• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Maira Freitas Marques Rocha
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Grisi Filho, José Henrique de Hildebrand e (Presidente)
Barbosa, Gerson Laurindo
Chiaravalloti Neto, Francisco
Título em português
Estudo de fatores de risco para casos de dengue no período de 2010 a 2016 no município de Praia Grande (SP)
Palavras-chave em português
Aedes aegypti
Dengue
Fatores de risco
Resumo em português
Dentre as doenças virais transmitidas por artrópodes, a dengue é a de maior importância em função do seu alto impacto em termos de morbimortalidade na população mundial em anos recentes, além de exigir esforços e investimentos cada vez mais intensos dos serviços de saúde pública. O estudo epidemiológico de distribuição espaço-temporal e de fator de risco para ocorrência de casos de dengue e de criadouros de Aedes aegypti se mostra de extrema importância, permitindo ao município em estudo, uma atuação com base em ações estratégicas no controle e profilaxia do vetor, bem como das doenças veiculada pelo mesmo. O objetivo deste estudo foi descrever espacialmente os dados de casos notificados de dengue e de positividade larvária de Aedes aegypti, no município de Praia Grande - SP, e estudar possíveis fatores de risco. Foi realizado um estudo, com delineamento híbrido, ecológico e de tendência temporal. Neste estudo foi realizado caracterização das variáveis sóciodemográficas do município, utilizando os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, do Índice Paulista de Vulnerabilidade Social e da Secretaria de Saúde do município de Praia Grande. Foi avaliado a distribuição tempo-espacial de casos confirmados de dengue, obtidos através do Sistema de Informação de Agravos de Notificação, do Ministério da Saúde e dados de positividade larvária em imóveis, coletados dos Sistema de Informação Sisaweb, da Superintendência de Controle de Endemias do Estado de São Paulo. Por fim foi avaliado a relação da ocorrência de casos com as variáveis sóciodemográficas como fatores de risco. Foi possível observar que o município apresenta distribuição sóciodemográfica bem demarcada, entretanto a distribuição espacial dos casos em Praia Grande é aleatória sem formação de clusters, e não foi encontrada correlação entre os casos com as variáveis entomológicas e sociodemográficas. As séries temporais revelaram que os casos de dengue seguem um padrão temporal com marcada sazonalidade, com casos concentrados no primeiro semestre do ano, e ciclo epidemiológico de pico a cada 2 a 3 anos.
Título em inglês
Analysis of the risk factors of dengue fever in period 2010-2016 in Praia Grande-SP.
Palavras-chave em inglês
Aedes aegypti
Dengue
Risk factors
Resumo em inglês
Among the viral diseases transmitted by arthropods, dengue is the most important because of its high morbimortality impact in the world population in recent years, as well as requiring more intense efforts and investments from public health services. The epidemiological study of space-time distribution and risk factor for occurrence of dengue cases and Aedes aegypti breeding grounds is of extreme importance, allowing the municipality under study to act based on strategic actions in the control and prophylaxis of the vector, as well as of the diseases conveyed by it. The objective of this study was to spatially describe the data of reported cases of dengue and larval positivity of Aedes aegypti, in the city of Praia Grande - SP, and to study possible risk factors. A study was carried out, with a hybrid, ecological and temporal trend design. In this study, the sociodemographic variables of the municipality were analyzed, using data from the Brazilian Institute of Geography and Statistics, the Paulista Index of Social Vulnerability and the Health Department of the city of Praia Grande. The timespace distribution of confirmed cases of dengue, obtained through the Information System of Notifiable Diseases of the Ministry of Health and data of larval positivity in real estate, collected from the Sisaweb Information System, the Superintendence of Control of Endemic Diseases State of São Paulo. Finally, the relationship between the occurrence of cases and the socio-demographic variables as risk factors was evaluated. It was possible to observe that the municipality has a well-demarcated socio-demographic distribution, however the spatial distribution of the cases in Praia Grande is random without clusters formation, and no correlation was found between the cases with the entomological and sociodemographic variables. The time series revealed that the cases of dengue follow a seasonal pattern with marked seasonality, with cases concentrated in the first semester of the year, and peak epidemiological cycle every 2 to 3 years.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-10-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.