• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.10.2021.tde-16032022-080751
Documento
Autor
Nome completo
Joana Dias Ho
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2021
Orientador
Banca examinadora
Aniz, Patricia Antonia Estima Abreu de (Presidente)
Martins, Elizabeth Angelica Leme
Matos, Larissa do Rêgo Barros
Título em inglês
Study of the role of GroEL protein from Leptospira spp. in the host-pathogen Interaction
Palavras-chave em inglês
Chaperonin 60
GroEL
Leptospira
Leptospirosis
Moonlighting protein
Resumo em inglês
Background: Leptospirosis is a zoonotic disease caused by infection with spirochetes from Leptospira genus. It has been classified into at least 17 pathogenic species, with more than 250 serologic variants. This wide distribution may be a result of leptospiral ability to colonize the renal tubules of mammalian hosts, including humans, wildlife, and many domesticated animals. Previous studies showed that the expression of proteins belonging to the microbial heat shock protein (HSP) family is upregulated during infection and also during various stress stimuli. Several proteins of this family are known to have important roles in the infectious processes in other bacteria, but the role of HSPs in Leptospira spp. is poorly understood. In this study, we have evaluated the capacity of the protein GroEL, a member of HSP family, of interacting with host proteins and of stimulating the production of cytokines by macrophages. Results: The binding experiments demonstrated that the recombinant GroEL protein showed interaction with several host components in a dose-dependent manner. It was also observed that GroEL is a surface protein, and it is secreted extracellularly. Moreover, two cytokines (tumor necrosis factor-α and interleukin-6) were produced when macrophages cells were stimulated with this protein. Conclusions: Our findings showed that GroEL protein may contribute to the adhesion of leptospires to host tissues and stimulate the production of proinflammatory cytokines during infection. These features might indicate an important role of GroEL in the pathogen-host interaction in the leptospirosis.
Título em português
Estudo do papel da proteína GroEL de Leptospira spp. na interação patógeno-hospedeiro
Palavras-chave em português
Leptospira
Chaperona 60
GroEL
Leptospirose
Proteína Moonlighting
Resumo em português
Introdução: Leptospirose é uma zoonose causada pela infecção com espiroquetas do gênero Leptospira. O genêro foi classificado em pelo menos 17 espécies patogênicas, com mais de 250 variantes sorológicas. Esta distribuição abrangente pode ser um resultado da habilidade das leptospiras de colonizar os túbulos renais de hospedeiros mamíferos, incluindo humanos, animais silvestres e muitos animais domésticos. Estudos anteriores mostraram que a expressão de proteínas da família Heat Shock Protein (HSP) é produzida em maior quantidade durante o processo de infecção e também durante estímulos de estresse. Muitas proteínas dessa família são conhecidas por apresentar importante função no processo infeccioso em outras bacterias, mas o papel de HSPs em Leptospira spp. ainda é pouco conhecido. Neste estudo, avaliamos a capacidade da proteína GroEL, membro da família HSP, de interagir com proteínas do hospedeiro e estimular a produção de citocinas por macrófagos. Resultados: Os experimentos de adesão demonstraram que a proteína recombinante GroEL apresenta interação com componentes do hospedeiro na condição dose-dependente. Também foi observado que a GroEL é uma proteína de superfície e é secretada para o meio extracelular. Adicionalmente, duas citocinas (tumor necrosis factor-α e interleukin-6) foram produzidas quando macrófagos foram estimulados com a proteína em questão. Conclusões: Nossos resultados mostraram que a proteína GroEL pode contribuir para a adesão de leptospiras em tecidos do hospedeiro e estimular a produção de citocinas pró-inflamatórias durante a infecção. Essas características podem indicar um importante papel da proteína GroEL na interação patógeno-hospedeiro na leptospirose.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2022-06-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2023. Todos os direitos reservados.