 2.072 e 3.201 fêmeas bovinas com idade superior a 24 meses, respectivamente. Para o diagnóstico da brucelose, utilizou-se um protocolo de testes sorológicos em série, sendo o teste de soroaglutinação do antígeno acidificado tamponado (AAT) utilizado como método de triagem e o teste de fixação de complemento (FC) utilizado como teste confirmatório. Para o diagnóstico da tuberculose, utilizou-se o teste cervical comparativo (TCC). A prevalência estimada de rebanhos foi de 12,27% [8,60- 16,80%] para a brucelose e de 11,15% [7,65-15,54%] para a tuberculose, enquanto a prevalência estimada de animais reagentes foi de 3,1% [1,90-5,00%] para a brucelose e de 2,20% [1,10-4,20%] para a tuberculose. Em cada rebanho, foi também aplicado um questionário epidemiológico para verificar o tipo de exploração e as práticas zootécnicas e sanitárias que poderiam estar associadas ao risco de infecção pela doença utilizando como medida de associação a Odds Ratio (OR), também chamada de razão de chances. O fator de risco associado à condição de propriedade foco para a brucelose e para a tuberculose foi possuir rebanhos com mais que 23 fêmeas com idade superior a 24 meses, cujo valor de OR foi de 3,893 para a brucelose e 3,125 para a tuberculose.
Título em inglês
Epidemiological situation of the bovine brucellosis and tuberculosis in region 2 of São Paulo State, Brazil, 2011
Palavras-chave em inglês
Bovine
Brucellosis
Prevalence
Risk factors
Tuberculosis
Resumo em inglês
We conducted a study to characterize the epidemiological situation of brucellosis and tuberculosis in cattle 2 Circuit of the State of São Paulo, since the State was divided into seven circuits livestock. In total, 269 herds were sampled for brucellosis as much for tuberculosis. Samples of blood for the diagnosis of brucellosis and intradermal inoculations for diagnosing tuberculosis were conducted randomly, in 2072 and 3201 female cattle older than 24 months, respectively. For the diagnosis of brucellosis, a protocol was used serologic tests in series with the Rose Bengal test used as a screening method and the Complement Fixation used as a confirmatory test. For the diagnosis of tuberculosis, we used the cervical comparative test. The estimated prevalence of herds was 12.27% [8.60 to 16.80%] for brucellosis and 11.15% [7.65 to 15.54%] for tuberculosis, while the estimated prevalence of animals reagents was 3.1% [1.90 to 5.00%] for brucellosis and 2.20% [1.10 to 4.20%] for tuberculosis. In each herd, was also applied an epidemiological questionnaire to check the type of farming and the husbandry and health that could be associated with the risk of infection as a measure of association using the Odds Ratio (OR), also called the odds ratio . The risk factor associated with the infected herds for brucellosis and tuberculosis was farms with more than 23 females aged over 24 months, with a value of OR was 3.893 and 3.125 for brucellosis for tuberculosis.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-06-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.