• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Felipe Rocha
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Dias, Ricardo Augusto (Presidente)
Uieda, Wilson
Vazquez, Manuel Jose Sanchez
Título em português
Vigilância e controle da raiva em herbívoros sob aspectos da biologia do Desmodus rotundus (E. GEOFFROY, 1810) e da circulação do vírus da raiva em populações susceptíveis relacionadas às ações do serviço veterinário oficial
Palavras-chave em português
Desmodus rotundus
Análise de redes
Raiva
Telemetria
Vigilância epidemiológica
Resumo em português
A importância do morcego hematófago Desmodus rotundus para a manutenção do vírus da raiva no meio rural não reside unicamente em sua capacidade de transmitir esta enfermidade para animais de produção, mas também na sua capacidade de adaptação às mudanças ambientais e climáticas, concedendo-lhe uma ampla distribuição geográfica. Métodos de controle e vigilância para esta enfermidade foram criados baseando-se no conhecimento empírico acumulado sobre a transmissão do vírus pelos morcegos hematófagos. Esta abordagem, no entanto, tem se mostrado insuficiente para controlar adequadamente a doença em animais de produção, tendo sido observado um aumento no número de casos notificados nos últimos anos. No presente trabalho, foram descritos os padrões de uso do espaço por estes morcegos por meio de monitoramento por rádio-telemetria. Com base nos resultados obtidos, somados aos conhecimentos científicos disponíveis, construiu-se um modelo de transmissão incorporando determinantes geográficos e comportamentais do morcego hematófago com o intuito de direcionar e otimizar as ações de vigilância epidemiológica e controle da transmissão da raiva. Uma rede do tipo bimodal foi construída, composta pela integração entre uma rede de contato entre abrigos de morcegos hematófagos e outra, de contato entre estes abrigos e propriedades rurais criadoras de herbívoros de interesse econômico. O modelo resultante demonstra maior significância da rede entre abrigos para a manutenção e transmissão do vírus, além da correlação entre topografia e espoliação. O modelo foi capaz de identificar comunidades de propriedades rurais sob risco para a ocorrência de raiva e em que comunidades de abrigos o vírus se mantem circulando. O entendimento das interações entre morcegos e suas fontes de alimentação, influenciadas pelo ambiente, permite estabelecer medidas de vigilância e controle mais precisas e, em última instância, com uma menor relação de custo-benefício destas ações.
Título em inglês
Rabies surveillance and control in herbivores by biological aspects of the Desmodus rotundus (E. GEOFFROY, 1810) and the rabies virus circulation in susceptible populations related to the actions of the official veterinary service
Palavras-chave em inglês
Desmodus rotundus
Epidemiological surveillance
Network analysis
Rabies
Telemetry
Resumo em inglês
The importance of the hematophagous bat Desmodus rotundus for the maintenance of the rabies virus in the rural environment is not only related to its ability to transmit this disease to livestock, but also in its capacity for adaptation to the environmental and climatic changes, granting them a wide geographic distribution. Control and surveillance methods for this disease were created based on the accumulated empirical knowledge about the transmission of the virus by hematophagous bats. This approach, however, has proved insufficient to adequately control the disease in livestock, with an increased number of cases reported in recent years. In the present work, the home range pattern of these bats was described through radio-telemetry monitoring. Based on the results obtained, allied with the available scientific knowledge, a transmission model was built incorporating geographic and behavioral determinants of the hematophagous bat in order to orientate and optimize the actions of epidemiological surveillance and control for the transmission of rabies. A bimodal network was constructed, composed by the integration between a network of contact between hematophagous bat roosts and a network of contact between these same roosts and farms of herbivores of economic interest. The resulting model showed greater significance of the network between roosts for the maintenance and transmission of the virus, besides the correlation between topography and spoliation. The model was able to identify farm communities at risk of rabies and in which roost communities the virus circulates. The understanding of the interactions between bats and their forage sources, influenced by the environment, allows to establish more precise surveillance and control measures and, ultimately, a lower cost-benefit ratio of these actions.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-05-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.