• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Arnaldo Rocha
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Gregori, Fabio (Presidente)
Giatti, Leandro Luiz
Souza, Vanessa Aparecida Feijó de
Telles, Evelise Oliveira
Toledo, Renata Ferraz de
Título em português
Pesquisa ação: educação  em  saúde  pública  veterinária  dentro  do  conceito  "One Health" em comunidades menos favorecidas
Palavras-chave em português
Educação em Saúde
Pesquisa Comunitária
Pesquisa Participatória
Pesquisa-ação
Saúde Pública Veterinária
Resumo em português
Entende-se por pesquisa-ação emancipatória e socialmente crítica, um processo de investigação participativa em que pesquisa e ações acontecem sincronicamente e espera-se provocar mudanças a partir das interações e reações dos participantes; o pesquisador responsável conduz ativamente os trabalhos e se insere no contexto do grupo objeto de estudo. A proposta de escutar demandas vindas da comunidade, em abordagens participativas, favorece a aceitação das ações correspondentes aos anseios, ainda que possam haver limitações do método ao se extrapolarem seus resultados para outras comunidades, devido as peculiaridades presentes em cada situação. O objetivo deste trabalho é verificar se a pesquisa-ação favorece a chegada de conhecimento técnico científico a pessoas comuns de comunidades socialmente menos favorecidas, especialmente no tocante à saúde pública veterinária dentro do contexto de "One Health" (Uma só saúde). Como instrumentos de pesquisa participativa foram utilizados questionários, entrevistas, observações participantes, mapas falantes, painéis integrados e elaboração de cartilha. Análise de água oriunda de poços, córregos e bebedouros humanos e animais foram realizadas pelo método COLIteste® para estimar a contaminação ambiental com coliformes totais e Escherichia coli e coproparasitológicos dos animais domésticos que coabitam a mesma localidade, com possibilidade de contato com outros animais domésticos, sinantrópicos e com humanos, foram realizados empregando-se os métodos de flutuação em solução saturada de NaCl e de sedimentação espontânea para estimar a ocorrência de helmintos e protozoários nas comunidades. Doze ações foram planejadas, nove aconteceram de fato e em três delas não houve público. O conhecimento dos participantes sobre assuntos diversos e em especial sobre saúde pública veterinária foi registrado e analisado buscando evidências de que as ações educativas realizadas nas comunidades favoreceram a troca e construção de saberes; estudando-se os conteúdos produzidos nas 9 ações educativas, 21 vezes informações foram registradas (dialogadas entre o grupo) sobre o tema água; 11 registros de conteúdos exclusivamente sobre saúde humana; 6 vezes pode-se constatar conteúdos sobre animais sinantrópicos, em 5 momentos diferentes "erros" conceituais surgiram nos grupos e oportunizaram diálogos esclarecedores aos participantes; aplicando-se a técnica do discurso do sujeito coletivo chegou-se a: "eu sei que os animais podem transmitir doenças aos homens, como raiva e leptospirose, que devemos economizar água para não faltar no futuro, também sei que podemos evitar os animais sinantrópicos não ofertando alimento, água, abrigo e acesso. Os médicos veterinários da saúde pública podem me auxiliar nessas tarefas". Análise de água e parasitológicos de fezes foram realizados para estimar a presença contaminantes e parasitas e sensibilizar as pessoas sobre as condições sanitárias locais. Amostras de água foram analisadas quanto à microbiologia (coliformes fecais totais e Escherichia coli) e os resultados positivos serviram para sensibilizar os participantes quanto à importância de saneamento básico e destino adequado dos dejetos humanos e de animais; amostras de fezes dos animais também foram analisadas com intuito de exemplificar a possibilidade de infecções nos animais, com potencial de transmissão não só a outros animais como também ao homem. A pesquisa-ação se revelou método útil para levantamento de situações problemas nas comunidades estudadas e, embora o número de participantes tenha variado de 1 a 45 nos encontros, os adeptos tiveram oportunidade de aprendizagem sobre temas de Saúde Pública Veterinária dentro do contexto da Saúde Única e esta maneira de trabalho pode ser empregada em outras comunidades ou mesmo abordando-se outros temas em saúde.
Título em inglês
Action research: veterinary public health education based on the concept of "one health" in low-income communites
Palavras-chave em inglês
Action Research
Community Research
Health Education
Participatory Research
Veterinary Public Health.
Resumo em inglês
Emancipatory and socially critical action research is understood as a process of participatory research in which research and actions happen synchronously and are expected to bring about changes based on the interactions and reactions of the participants; the head researcher actively conducts the work and inserts himself in the context of the group under study. The proposal to listen to demands from the community, in inclusive approaches, favors the acceptance of the actions corresponding to the yearnings, although there may be limitations of the method when extrapolating their results to other communities, due to the peculiarities present in each situation. The objective of this study is to verify if the action-research promotes the technical knowledge awareness regarding a low-income community, especially regarding veterinary public health within the context of "One Health". The research utilized questionnaires, interviews, testimonies, presentation of maps, presentation of booklets. Water analysis from wells, streams and water fountains were carried out using the COLIteste® method to estimate the environmental contamination with total coliforms and Escherichia coli and parasitological of domestic animals that cohabit with the same locality, with possibility of contact with other domestic animals, synanthropic and with humans, were carried out using the methods of saturation saturation NaCl solution and spontaneous sedimentation to estimate the occurrence of helminths and protozoa in the communities. Twelve operations were planned of which nine actually occurred and three were ceased due to lack of public. The knowledge acquired by the participants was registered and evaluated in order to conclude whether the educational operations were efficient or not. The results produced in the nine educational actions show: 21 times the data showed discussion about the water theme; 11 records show dialogues about human health; 6 times the theme synanthropic animals can be seen, 5 different moments show that "conceptual errors" emerged in the groups and opportunistic dialogues enlightened the participants; applying the collective subject discourse technique came to: I know that animals can transmit diseases to men, such as rabies and leptospirosis, that we should save water so as not to lack in the future, I also know that we can avoid non-synanthropic animals offering food, water, shelter and access. Veterinary public health doctors can assist me in these tasks. Water and parasitological analysis of animal feces were performed and displayed in order to sensitize people about local sanitary conditions. Water samples were analyzed for microbiology (total faecal coliforms and Escherichia coli) and the positive results served to sensitize participants about the importance of basic sanitation and proper destination of human and animal waste; animal samples were also analyzed for the purpose of exemplifying the possibility of infection in the animals as well as the potential transmission to other animals just as to man. Action-research proved itself useful for health investigation in the communities studied. Even though the number of participants ranged from 1 to 45 at the meetings, health-care practice on veterinary public health issues (within the context of one health) knowledge was transmitted to the remained attendants and this way of working can be used in other communities or even addressing other health issues.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-10-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.