• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2012.tde-27092013-164300
Documento
Autor
Nome completo
Marcos Gomes Lopes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Gennari, Solange Maria (Presidente)
Labruna, Marcelo Bahia
Ogrzewalska, Maria Halina
Título em português
Infecção por Rickettsia spp em equídeos e carrapatos do Centro-Norte do Piauí
Palavras-chave em português
Rickettsia
Asininos
Equinos
Piauí
Resumo em português
Com o objetivo de avaliar sorológica e molecularmente a ocorrência de infecção por Rickettsia spp em equídeos e carrapatos da região Centro-Norte do estado do Piauí, foram realizadas coletas de sangue e de carrapatos que parasitavam equídeos em 10 localidades distribuídas nas microrregiões de: Campo Maior, Teresina e Valença, nos meses de agosto dos anos de 2010 e 2011. Soros de 129 equinos e 110 asininos foram analisados pela Reação de Imunofluorescência Indireta para detecção de anticorpos anti-Rickettsia spp (R. rickettsii, R. parkeri, R. amblyommii, R. rhipicephali e R. bellii) e 105 Dermacentor nitens, oito Amblyomma cajennense e três Amblyomma parvum foram submetidos a reação de polimerase em cadeia utilizando os primers dos genes gltA, ompA e ompB específicos para o gênero Rickettsia e rickettsias do grupo da febre maculosa (GFM). Do total de animais examinados 52,3% foram positivos para pelo menos uma das rickettsias testadas. Somente em dois carrapatos dos 116 analisados, ambos A. parvum, foram positivos para Rickettsia do GFM, apresentando esta cepa 100% de similaridade com "Candidatus Rickettsia andeanae", obtida no Peru. Pelos achados sorológicos concluiu-se que "Candidatus Rickettsia andeanae" cepa Piauí e ou R. amblyommii, seriam juntamente com R. bellii, os prováveis agentes circulantes na região centro-norte do estado do Piauí. D. nitens, A. cajennense e A. parvum são espécies de carrapatos que infestam equídeos na mesorregião Centro-Norte do Piauí. "Candidatus Rickettsia andeanae" cepa Piauí teve seu primeiro relato no Brasil. Animais com acesso à mata ou mantidos em piquetes apresentaram associação com a ocorrência de anticorpos anti-Rickettsia spp (p<0.01).
Título em inglês
Infection with Rickettsia spp in horses and donkeys and ticks in the Center-North of Piaui
Palavras-chave em inglês
Rickettsia
Donkey
Horse
Piauí
Resumo em inglês
In order to evaluate serological and molecular occurrence of infection with Rickettsia spp in horses and ticks in the central-northern region of the state of Piauí, blood samples were taken and ticks infesting horses are collected in ten locations distributed in the regions of: Campo Maior, Teresina and Valença, in August of 2010 and 2011. Sera from 129 horses and 110 donkeys were analyzed by immunofluorescent antibody test for detection of antibodies to Rickettsia spp (R. rickettsii, R. parkeri, R. amblyommii, R. rhipicephali and R. bellii) and 105 Dermacentor nitens, eight Amblyomma cajennense and three Amblyomma parvum were subjected to PCR analysis using primers of the genes gltA, ompA and ompB specific to the genus Rickettsia and spotted fever group (SFG). From all of the examined animals, 52.3% were positive for at least one of Rickettsia tested. Only two of the 116 ticks analyzed, both A. parvum, were positive for Rickettsia of the SFG, and the strain showing 100% similarity with "Candidatus Rickettsia andeanae" obtained in Peru. By the serological finds it was concluded that "Candidatus Rickettsia andeanae" strain Piauí and or R. amblyommii, together with R. bellii, are probably the agents circulating in the central-northern region of Piauí state. D. nitens, A. cajennense and A. parvum are species of ticks that infest horses in the region. "Candidatus Rickettsia andeanae" strain Piauí was firstly described in ticks in Brazil. Horses with access to forest or kept in paddocks were associated with the occurrence of anti-Rickettsia spp antibodies (p<0.01).
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-10-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.