• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2013.tde-07102013-160843
Documento
Autor
Nome completo
Fabiano Benitez Vendrame
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Dias, Ricardo Augusto (Presidente)
Ferreira Neto, José Soares
Pozzetti, Patricia Silvia
Título em português
Situação epidemiológica da tuberculose bovina no Estado de Rondônia
Palavras-chave em português
Fatores de risco
Prevalências
Rondônia
Tuberculose bovina
Resumo em português
Realizou-se um inquérito epidemiológico para estimar a prevalência da tuberculose bovina no Estado de Rondônia. O Estado foi estratificado em três circuitos produtores, e em cada um dos circuitos escolheu-se aleatoriamente as propriedades a serem visitadas, totalizando 904 propriedades e 19.640.animais amostrados. Um número pré-estabelecido de animais foram aleatoriamente escolhidos e submetidos ao teste cervical comparativo, de modo que em propriedades com até 100 fêmeas com idade superior a 24 meses, foram testadas 20 fêmeas ou menos e, em propriedades com mais de 100 fêmeas com idade superior a 24 meses, foram testadas 40 fêmeas. Foram considerados focos as propriedades com um animal reagente entre os 20 amostrados e nas propriedades com 40 fêmeas amostradas que tiveram dois animais reagentes. As prevalências de focos e animais para o Estado foram, respectivamente, 2,3% [1,5; 3,5] e 0,1% [0,1; 0,2], e para os circuitos pecuários foram: Circuito 1 (Norte-Oeste-Sul), 1,7% [0,7; 4,0] e 0,1% [0; 0,4], Circuito 2 (Nordeste), 3,0% [1,6; 5,7] e 0,2% [0,1; 0,3] e Circuito 3 (Sudeste), 2,3% [1,1; 4,7] e 0,1%[0; 0,2]. Além dos testes tuberculínicos, aplicou-se um questionário para levantamento dos fatores de risco para tuberculose bovina. As variáveis foram submetidas à analise univariada e aquelas que apresentaram p < 0,20, foram submetidas à regressão logística. A aquisição de animais sem tuberculinização foi associada a condição de foco de tuberculose (OR = 7,1 [1,6;31,1], p=0,009). As baixas prevalências tanto de focos como de animais no Estado de Rondônia, sugerem a adoção de medidas de erradicação, previstas no PNCEBT. A obrigatoriedade de execução de testes tuberculínicos para trânsito interestadual independentemente da finalidade e a regulamentação de rastreamentos de novos focos a partir de amostras coletadas em frigoríficos tornam-se imprescindíveis para detecção de focos residuais e subsequente erradicação da tuberculose bovina.
Título em inglês
Epidemiological situation of bovine tuberculosis in the State of Rondônia
Palavras-chave em inglês
Bovine tuberculosis
Prevalence
Risk factors
Rondônia
Resumo em inglês
An epidemiological survey was conducted to assess the prevalence of bovine tuberculosis in the State of Rondônia, Brazil. The State was divided into three epidemiological regions and, in each of them, a total of 904 farms were randomly chosen and 19,640 animals were sampled. A fixed number of animals were randomly chosen and submitted to the cervical comparative test, so that in farms with less than 100 bovine females over 24 months of age, 20 females, or less (if the herd was < 20), were tested. In farms with over 100 bovine females over 24 months of age, 40 females were sampled. We have considered positive farms when at least one positive animal among the 20 sampled or two positive animals in the farm with 40 animals sampled were found. The prevalence of infected herds and positive animals in Rondonia State were, respectively, 2.3% [1.5; 3.5] and 0.1% [0.1; 0.2]. In each epidemiological region, the results were: Region 1 (North west - South) = 1.7% [0.7; 4.0] and 0.1% [0; 0.4]; Region 2 (Northeast) = 3.0% [1.6; 5.7] and in the Region 3 (Southeast) = 2.3%[1.1; 4.7] and 0.1% [0; 0.2]. In addition to the tuberculin tests a questionnaire was applied in each visited farm in order to determine the risk factors for bovine tuberculosis. The variables were submitted to univariate analysis and those with p < 0.20) were submitted to logistic regression. The acquisition of animals without tuberculin tests was associated to tuberculosis (OR = 7.1 [1.6; 31.1], p = 0.009). The low prevalence of bovine tuberculosis in Rondonia State suggests the adoption of eradication measures, provided by the National Program for the Eradication and Control of Bovine Brucellosis and Tuberculosis (PNCEBT). Compulsory enforcement tuberculin tests for interstate transit regardless of the purpose and regulation of new outbreaks tracing from abattoir samples makes it essential to detect residual foci and subsequent eradication of bovine tuberculosis.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-10-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.