• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.10.2021.tde-19082021-104201
Documento
Autor
Nome completo
Louise Maranhão de Melo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2021
Orientador
Banca examinadora
Ferreira Neto, José Soares (Presidente)
Corrêa, Sandra Helena Ramiro
Hora, Aline Santana da
Marcili, Arlei
Soares, Herbert Sousa
Título em português
Epidemiologia de uma população de onças-pintadas (Panthera onca) da várzea da Amazônia Central
Palavras-chave em português
Arbovirus
Conservação
Doenças infecciosas
Felinos
Reserva Mamirauá
Resumo em português
Este estudo teve como objetivo determinar a exposição de uma população de onças- pintadas da Reserva de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá a agentes infecciosos selecionados, assim como realizar exame clínico, descrição hematológica e bioquímica. No período entre janeiro de 2012 a março de 2018 foram capturadas 13 onças-pintadas, sendo oito machos e cinco fêmeas, adultas, utilizando método de captura de laço montadas em trilhas. Os animais foram anestesiados e monitorados durante o procedimento, sendo realizado exame clínico e coleta de amostras biológicas. Foram realizados diagnósticos sorológicos para T. gondii, Leptospira spp, e Brucelas lisas, diagnóstico molecular e sorológico para o vírus da cinomose, vírus da raiva, vírus da leucemia felina, vírus da imunodeficiência felina, os arbovirus, Zika, Chikungunya, Ilhéus, Oeste do Nilo, Encefalite de Saint Louis, Rocio, Febre Amarela e Mayaro, o isolamento foi realizado nos arbovírus. O monitoramento das onças-pintadas ao longo do estudo permitiu caracterizar a distribuição espacial dos indivíduos. As onças-pintadas da área de estudo foram expostas para o vírus da cinomose (1/13, 7,7%); vírus da leucemia felina (1/13, 7,7%); vírus do Oeste do Nilo (1/13, 7,7%); vírus da Encefalite de Saint Louis (1/13, 7,7%); T. gondii (13/13; 100%); e Leptospira spp. (4/13, 30,8%). Todas as análises moleculares e de isolamento foram negativas. Houve influência do sexo nas análises hematológicas e bioquímicas para hemácias e fosfatase alcalina, onde os machos apresentaram médias mais elevadas. De acordo com o exame clínico, dois indivíduos não estavam em boas condições de saúde. O monitoramento após a captura através de transmissores de telemetria VHF/GPS/Iridium evidenciou que dois indivíduos foram abatidos pela população ribeirinha local e três apresentaram “ causa mortis” desconhecida, além disso foi evidenciado sobreposição das áreas de vida das onças com as comunidades tradicionais ribeirinhas. Esses são os primeiros relatos da exposição aos vírus da cinomose, vírus da leucemia felina na Amazônia, e Oeste do Nilo e Encefalite de Sain Louis em onças pintadas no Brasil. Esses resultados enfatizam a importância de estudos epidemiológicos mais aprofundados e contínuos para as populações de onças-pintadas, populações humanas e animais domésticos da área de estudo.
Título em inglês
Epidemiology of a jaguar (Panthera onca) population in a varzea forest in central Amazon
Palavras-chave em inglês
Arbovirus
Conservation
Felids
Infectious diseases
Mamirauá
Resumo em inglês
In this study, we determine the exposure to selected infectious agents, carry out clinical examination, hematological and biochemical parameters in a population of free-ranging jaguar in the Mamirauá Sustainable Development Reserve. Between January 2012 and March 2018, a total of 13 adult jaguars, eight males and five females, were captured and sampled using the snare capture method mounted on trails. The animals were anesthetized and monitored during the procedure, with clinical examination and collection of biological samples. Serological tests were performed for T. gondii, Leptospira spp, and smooth Brucella, while both molecular and serological tests were performed for distemper virus, rabies virus, feline leukemia virus, feline immunodeficiency virus, arboviruses, Zika, Chikungunya, Ilhéus, Oeste of the Nile, Saint Louis Encephalitis, Rocio, Yellow Fever and Mayaro. Additionally, the monitoring of the jaguar provided individual spatial distribution characterization. Jaguars were exposed to distemper virus (1/13, 7.7%); feline leukemia virus (1/13, 7.7%); West Nile virus (1/13, 7.7%); Saint Louis Encephalitis virus (1/13, 7.7%); T. gondii (13/13; 100%); and Leptospira spp. (4/13, 30.8%). All molecular and isolation analyses were negative. There was an influence of sex in hematological and biochemical analyzes with the averages of red blood cells and alkaline phosphatase higher in males. Except for two individuals, all had satisfactory physical conditions. By monitoring the animals after capture using VHF / GPS / Iridium telemetry transmitters, it was possible to identify an overlapping of the jaguar‚ s living areas with the riverside communities. Moreover, it was shown that two individuals were killed by the local riverside population and three deceased without identifying the cause of death. These are the first reports of exposure to canine distemper, FeLV in the Amazon, and West Nile and Saint Louis Encephalitis in jaguars in Brazil. Our data emphasize the importance of more in-depth and continuous epidemiological studies of infectious agents circulating among jaguars, humans, and domestic animals in the study area.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-11-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.